quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Primeiras impressões

Ahhh como eles são diferentes! Tenho visto tantos costumes incomuns à minha realidade, que se eu não escrever, eu piro! Dois meses morando na França e ja pude confirmar a veracidade de alguns clichês. O principal é que francês não é la o povo mais cheiroso do mundo, fato. Ja ouvi tudo quanto é tipo de desculpa e explicação: questões historicas, guerras, frio, o que fede são os casacos que eles não lavam...blablabla. Pode até ser questão de costume mesmo, porque se você passa perto de uma pessoa mais idosa nota mais facilmente o mau cheiro, o que não parece tão frequente entre os jovens. Mas é muito triste que em um lugar tão lindo, justo o meu olfato tenha que sofrer mais. Eu sei que parece exagero, mas NÃO é! E os brasileiros que dizem o contrario ja adquiriram os mesmos habitos de higiene dos franceses.

Para se ter uma idéia, no trajeto Veneza-Lyon, tive que voar com um lenço na cabeça, de tão forte que era a catinga! Unico jeito de conseguir tirar uma soneca. Tudo bem que o brasileiro não é o povo mais cheiroso do mundo, mesmo tomando tantos banhos por dia. Um passeio no busão de Sampa confirma isso, mas o cheiro ruim daqui é diferente. Não é o tradicional cecê que estou acostumada a sentir nas arquibancadas do Pacaembu durante os jogos do meu Timão. Eh uma inhaca impregnada, de roupa suja, sei la! Imagina ficar uma semana sem banho, usando a mesma calça ou um mês dormindo no mesmo lençol... é por ai. Imagine tudo isso dentro de um metrô lotado e fechado. Haja perfume chique para disfarçar!

Voilà, nada é perfeito e claro que um lugar tão maravilhoso como a França tem todo o direito de ter esse pequeno probleminha... acho que ja ja eu me acostumo. Ou não. Nada foi tão triste quanto descobrir que o pãozinho francês que tanto amamos no Brasil não existe na França. Não seria melhor chamarmos o tal pãozinho de "brasileiro", então? So para evitar que pessoas tão desinformadas como eu se desesperem ao cruzar o oceano e descobrir que o pão nosso de cada dia tera que ser o croissant.

7 comentários:

Leonardo disse...

Faço questão de ser o primeiro a comentar seu Blog, amor! Adorei a sua idéia!
Confesso que, por estar mais tempo na França, eu tenho tendência a "perdoar" mais os franceses pelo mal cheiro, mas concordo que é uma das coisas que mais chocam quando chegamos aqui. Isso até nos faz entender porque eles tem perfumes tão bons...

Mr. Lemos disse...

Pelo menos aí as padocas fazem as próprias baguetes. Aqui na minha ilha (e em alguns países vizinhos), os vagabundos só compram uma porcaria de pão congelado de uma empresa chamada Cuisine de France. E, vc deve saber melhor do que eu, isso nem deve existir na França.

Adorei o blog e adorei a fotinho de Taliban.

bjoca

Anônimo disse...

HAHAHAHAHAHAHAHA.
acho que ficaria louca numa situação dessas.
Nada mais Gostoso que tomar um banho,ficar cheirosinha,sempre.

Anna disse...

Mas existe uma sobremesa chamada mi-cuit au chocolat que lembra bastante o petit gâteau brasileiro, tem até opção com sorvete.

(ao menos, assim encontrei em um restaurante em Annecy...)

Isabela Sady disse...

Oi Mirelle, hoje resolvi pegar seu blog para ler desde o começo...rs

Olha, em Novembro de 2008 fui pela 4x a Paris, dessa vez em lua de mel, e ainda aqui no Brasil, quando pegamos a van já na pista para entrar no avião, entrou um francês que eu juro, era um cheiro insuportável...
Meu marido que estava indo pela 1x e no inverno, estava horrorizado e com medo de que chegando lá sentiria esse cheiro em todo e qualquer lugar.
Ainda bem que não foi o que aconteceu, mas essa foi a primeira vez que eu entendi as piadas que faziam em relação a isso.

beijo

Mari disse...

O filho de uma amiga diz que os franceses tem cheiro de passarinho!! E que o cabelo das francesas é tão engordurado que parece os cabelos da Monica da Turma da Monica, todo divididinho...

Maria Isabel Lobo disse...

Não senti tanto o cheiro ruim em Paris, observei sim, depois de meses em Londres com muitos imigrantes do mundo todo, uma aparência suja, de um modo geral. Fez todo sentido a fama deles e perdi um pouco do encanto que tinha pela França e os franceses cultos e melancólicos até ir para a China. Se o Maracanã todo em dia de jogo do Flamengo ficasse um mês sem tomar banho federia menos!!
PS: estou adorando seu blog e decidi definitivamente estudar em Lyon pelas suas dicas, obrigada!

Leia também:

Related Posts with Thumbnails