quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Morar de graça na França? Oui!

Uma das tarefas mais dificeis para qualquer estrangeiro que chega na França é arrumar um bom lugar para morar. A burocracia é enorme, tudo é muito caro, muito pequeno e/ou muito velho. O mais comum é dividir o aluguel com desconhecidos ou sublocar apenas um dos quartos de uma casa grande, onde moram outras pessoas.

Tão grande quanto o numero de estudantes sem-teto é a solidão dos velhinhos franceses - ainda que ser idoso aqui não seja tão dificil quanto no Brasil. Aqui, a vida da melhor idade é tão ativa que o francês se habituou a deixar seus velhinhos soltos por ai. Chega a ser engraçado as senhoras de 276 anos dirigindo no trânsito, fazendo jus à carta de motorista que, pasmem!, ainda é vitalicia na França. Não sei o que colocam na agua dos franceses, mas esse povo não morre nunca! O problema é que, com os filhos ja criados e morando longe, os idosos se sentem muito sozinhos.

Quem diria que o problema do mais jovem poderia ser resolvido pelo mais experiente e vice-versa? Uma ideia simples vinda da Espanha chegou na França em 2004 com o PariSolidaire, uma organização que une jovens e idosos em uma troca de boas ações. E danem-se as décadas de diferença! Pessoas com menos de 30 anos se alojam em quartos individuais nas casas dos idosos e em troca fazem companhia aos proprietarios e partilham as tarefas domésticas.

A associação se compromete a definir as necessidades de ambas as partes, a verificar as condições do alojamento (conforto, disposição), a identificar o perfil "ideal" do jovem (estudando seus anseios e motivações) e a analisar individualmente cada inscrição para garantir o convivio harmonioso entre todos. Para estar apto a se inscrever, o idoso deve apenas dispor de um quarto livre e de um coração aberto para receber o seu novo hospede. Ja o jovem, precisa ter comprometimento, paciência e respeito pelo seu acolhedor. Achei o projeto muito interessante, principalmente para estudantes estrangeiros que querem conhecer a lingua e a cultura francesa. Existe maneira mais rapida de aprender que mergulhando no dia a dia de uma senhora francesa? Além disso, é um jeito mais econômico e confortavel de morar num dos paises mais caros do mundo.

Idoso e jovem podem optar entre duas formulas durante a inscrição: solidario (hospedagem sem custo, apenas em troca de companhia) ou convivial (com participação financeira). Sempre ha uma taxa de inscrição e em alguns casos uma mensalidade - que chega a ser ridicula perto dos alugueis cobrados na França. Para saber tudo sobre o processo de seleção e sobre as tarifas consulte o site do PariSolidaire. Lembrando que o projeto começou em Paris mas ja se espalhou por varias cidades da França, Lyon inclusive.

21 comentários:

Alania Caroline disse...

Ótima alternativa para ambos os lados. Muito boa mesmo!

Sara Carine disse...

Adorei! Até deu vontade de participar, mas aí lembrei que tenhos os meus queridos e amados avós para cuidar aqui também.
Posso dizer com toda a certeza do mundo que a melhor parte do dia deles é quando podem desfrutar da companhia de alguém. Jogar conversa fora, contar histórias (eu ouço minha avó contar as mesmas histórias, milhões de vezes - geralmente sobre meu nascimento e sobre a minha infância - e adoro! Não sei quem faz mais bem a quem. Só sei que saio de lá me sentindo muito melhor.

Esse projeto é o máximo. Gosto de pensar que assim muita gente acaba cuidando desses amados e fofos idosos...

Mr. Lemos disse...

huahuahuhuahuahuaa
adorei os velhinhos de 276 anos que não morrem nunca... hehehe.
o projeto cocoon é bom demais tb. boa!

vanessa disse...

hospedagem convivial ( com participação financeira) é bem interessante...hehehe

além de morar de graça, ter companhia, ajuda no aprendizado da língua, ainda ganha...bom demais!

arruma um velhinho (a) aí pra eu morar...
hauahuhauahuha

Juliana Yonezawa disse...

Parabéns pra quem criou o projeto!! Acho que todas as cidades do mundo deveriam copiar...

Vou fuçar lá no site pra ver se eles aceitam turistas que ficam poucos dias também hehehe

Leonardo disse...

Eh uma mão na roda para os idosos que vivem sozinhos e para os estudantes que vivem quebrados. E o fato de terem companhia ainda evita que os mais velhinhos peguem no volante. Ou seja até a sociedade sai ganhando.

beijos amor

Mirelle Siqueira disse...

hahaha, Vanessa! Convivial quer dizer que o estudante vai PAGAR um pequeno aluguel e nao que vai receber mesada dos velhos! ehehhehe, so vc mesma!

Ana Tereza Merger disse...

Oi Mirelle, acho essa iniciativa otima! Ja tinha falado sobre essa nova possibilidade de moradia no "Persa" e acho que essa pode ser mesmo uma soluçao e tanto para os brazucas que querem estudar por aqui. E respondendo a sua pergunta: apresentei o Globo Esporte do DF durante anos e você trabalhou onde? Beijos!

Mirlene disse...

Filha,

Como estou orgulhosa de ver que você dá atenção a vários aspectos (importantes)da vida social! Não precisa ficar com medo de tédio na velhice porque você terá sempre um espírito jovem dentro de si para ajudá-la a descobrir como se conectar com muitas pessoas!

Carol Saletti disse...

Quem sabe é a minha solução!?
276 anos! rsrsrsrs
Adorei!

vanessa disse...

eu imaginei isso, mas como boa brasileira...
kkkkkkkkkkkk

Mireile disse...

Gente, ainda tenho avós vivos e acho muito difícil lidar com eles...imaginem idosos estranhos, digo que não são nem parentes nossos???

formaeharmonia disse...

Oi, Mirelle! Chegando aqui hoje...
1ª vez no seu Blog, a-do-rei!Ótimo! Quero voltar à França em set/out,dessa vez vou a Provence também e Lyon, claro, já me convenceu...Também adoro escrever no meu blog, me visite www.armazemdaenergia.blogspot.com e se tiver dicas...aceito!bjs!

formaeharmonia disse...

Sorry, saiu o nome comercial.
Wanice

# disse...

É... acho melhor arrumar um quarto com uma moçada e pagar. Hahahaha!

marcuslira disse...

seu blog é muito bom! parabens!
comecei despretenciosamente e passei mais tempo que devia! kkkk

um atentado à produtividade!
continue em frente!

abraço

marcus

Mirelle Siqueira disse...

Hahaha, me divirto com os comentarios no bloguinho!

Mireile você tem razao, mas como sou mais velha que minha idade entrega, prefiro as necessidades dos velhinhos ao barulho dos jovens!

Wanice e Marcus, os elogios me fizeram ganhar o dia! Bom demais saber que o blog é admirado! Voltem sempre.

Tiiii! Até você comentando? Que delicia!

Beijos em todos!

Hismenia disse...

OIe..fico muito feliz em ver que a cada dia que se passa aumenta ainda mais o número de comentários nos posts....fico feliz mesmo! PARABÉNS Mi!

ei..arruma um velhinho aí p mim..adorei a ideia..

beijos

Mirelle Siqueira disse...

His, você nao precisa de velhinhos, vem morar aqui em casa!!!! Beijos

Maria Amélia disse...

Nossa, achei seu blog mto por acaso! Jogando no google pra pesquisar alguma coisa pra minha aula de frances! (sou professora por aqui msm, mas tb tenho problemas com o conjuntivo e com o teclado do meu notebook q comprei na Italia, por isso compadeço do seu sofrimento!)...
Simplesmente adorei seu blog, mto bom msm, me deu uma vontadinha de voltar pra França, pq pior doq ficar triste com quem vc ama ao lado, é ficar triste completamente sozinha! Voltei correndo pra casa. Recomendo passeios na Italia aos fins de semana, simplesmente maravilhosa! E vc nao vai passar fome com ai na França.
Em dezembro pretendo voltar pra Paris, to fazendo mestrado sobre o discurso da midia sobre a periferia de Sao Paulo e Paris e vou fazer pesquisa pra ver se acho umas reportagens sobre isso...
Por isso to comentando nesse post, pq adorei a idéia e pretendo tentar uam vaguinha, ja q ja morei com dois idosos aqui no Brasil msm qdo fui fazer faculdade longe de casa!
Continue escrevendo, nao perca essa coisa tao dificil de encontrar dentro da gente!!
Parabéns, très jolie seu blog =)

Mirelle Siqueira disse...

Oi Maria Amélia, seja bem-vinda ao bloguinho! Fico feliz que tenha gostado!

Depois volta aqui para me contar se a vinda para a França deu certo e principalmente o esquema de morar com algum velhinho ok?

Beijos!!

Leia também:

Related Posts with Thumbnails