segunda-feira, 29 de março de 2010

Vélo'v

Morar longe de casa é como andar todos os dias de montanha-russa, os sentimentos ficam bagunçados. Tem dias que da vontade de jogar tudo para o alto e voltar correndo. Em outros, a ideia de cruzar definitivamente o oceano parece suicidio. Uma confusão so. Quando penso em arrumar as malas, lembro como a vida aqui é mais tranquila e vou ficando.

Não estou falando so de saude e educação gratuitas, de segurança, nem da vida cultural agitada que Lyon oferece. Falo de pequenas coisas, que no dia a dia facilitam muito a vida da gente. Por exemplo, as Vélo'vs, bicicletas que transportam os franceses de um lado para o outro. O nome é uma mistura de bicicleta em francês (vélo) com amor em inglês (love) e o resultado não poderia ser melhor: redução do numero de automoveis, indices menores de poluição e até melhoria na saude da população.

Lyon trouxe a idéia super bacana para a França. São quatro mil bicicletas à disposição daqueles que, como eu, precisam usar o transporte publico para se locomover. Pois é, assim como ônibus e metrô, a vélo'v é um transporte publico. Eu uso, tu usas, ele usa, nos usamos, vos usais, eles usam.

Existem mais de 340 pontos como o da foto acima espalhados pela cidade. Para usar uma das bicicletas, basta fazer uma carteirinha e deixar um "cheque-calção" de 150€, que sera descontado apenas se as bicicletas não forem devolvidas. A primeira hora é gratis, depois disso o condutor paga pelo uso. Mas quando eu e o Léo pegamos as bicicletas para passear nos finais de semana, usamos um truque para não gastar um centavo: trocamos as bicicletas em alguma estação antes de completar a primeira hora. Assim, podemos andar mais 1h antes de fazer uma nova troca. Eh também o que faz a maioria da população, que esvazia os pontos de retirada nos horarios de pico. Eh muito comum ver um cara engravatado com sua pasta na cestinha da bicicleta indo trabalhar às 8h da manhã. Os turistas não precisam fazer a carteirinha e podem retirar as bicicletas se tiverem um cartão de crédito internacional. Parece complicado, mas é super simples.

O esquema é levado tão a sério que todas as avenidas movimentadas da cidade possuem faixas exclusivas para as bicicletas. Existem até codigos de conduta e leis que deixam a pratica mais segura: Não é permitido carregar outra pessoa nem falar ao telefone com a bicicleta em movimento, é proibido ultrapassar pela direita ou andar em sentido contrario aos carros, não pode andar sob as linhas do tramway (um outro tipo de transporte publico europeu). Eh proibido conduzir com uma taxa de alcool igual ou superior a 0,5 gramas por litro de sangue e aquele que não respeitar as placas de sinalização ou farois, pode ser multado.

Não pense que a ideia deu certo por aqui so porque europeu tem consciência de que as bicicletas são bens que pertencem à população, isso também. Mas os 150€ debitados da conta de quem não as devolve, ajuda a inibir o vandalismo e os furtos. Pudera eu andar pelas ruas de São Paulo em cima de uma bicicleta do governo, sem medo de freiar em cada esquina. Sera que um dia eu consigo tirar a mesma foto com o rio Tietê ao fundo?


14 comentários:

Leonardo disse...

Realmente as velov's são uma otima opção pra quem prefere passear fazendo exercicio, ao invés de ficar so andando embaixo da terra como tatu. Felizmente o frio resolveu começar a ir embora, e a gente não vai mais precisar passear de velov de casaco, né amor? Pelo menos até outubro...

Felipe disse...

Essa ideia poderiar dar certo aqui no Brasil :(.
Oi Mirelle, tudo bem ?
Sou novo aqui no seu blog,continue escrevendo,seu blog é muito legal.
Uma pergunta, você conhece Grenoble ? Estou perguntando isso,por que tenho uns parentes que moram ai.
Beijos

ALVES DE MORAES, Gustavo disse...

Pois é, a Velo'v é show mesmo. Pior que fizeram no Rio, mas tiveram que interromper o serviço por causa do alto numero de roubos e vandalismo com as bicicletas e as estaçoes, agora retomaram mas instalaram cameras pra vigiar os pontos. Mas o esquema la é meio complicado, nao é simples como o daqui. Boa sorte com as velo'vs, elas quebram um galhao enorme (principalmente quando passam por cima dele...) e ainda faz bem pra saude (se o frio ajudar, logico)....

Mirelle Siqueira disse...

hahaha, Gustavo, finalmente eu entendi uma piada sua de primeira!! uhu!!! Se a bicicleta passa em cima do galho, hehehee! to ficando mais esperta! Sobre o esqueminha no Brasil, precisa fumar muita maconha pra achar que funciona ne? Quem foi o doido? Garotinho? So pode.

Oi Felipe! Seja bem-vindo! Eu conheço Grenoble sim, é uma cidade muito bonita. Meu cunhado mora la. Alias, to devendo um posto sobre a cidade ne? Vou providenciar! Volte sempre!

Amor, desde quando voce usa a velo'v????? Você so anda de carro! A unica que sua em cima das bikes aqui em casa é a gorducha aqui!

Beijos meninos!

Glenda Dimuro disse...

Aqui em Sevilla também tem e é igualzinha...
Olha, acho que no Brasil não daria muito certo, mas sabe que por aqui tb não está sendo um bom negócio? A empresa responsável, a Jcdecaux, vem dizendo há um bom tempo que não tem lucro e o governo, por outro lado, reclama que tem que manter o serviço. O índice de vandalismo aqui é altíssimo e de roubo tb. Tanto é verdade, que apartir do mès que vem (me parece)vão aumentar os preços...

Mr. Lemos disse...

Caraca, irmãzinha. As bikes públicas eu já conhecia... são mesmo demais. Mas o melhor do post, na minha opinião, é essa foto sua com o rio lindo atrás. Não vejo a hora de conhecer pessoalmente... e, de quebra, matar a saudade.

Felipe disse...

Obrigado Mirelle,escreva sim um post sobre Grenoble.
Beijos

Anônimo disse...

mirelle so escrevo para desejar uma Feliz Pascoa para voce e toda a sua familia.um beijo beth

Mirelle Siqueira disse...

Glenda, é por isso que a frase da minha amiga "a espanha é o brasil que deu certo", começa a perder o sentido..Rs.

Eeeeita irmão, você so me enrola! Vem logo pra ca andar de velo'v comigo! Te amo!

Beth muito obrihada! Pascoa por aqui é meio fraquinho, principalmente de chocolates, mas desejo o mesmo para vocês ai! Otima pascoa à todos os leitores tb!!!

Beijocas

Alania Caroline disse...

Mirelle,

amoDoro seu blog e a cada post sobre pequenos e grandes hábitos na França só aumenta a minha (grande, imensa, descontrolável,insana)vontade de conhecer a França, e a Europa.

Eu espero um dia realizar este sonho! Enquanto isso... seu blog vai me consolando.

Abraço!

Mirelle Siqueira disse...

Ei Alania, que coisa boa de saber!! Volte sempre e coloque no papel esse projeto, jaja você tb estara por aqui. Tem sonhos que insistem em se tornar realidade, malditos! Rs

beijocas

Hismênia disse...

Oiee....
Adorei a ideia, porque adoro bicicletaa....realmente isso é coisa de outro mundo..quando vejo você contando, até parece coisa daquele jogo The Sims...
Sobre andar de biki perto do Tiete..sei não...

Luciene disse...

No rio de Janeiro tb já tem biciletas assim. Estamos evoluindo...rs

ednilson_jus00@yahoo.com.br disse...

Realmente, essa idéia é show de bola! Mas infelizmente, não vai funcionar no Br por um bom tempo! O único jeito, eu sempre digo, é "educando" o brasileiro. Como? No caso das bicicletas, insertando um micro-GPS em cada uma que, se não for devolvida em 1 hora além do previsto, alerta as autoridades que já podem dar busca e apreensão às mesmas! Aí, então, (rsrsrs), prender quem dela estiver em posse! Mas prender de verdade, não de mentirinha como acontece geralmente, afinal, um furto de uma bike dessas é furto de coisa pública!
Bom... ms os ares franceses realmente são bem mais agradáveis!
Mirelle... sou novo aqui, mas também tô adorando o site...continue, por favor...
Td d bom... (de melhor, neh? Afinal, vc tá na França)...rsrsrs....

Leia também:

Related Posts with Thumbnails