quarta-feira, 9 de junho de 2010

Eu escolho você

Você seria capaz de dizer qual foi o momento exato em que a sua vida tomou o rumo que ela tem hoje? Seria possivel saber qual foi a decisão fundamental, aquela ultima, que te colocou exatamente onde você esta agora? Se você não tivesse ido àquela festa, se não tivesse atravessado aquela rua, se não tivesse cumprimentado aquela garota, sua vida seria diferente do que é nesse momento? Eu acredito que tudo pode mudar em um segundo, apesar de acreditar também que desde a largada nosso destino ja esta quase todo traçado. Então, quando foi que eu mudei o meu destino?

Quando decidi colocar no MSN uma frase sobre o show do Kiss em São Paulo, talvez? Não, para estar em São Paulo no dia do show eu precisei tirar licença médica do meu trabalho em Minas. Para tirar a licença,eu precisei ficar doente, muito doente. Para ficar doente eu precisei do trânsito louco de São Paulo, da profissão conturbada e dos amores fracassados. Então, quando foi que eu entrei nesse caminho? Desde quando as energias se juntaram para me colocar exatamente onde estou hoje?

Tudo parece tão perfeitamente amarrado, que fica dificil eleger aquele momento que muda tudo. Mas ele existe. Todos os dias nos fazemos as nossas escolhas. Decidir desviar da rua em obras pode mudar completamente a sua vida, ou trocar a festa da Gabi pela da Julia - o pai dos seus filhos pode ter feito a mesma escolha que você. Os 5 minutos a mais que você fica na cama podem te salvar de um acidente grave, mas podem também impedir que você conquiste um bom emprego. Acredite, nada é por acaso.

As minhas linhas tortas são tão certas que meus 5 minutos sempre me deixaram no lucro. Sem a frase no MSN o Léo talvez não teria achado uma boa desculpa para puxar papo comigo, 13 anos depois. Sem a conversa virtual eu não teria viajado até Paris para reencontra-lo. Sem Paris eu não estaria em Lyon agora. Sem Lyon, este blog não existiria e você não estaria lendo este texto. Sem o texto, você poderia estar caminhando no parque e tropeçar no cachorro do amor da sua vida, quem sabe?

Todas as hipoteses so têm fim quando você toma as rédeas da sua vida. O resto, são apenas fatos tentando indicar o caminho certo. Sendo assim, elejo o dia 9 de junho de 2009 como o dia que mudou a minha vida. Apesar de todas as forças do universo ja estarem conspirando ha algum tempo em favor das coisas boas que me acontecem hoje, foi ha um ano que eu, sozinha, decidi que aquele seria o ultimo aniversario do Léo que ele passaria longe de mim. Virtual hoje, so esse texto de parabéns para você, os beijos eu dou pessoalmente -  assim que você passar pela porta da sala.

53 comentários:

Anônimo disse...

Que fofo!!!

Juliana Yonezawa disse...

Eu escolho este texto como um dos melhores do blog!

Muitas e muitas coisas (algumas nem tão boas) aconteceram para que a minha vida e a do hubby se cruzassem.

Tudo tem um porquê para acontecer, por mais que na hora a gente não perceba.

Aproveito pra registrar aqui tb meus parabéns p/ o Léo. Que ele continue te fazendo feliz e vc fazendo o mesmo por ele!

Beijão, Ju

Anônimo disse...

O melhor texto! Com certeza!

Anônimo disse...

Ah, nao saiu meu nome...

Ana Flávia.

Sissa disse...

Olá,

Eu acompanho o blog faz algum tempo e de longe, esse foi o post que mais me tocou so far...
Incrível, como em um segundo a vida da gente pode mudar né?

A minha escolha, foi terminar um namoro de quase 3 anos que ia virar em casamento, fadado ao fracasso total. Ter coragem de dizer: "chega, quero terminar" foi libertador. (mesmo que tenha sido na véspera do Natal... ¬¬)
Depois disso, minha vida mudou. E muito. E pra melhor. Não me arrependo desses anos ao lado dele, mas me fizeram ver as coisas mais claramente na minha vida. E correr atrás daquilo que eu realmente quero.
Só posso dizer, que nunca estive tão feliz em toda minha vida.

Bisous =)

BIanca disse...

Sou leitora há meses e nunca enviei um comentário até ler o post de hoje !
Acabo de me perguntar se o nosso destino já é traçado e de repente me deparo com um texto que me deixou mais confusa ! rss...tomei decisões que hoje me faz estar aqui no Brasil enquanto o amor da minha vida está em Dublin.
A vida tem me dado escolhas ...sempre duas opções ao invés de uma.Isso tem sido dificil demais ...
Adoro tudo que escreve ...bjsssss...Bianca.

Dan disse...

Bom, quando minha vida tomou rumo diferente?
será que foi quando resolvi escrever pro Thi (que mora na França), contando do show que fui aqui no Brasil.....e que lembrei muito dele por conta de uma música que ele cantava pra mim?
ou será que foi quando ele decidiu em 2 minutos que viria me encontrar no Carnaval de Salvador, em 2009?
ah, o Carnaval? Foi maravilhoso....só que ele voltou pra França........
bom, mas em 30 de maio de 2009 ele voltou para o Brasil e fui buscá-lo no aeroporto...e dias depois tivemos uma conversa, na verdade foi um pedido dele! Me fez a mais linda proposta de vida juntos!
Bom, pode ser que não tenha sido nesse dia ainda...... pq quando ele me propôs uma vida juntos,eu "dificinha" disse q precisava pensar.... e só no último dia dele no Brasil.........em 14 de junho de 2009 aceitei jogar o jogo dele!!!!
Ele atravessou o Atlântico e veio me buscar!rs...... è insistente o garotinho
Desde então, já estivemos juntos ora na França, ora no Brasil....e logo mais estarei em definitivo ao lado do Thi, em Lyon.....
ahhhh, como nos conhecemos? acreditem numa Micareta! a 5 anos atrás.....pode ser que tenha sido nesse dia que minha vida teve uma guinada!

Parabéns pelo blog, Mirella, sempre me divirto muito!
Adorei contar uma pontinha da minha história com o Thi, na verdade, tem tanta coisa mais,rs
engraçado como me identifico com diversas coisas que vc comenta no blog....a expatriada e o telefone eu rachei de rir!!!!

Muito bOm!
abraços!

Grande abraço

Rose Araujo disse...

Bem, sinceramente, não sei qual foi a escolha exata que fiz que me colocou aonde estou hoje. Só sei que procuro prestar atenção nos sinais, para que possa fazer a escolha que ache mais pertinente no momento. Bem é isso!

Abraços!
:)

Dani Neri disse...

ameeeeeeeeei esse post, prometo voltar aqui e responder!
bjs linda, adorei a foto!

Mirelle Siqueira disse...

Obaaa! Varios depoimentos bacanas das leitoras! To doida pra ler mais!!

Mas gente, é aniversario do Léo, nao deixem de mandar os parabens senao o menino vai ficar chateado....rs. Afinal, se nao fosse ele, o blog nem existiria ne?

Feliz aniversario amor!!!

Blog da Pandinha disse...

Querido quase parente desconhecido Léo,

Temos várias coisas em comum: vc tem o nome do meu filho, não moraria na França se não gostasse daí assim como eu gosto, é geminiano gente boa, não é corinthiano, mas ama loucamente alguém que torce para este time. Puxa, quanta afinidade. Acho que vou carimbar meu passaporte para Lyon hoje, só para te conhecer pessoalmente. Engraçado a blogsfera, pois não conhecemos alguém mas sabemos tanto sobre este, que nos tornamos íntimos. Parabéns, muitas felicidades, muitos filhinhos, muito amor entre vc e a dona deste Blog, que é mais parente minha do que você!!!!

A história que mudou algo em minha vida? Meu irmão morava em Dublin, e tinha uma amiga louca que ia visitá-lo. Ela marcou 100 vezes de ir até minha casa, mas só conseguiu ir na madrugada em que embarcou, e eu já estava dormindo. Mesmo assim, nos tornamos próximas de alguma maneira. Se meu irmão não tivesse cursado Jornalismo e a Mi tb, se ambos não tivessem trabalhado na Globo, se ele não tivesse ido pra Irlanda e ela ido visitá-lo, ela não teria talvez reencontrado o Léo e eu não teria os 2 na minha vida. E todos viveram felizes para sempre. E colorim colorado! (VIXE, MEU COMMENT ARRASOU)

Náthali disse...

Oi Mirelle,

Eu sou mais uma que acompanha ha tempos e so resolvi deixar um comentario agora...

Então... A decisão que me fez estar onde eu estou foi tomada em 2005. Eu morava na França ha dois anos, era estudante e fui reprovada. Na época, eu e Vincent tinhamos acabado de nos mudar pro mesmo apartamento e eu tinha que escolher entre voltar pro Brasil e terminar meus estudos por la ou ficar por aqui (por ai, pq nesse tempo eu morava na croix rousse - ô saudade de Lyon!). Escolhi ficar, me inscrevi numa outra universidade e terminei um curso menos renomado. Casei, arrumei um emprego em Nancy, trouxe Vincent comigo, perdi meu emprego, engravidei, tive minha gostosissima filha, arrumei um outro emprego e assim a vida continua....

Leonardo disse...

Amor,
Adorei esse post! Amo poder comemorar meu aniversario com vc aqui bem juntinho...

Também quero testemunhar um momento que mudou a minha vida. Apesar de terem acontecido muitas coisas especiais, pricipalmente neste ultimo ano, esse momento foi um dos que mais me marcou. Eu tinha acabado de sair de um passeio turistico no cemitério Père Lachaise (!) quando disse pra moça que me acompanhava que queria namorar com ela. A moça, assustada, me disse "Mas nos moramos em continentes diferentes! Como vamos fazer isso?". Dai eu respondi, "Isso não é importante, o que importa é que eu quero ficar com vc! A gente da um jeito!". A moça aceitou e, para comemorar, nos fomos comprar picolé em forma de vaquinha e distribuir para desconhecidos na rua. Essa moça mudou a minha vida. Hoje ela é a minha esposa e me faz o homem mais feliz do mundo!

Te amo!

fla disse...

Menina, seu blog é td!!! sigo a pouco mais de um mês, mas já li tds os post anteriores...e adorei td, mas hj vc me surpreendeu...e aki vai o minha historia!!!

Namorava a 6 anos e via que esse namoro possivelmente não daria em lugar nenhum, ele era muito apaixonado por mim, eu ja nem tanto, mas mesmo assim, continuavamos namorando, ate que um dia ele me traiu, e acabou confessando td uma semana depois, e dizendo que não via mais futuro na nossa relação, foi dificil aceitar, por um mes tentei reverter a situação, esforço invalido!!! meu irmão estava com passagem marcada para passar as festas de final de ano na Espanha, e resolveu me levar junto, para melhorar meus animos, me animei e comecei a preparar passaporte entre outros, a ideias foram surgindo, e esse amigo ja ate estava arrumando um vaga no escritorio da familia dele, para eu ficar na Espanha, mudar de ares...no dia de ir tirar foto para o passaporte, topei com um rapaz na esquina da loja de fotografia, e 4 dias depois estavamos apaixonados e ele me pediu em namoro, eu disse que estava de viajem marcada e talves não voltaria tão cedo...mas ele disse que me esperaria...20 dias depois eu viajei, na noite de natal do outro lado do oceano eu liguei para desejar um feliz natal, e ele me disse que me amava e que eu estava fazendo um falta enorme...resultado dia 29/12/2007 olha eu desembarcando em guarulhos...rsrs, 5 meses depois ele me pediu em casamento, casamos com 11 meses de namoro, e estou preste a completar 2 anos de casada, feliz e amada...rsrsrs
E qual foi a escolha certa...na verdade acho que não foi a minha, mas do meu ex namorado talvez...!!!
Bjusssssssssssssssss

Rodrigo A disse...

Parabéns Leo!

Minha vida mudou quando fui convidado para fazer uma sangria para o aniversário de uma amiga. Ela já havia me falado a respeito de uma menina, que eu devia conhecer. Ela também falou pra menina a meu respeito. Mas nunca havíamos nos encontrado. Fiz a sangria e quando saí da cozinha já havim alguns convidados. Servi a sangria para a menina sem saber quem ela era e conversamos a festa toda. Só depois fiquei sabendo que ela era a menina. Isso foi a nove anos atrás. Casamos em 2007 e passamos a nossa lua de mel aí perto: Paris! E gostamos tanto que depois aprendemos francês...

Sangria mágica:
- 1 garrafa de vinho tinto seco
- 2 copos de sprite
- 2 copos de fanta
- 1 dose de cognac
- 2 colheres de açucar
- algumas canelas em pau
- umas bolinhas de cravo
- 2 maças cortadas em cubos
- 1 laranja cortada em rodelas
- um bucado de gelo

Mirelle Siqueira disse...

Amor, você me fez chorar ao lembrar do sorvete de vaquinha e do cemitério! Preciso contar essa historia aqui um dia e colocar as fotos porque foi engraçado demais! Fico contente que vc guarde aquele como um dos momentos magicos da sua vida!!

E estou encantada de ler tantas historias de amor!! Na verdade, a pergunta é geral mesmo, mas acho que o post inspirou todo mundo a falar de amor! Quanta historia bacana gente! E olha so todas as leitoras que antes ficavam escondidas aparecendo e se apresentando!! Adorei! Vou começar a colocar mais enquetes no blog porque amizade, ainda que virtual, não é via de mão unica ne gente!!!

Ursula, que fofo seu comentario! Eu e o Léo estamos super afim de conhecer essa parte da familia ai. Em um mês desembarcamos em SP, sera que a gente consegue sair pra jantar??

Quero mais mais e mais historias!! Continuem porque estou amando!!!

Beijocas em todos e mais uma vez FELIZ ANIVERSARIO MEU AMOR!

Oscar (mauoscar.com) disse...

Primeiramente Feliz Aniversário para o Leonardo!!

Bem o dia que mudou a minha vida foi 01 de Setembro de 2006. Nesta época eu ainda estava cursando a faculdade em Curitiba. Em 2005 havia morado na Alemanha em função de um intercâmbio acadêmico e tendo em vista a não possibilidade de terminar a graduação em 5 anos por problemas na concessão de equivalencias nas disciplinas lá cursadas, resolvi distribuir o tempo reservando dois dias da semana para a realização de estágio fora de Curitiba.

Foi numa sexta feira, depois de voltar de viagem à Rio Negrinho em Santa Catarina, depois de combinar com outro colega de faculdade (o cupido da história), para que eu ficasse na casa dele para a gente sair para a balada.

Na verdade o negócio foi meio que "armado" com segundas inteçoes, já que desde longa data esse nosso amigo em comum comentava de um para o outro.

Mas nunca as coisas tinham dado certo para nos conhecermos. Mas naquela sexta feira resolvi tomar partido da situação. Ele chegou cansado em casa depois de mais um dia extenuante de trabalho, acho que não estava muito a fim de sair naquele dia, mas conseguimos carrega-lo com a gente.

Desde então estamos juntos vivendo uma história muito legal, tendo a oportunidade de conhecer novos países, outras culturas e principalmente fazendo novos amigos. Enfim não é muito comum conhecer a sua alma gêmea em casa. mas foi assim que aconteceu.

E graças a este dia que o nosso Blog existe e já tivemos a oportunidade de morar em 2 países em continentes diferentes. E ainda virão muitos outros.

Por sinal Mirelle temos uma coisa em comum somos casados com geminianos. mas a festa aqui é na Sexta!

Parabens pelo Post muito Bacana!!
Bjos

Leticinha disse...

Primeiro, parabéns pro Leo!!

A minha vida mudou há 8 anos, quando em uma festa a fantasia no clube nautico de Taquaritinga, eu avisto um ser estranho, com uma fantasia mal arranjada, gravata de bixinho, boininha e um coletinho todo amassado. E eu, de punk, com um broche do Bad Religion. Esse tal broche, foi o motivo do primeiro contato. Contato que se extendeu a noite toda, o dia seguinte, os meses seguintes e os anos seguintes. Sempre disse "vou me casar com esse menino". Nesse meio tempo, os dois namoraram outras pessoas, mas sempre que nos encontravamos, o mundo parecia ser apenas de nós dois. Até que, há dois anos, decidimos que iriamos ficar juntos, enfrentando a distancia. Ele se mudou para Uberlandia, mas desde dezembro foi para Santos, onde daqui uns meses pretendo morar. Se não fosse aquele broche ou aquela gravata, talvez nao teria encontrado o amor da minha vida.

Um abraço forte, bem forte para minha amiga Mi. Esse post foi lindo de morrer!

Amo!

Anônimo disse...

Oi a todos. Sem dúvida um dos melhores relatos. Mas.... o que posso dizer HOJE aqui é “Creio no sol, mesmo que ele não brilhe.
Creio em Deus, mesmo que ele esteja em silêncio.
Creio no amor, mesmo que ele esteja oculto.” Boa semana a todos. Parabens Léo por mais um ano de vida e, parabéns Mi, por compartilhar a história de vocês. Janny

Ju (Dubai Verde e Amarelo) disse...

Nossa, amei esse post também! Como vocês são românticos, acho lindo!!!

Primeiro, PARABÉNS Léo geminiano - tb sou de gêmeos, ótimo signo =)

Então, às vezes nem precisamos tomar decisões; fatos acontecem sem a nossa vontade e mudam a nossa vida COMPLETAMENTE. Há um pouco mais de 2 anos eu estava infeliz no emprego, com minha mãe muito doente e meu namorado morava em Dubai...Humpf. Sozinha, triste e cheia de problemas e estresse.

Até que no 09/06/08, um dos piores da minha vida (infelizmente!), minha mãe faleceu depois de meses de sofrimento intenso. E aí me vi completamente sozinha e desamparada, sem saber o que fazer, para onder ir.

Tinha uma relação muito forte com minha mãe, igual você parece ter com a sua; uma amiga, companheira. Enfim, 2 meses depois decidi largar o emprego, casar e vir para Dubai (decisão muito difícil)...

Apesar dos trancos e barrancos de morar fora, da saudades de todos e especialmente da minha querida mãe, cá estou eu com o amor da minha vida, muito feliz!!!

Anônimo disse...

Oi Mirelle,

Achei seu blog por meio do "conexão paris" e passei a acompanhar... adorei o post de hj!

Tive duas GRANDES DECISÕES que me troxeram à minha vida de hoje.

A primeira delas foi assistir a um jogo do Brasil na copa de 2002 na casa de uns amigos dos meus pais em uma manhã que não havia "nada melhor para fazer"; lá acabei por conhecer o filho de um outro casal de amigos que foi pelo mesmo motivo. Pois então: nos conhecemos, depois de um tempo ficamos (em segredo já que ia ser muito complicado os pais, que eram amigos, ficarem sabendo das ficadas), começamos a namorar e CASAMOS há quatro anos e meio. Como amamos viajar, curtimos muito esses quatro anos de casados viajando por vários continentes e agora planejamos nosso primeiro baby.

A outra grande decisão que tomei foi sair do escritório de advocacia que trabalhava para estudar (e muito) para um concurso público, e, antes do que podia imaginar lá estava o meu nome na lista de aprovados!

Desculpe pelo comentário muito grande.

Beijos,

Juliana

Renata disse...

Oi Mirelle,

Adorei o post. A decisão que mudou a minha vida foi quando respondi ao e-mail de um rapaz que me achou num site de relacionamentos. Depois desse e-mail vieram telefonemas, encontro na Savassi (sou de BH), 1 ano e meio de namoro em BH, 2 anos e meio pelo telefone e skype (ele veio para Paris fazer o master e eu fiquei em BH), nos casamos em 2008 a bolsa de doutorado saiu, vim para Paris em seguida e aqui moro há 2 anos com meu amor e sou muito feliz!!!!!

Anônimo disse...

parabéns pro Leo então!!
Post maravilhoso!
Não posso determinar um dia sobre a minha mudança mais notavel, por que ainda não aconteceu.. Mas, assim como você fez, pretendo largar o Brasil e adotar a França.

Camila,

Anônimo disse...

Mirelle, estou eu cá, comentando outra vez..
como disse que está carente de amizades, pensei que pudesse deixar o seu e-mail no blog, pra que seus leitores pudessem manter um contato mais direto. :D

Mr. Lemos disse...

Belíssimo!! Parabéns, meu cunhado! Felicidade aos barris pra vc!! Aliás, pra vcs!! bjos, bjos

Blog da Pandinha disse...

Mi, a blogsfera é' hilária. Depois que vc brigou pq ninguém dava parabéns pró Leo, os comments mudaram e foi criado um padrão: "parabéns Leo, mas minha história (63 linhas escritas). Fim". Cômico!

Thiago Crespo disse...

O post é tão bom e me fez pensar em tantas coisas que eu precisaria refletir MUITO pra dizer qq coisa a respeito do assunto.

Por ora, no entanto, parabéns ao seu marido! E a você pelo texto... sério, tô pirando aqui =D

Bjo!

Isa Ortega disse...

Mirelle, ha tempos estou para te parabenizar pelo blog, você com certeza além de ser uma ótima jornalista, é uma excelente escritora, entro toda a semana para ver se tem novidades, e fico sempre muito feliz ao constatar que você está radiante de tanta felicidade. Tenho certeza que você merece, mesmo não tendo muito contato quando nos conhecemos sei que você é especial, afinal é amiga da Hismênia que também é muito especial. Abraços e mais felicidade, pois afinal de contas ser feliz nunca é demais.

Ah! Não poderia deixar de compartilhar com você e seus demais leitores a minha escolha que me faz até hoje (e espero que sempre) muito feliz.

Eu sempre odiei Uberlândia, meu objetivo de vida desde quando mudei para esta cidade (quando tinha 10 anos de idade) era ir embora daqui, não gostava do calor, e achava as pessoas muito frias e distantes uma das outras. E a oportunidade surgiu quando comecei a prestar vestibular, e me apaixonei por Londrina, estava decidida, mesmo que não entrasse na faculdade iria mudar para lá. Resolvi então arrumar um emprego para juntar uma graninha e ir embora (pois era só assim para o meu pai autorizar se não estivesse indo embora para estudar). Eis que o primeiro emprego que me apareceu foi na ACS (como o de muitas pessoas), lá conheci muitas pessoas e em uma das várias festas que o pessoal que trabalhava comigo organizavam conheci o meu namorado, o Diego, que veio me buscar para ir a essa tal festa pois um amigo dele queria ficar comigo, acontece que quando eu o conheci me apaixonei pelo seu sorriso, e aí... o amigo ficou só amigo e nesse mesmo dia eu fiquei foi com o "motorista", e no dia 12/06/2004 (isso mesmo no dia dos namorados) ele me comunicou que estávamos namorando. E estamos juntos desde então, meu melhor amigo, namorado, companheiro, que é um futuro engenheiro e que sonha um dia ir pra França estudar e trabalhar (algo em comun né Mirelle), e aí terei que fazer uma nova escolha, como a que fiz ha 06 anos atrás (quando desisti de ir embora de Uberlândia, graças a um lindo sorriso), deixar minha família aqui no Brasil e ir acompanhar o AMOR DA MINHA VIDA em uma terrinha que você está conhecendo e me relata tão bem, que fico tranquila ao pensar nessa possibilidade. Afinal não vou me distanciar mais DO SORRISO MAIS LINDO que eu já vi.

Essa é a minha históra.

Abraços.

Leandro Wirz disse...

Sou carioca, mas morava em Brasília há quase 8 anos. Vim ao Rio para o show do Pearl Jam em dezembro de 2005. Na véspera, fui tomar um chopp com um antigo amigo e sua mulher. Ele me disse que uma amiga da mulher dele e outras duas meninas que eles não conheciam nos encontrariam no bar.
Quando chegamos ao bar em Laranjeiras, eu disse ao meu amigo: “Só falta ser aquela mesa ali, olha só que gata aquela mulher”.
Era a mesa e era a mulher. Tereza. Uma das amigas da amiga da mulher do meu amigo.
Naquela mesma noite, disse a ele: eu vou casar com essa mulher.
Na noite seguinte, eu a levei ao show comigo.
Dez meses depois deixei Brasília e nos casamos no Rio.

ps.: já ia me esquecendo, parabéns para o Léo, com saudações rubro-negras.

Mirlene disse...

Léo,
Parabéns e muitas felicidades. Obrigada por tornar a vida de minha filha plena e feliz. Que Deus o abençõe sempre e receba posts como este todos os anos de sua vida.

Ana Paula Bertarelli disse...

Mi,

Posso dizer que muitas escolhas marcaram minha vida. MUITAS! Sem dúvida uma delas foi quando mais ou menos em 2006 (?) a namorada (na época)do meu meu ex namorado no msn me pediu: "preciso falar com você, posso te ligar?" Eu podia ter dito não, afinal pra que eu iria falar com uma pessoa que namorava meu ex? Queria mais é que ela se ferrasse! Mas como acredito que não sou a única que escolhe mim, Deus então me soprou no ouvido: "fala com ela".

E hoje estou aqui, falando com ela!

Parabéns pelo post e parabéns pro Léo! E obrigada por fazer parte da minha vida e por deixar eu fazer parte da sua! Minha amiga! Muitos beijos e saudade!

Paulinha
www.delaApracaA.blogspot.com

Thaty Tannús disse...

Parabéns (atrasado) Leo!
(Cômico, mas educado pelo menos! Hehehe!)

Mirelle, conheci o seu blog por meio de um blog de uma amiga e estou adorando seguir as suas aventuras francesas!

A grande virada na minha vida também aconteceu na Europa quando eu fui fazer um intercâmbio em Portugal. Junto comigo foram dois grandes amigos desde o colegial. Um deles fazia o mesmo curso do que eu, e por termos os mesmos círculos de amizade dentro e fora da faculdade, sempre haviam comentários de a gente estava namorando.
No dia de embarcar a minha mãe mesmo brincou "não vai inventar de namorar o Tulio agora, hein?" e a mãe dele disse a mesma coisa! =p
O destino, entretanto, fez eu "pagar a minha língua" já que depois de 3 anos namorando, em menos de 15 dias em outro continente, lá estávamos nós dois namorando (pras mamães foram mais de 2 meses.. hehe!).
Desde então, já são mais de 3 anos juntos, muito felizes!

Fernanda disse...

Oi Mirelle mais uma vez vc me emocionou com o seu texto!

Se hoje estou aqui na França tbm foi por amor! Fui passar o Carnaval 2006 em Arraial D'ajuda e no primeiro dia conheci o Paul em uma festa. Passamos 4 dias juntos, mas nao levei a serio. Eu nao queria compromisso com ninguem e como ele era frances eu achava que nao daria em nada. Na terça de carnaval tive que voltar pra BH pois eu tinha que trabalhar na quarta(eu era gerente do Bradesco). Ele pediu telefone, email e eu dei sem esperar nada. Na quinta feira ele aparece em BH e me liga pedindo pra busca-lo na rodoviaria (coitado nao tinha voo e ele fez 18hs de onibus. Isso pra um frances é enorme). Ele ficou 20 dias em BH e voltou pra França. La ja estavamos apaixonados! Conversavamos todos os dias pelo skype e no fim de Abril ele pede pra eu abrir meu email. E la eu vejo uma passagem de aviao pro dia 31 de maio. Nao pensei 2x, pedi demissao e vim pra frança com a cara e a coragem.
Somos casados a 4 anos e temos uma filha maravilhosa de 2 aninhos e somos muito felizes!

Roberta Brasil Araujo disse...

Bom, cheguei aqui pelo Conexão Paris! :-)

O dia que mudou minha vida?

Acredito q se deram em 2 ou 3 momentos:

1 - Qdo decidi largar o emprego público e estável (obtido através de concurso) para me arriscar em uma empresa privada.

2 - Qdo aceitei, em 02/11/01, o convite pra sair de um colega de trabalho, que estava visivelmente a fim de mim. Eu o achava um cara legal, mas ainda não estava apaixonada. Mas lembro que era feriado (finados!), não tinha muita coisa o que fazer (meus amigos haviam viajado prap praia) e aceitei ir com ele ao cinema (ver Os Outros). Ficamos, namoramos, casamos, viajamos bastante (a última vez foi pra Paris e Londres, no ano passado) e hoje estou grávida de 5 meses e muito, muito felizes!!! :-)

Juliana Beaup disse...

Mirelle, minha historia é tao amarrada e cheia de coincidencias que ficaria enorme aqui, voce me deu a ideia de escrever como tudo começou la no meu espaço......fica como dever de casa pra essa noite quando o trio dormir!!!!! Bjocas....

Mirelle Siqueira disse...

Ahhhh Paulinha, vc é tao fofa!! Estou com muitas saudades!!!

Quanto aos outros comentarios, estou super feliz de ver tanta historia de amor feliz como a minha! Adoro um roteiro brega de amor!:D

Adorei ver tantas carinhas novas por aqui. Agora que ja conheço melhor um pouco mais dos leitores, vou voltar sempre aqui para conferir quem é quem quando vcs postarem em outros topicos!

Camila, meu email sempre esteve disponivel aqui no blog, ta la no canto direito, mais pra baixo. Mas eu nao ando me sentindo sozinha nao! Convivo muito bem com a "solidao" que morar em outro pais provoca, eh que eu realmente gosto de ouvir boas estorias!! Mas enfim, quem precisar escrever, o email esta la!

Beijos em todos e continuem sempre decidindo em nome do amor!

;)

marcio disse...

Acho que todos nós sabemos quando a nossa vida tomou o rumo que ela tem hoje. O meu momento eu sei!!
Em janeiro de 2001, estava de plantão em um hospital de São Paulo, quando no fim do dia, fui chamado pela pediatra para examinar uma pequena menina de 1 ano. Após cuidar da menina, comecei a conversar com aquela pediatra muito bonita! Eu solteiro, ela solteira... resolvemos que um dia iríamos combinar uma saída.
Saímos, namoramos, decidimos nos mudar e nos casamos!! Hoje moramos em Gramado/RS e já sabemos a data que nossa vida irá mudar novamente... em outubro deste ano chegará o Pedro.
E para o meu filho (e inspirado no seu blog) escrevo as minhas mensagens... o que vivemos até a sua chegada e as coisas que gostaria que ele escutasse de mim!

http://viviemarcio.blogspot.com/
se quiser, dá uma olhadinha lá... é do Pedro!
Um grande abraço aos dois, apesar de não nos conhecermos, somos muito próximos (se isso pode acontecer!)

Marcio

K∂riиє* Smith. disse...

Ai que lindo Miiii !
O léo deve merecer muito uma declaração de amor dessas e vocês são e serão muito felizes, pra sempre!

Já o moemnto que mudou a minha vida, ai, foram dois, quando eu decidi vir para Irlanda e acabei conhecendo o rosinha e o segundo foi quando eu decidi que Brasil seria só a passeio, já o terceiro, está pra acontecer daqui a pouco com o nosso casamento. Vale 3 ? hahahaha

muitos meuitos muitos beijos meus...

P.s.: Rosinha reservou um hotel em Paris o Les Jardins de la villa, sem nem me comunicar antes, foi surpresa ! Vc sabe alguma coisa sobre ?

LUCIENE disse...

Talvez se eu nao fosse tao curiosa, e nao ter clickado numa propaganda no meu email de um site portugues furreca, e nao feito ali o meu perfil, e nao ter respondido a segunda msg insistente de um certo frances, eu nao teria encontrado o meu marido, o homem da minha vida... e nao estaria indo viver na França por ele.

Ainda bem q sou curiosa...rs

Blog da Pandinha disse...

Mi, kd o post do twitter, sumiu? Passa no meu bloguinho e pega um selinho que deixei por lá pra você!

Joana disse...

Descobri recentemente o seu blog e estou adorando!
Minha vida também mudou quando o trabalho me trouxe para Paris e aqui encontrei um francês.

Hismênia disse...

MI, sem dúvida é um, senão o melhor porst, pois me fez refletir sobre o que aconteça na minha vida hoje. Me lembrei de dois momentos momentos...Mas vou contar o que é relacionado a nossa amizade..

Todo dia eu entrava na TV dava Bom Dia a todos da redação e vc, na correria, quase nunca me respondia..Um dia resolvi pedir seu MSN para mandar algo engraçado(era uma charge do Mauricio ricardo com a música do Créu). Mesmo conversando muito pouco no MSN, um belo dia, do nada,vc me chama p ir a uma feira gastronomica. Na hora não botei muita "fé", até a hora que me ligou à noite equanto eu estava na faculdade..quando vi..pensei: ixa, atendo ou não...Atendi! E aqui estamos até hoje!

Mesmo tendo me deixado aqui em Uberlândia...mantemos contanto até hoje...Além disso, foi com você que fui a SP pela primeira vez, que andei de metro, que vi o sol nascer em uma praia maravilhosa e ainda assiti o Cortinthians em pleno Pacaembu ganhar do São Paulo....Nada disso aconteceria, se eu não tivesse pedido seu msn e não tivesse atendido sua ligação...Olha como as coisas são?!

Beijos, Adoro Você.

A propósito, dia 9 também é meu aniversário viu Léo. Parabéns para nós dois!

Hismênia disse...

Ah..já que todo mundo falou de amor..quero falar tb...
Há exatamente um ano, tomei uma decisão na minha e botei um fim em um relacionamento que não tinha futuro. Foi difícil, pois era primeira vez na minha vida que eu terminava com alguém...nesse 1 ano que se passou, aprendi muito...algumas pessoas passaram na minha e logo saíram...até que um dia, após conhecer um rapaz ,adicioná-lo no MSN e de ter recusado infinitos pedidos para sair...Perdi o medo que tinha, e sai com ele p almoçar. No mesmo dia, fomos ao cinema e lá aconteceu nosso 1º beijo...Desde então, foram várias conversar..alguns desentedimentos..confusões..e ele me chamou p namorar..Novamente o medo apareceu:aceitar ou não "dividir" minha vida com ele...
Resolvi correr o risco..e hoje, após 2 meses de namoro..Foi o melhor risco que eu corri até hoje..Se eu não tivesse aceitado, se eu tivesse ouvido as pessoas...Hoje eu não estaria tão bem e feliz como estou!!!

Como você disse, uma escolha que a gnte faz..muda tudo na nossa vida.
Beijos

Patrícia disse...

adorei o texto, e ainda estou refletindo sobre o dia em que minha vida tomou o rumo em que se encontra agora... chego a conclusão de que na verdade, acho que eu queria outro rumo para minha vida, mas esse dia ainda não chegou...

Ket disse...

Em primeiro lugar, um feliz aniversário para o Léo.

Em segundo lugar, lindo texto! Tenho acompanhado seu blog e mesmo sem te conhecer, fico feliz por vc sentir e transmitir felicidade.
Também refleti sobre a minha escolha, que ocorreu no dia 12/12/2009. Escolhi sair de casa numa tardia noite chuvosa, de onibus no trânsito de SP, tudo para conhecer um moço francês que tinha acabado de se apresentar para mim no MSN (2 horas de conversa num francês enviesado e sem câmera). Também foram os amores fracassados que me levaram a um desconhecido em férias no país. E um amor verdadeiro que o fez atravessar o oceano mais 4x para me ver.
Mas naquela noite, já sabíamos que o nosso destino estava um no outro. Agora já posso dizer que estou no seleto grupo das mulheres mais felizes do mundo.

Isabela Sady disse...

Oi Mirelle,

Também conheci seu blog no "Conexão Paris"...a Lina fez um post lindo com fotos da história de vocês...e passei a ler seu blog sempre.

Ah, e "conheço" a Pandinha...rs

Bom, parabéns mega atrasado para o Leo...rs adorei a história dos picolés de vaquinha...muito fofos.

A partir do momento que eu resolvi fazer ESCOLHAS na minha vida, ela mudou. ESCOLHI terminar um relacionamento, ESCOLHI mudar de profissão e ESCOLHI (e não esperei ser escolhida) um grande amor.
Hoje estamos casados, muito felizes e esperando a chegada da nossa bebê.

super beijo
p.s.: me inspirou a escrever um post sobre isso

Natalia Takashiro disse...

Mi, eu penso nisso todos os dias... Penso em todas as minhas escolhas que fiz, tenho feito e devo fazer!!!

As minhas escolhas foram tantas...

Passei em 3 faculdades:
1) Puc em Letras
2) Mackenzie em Propaganda
3) Metodista em Publicidade (escolhi a Meto pq era mais perto...)

Dai mudei de curso pq tava de saco cheio e fui a RTV !!!

Mas so entrei no mundo da TV pela minha amiga de Publicidade...

Larguei tudo e fui pra Londres com uma outra amiga da Meto...

Voltando, entrei pra TV novamente... onde conheci a pessoa com quem vou casar hoje !

Mas so vamos casar pois escolhemos agir de modo que ficassemos juntos!

Mas acho que o dia mais importante foi qd decidir estudar em SBC!

O que me faz ler o seu blog hoje tb!

Bjs Nati

angélica disse...

Oi mirelle, tudo bem, jurava que tinha passado por aki para te contar sobre minha lua de mel em paris, mas acho que o post não entrou... enfim... foi maravilhoso, apesar do frio que fez na semana e dos poucos agasalhos que levei.

E pra aproveitar quero falar o que mudou minha vida, foi aceitar gravar um comercial (figuração) pela grana e deixar a timidez de lado, só que além de um cachê ganhei o amor da minha vida, meu marido. Cheguei no shopping que iria gravar e quem tava dirigindo o vt? ele... e a partir daquele momento eu me apaixonei, perdidamente, justamente no momento em que jurava não querer saber de ninguém. Nunca mais gravei comercial nenhum até porque até então nunca tinha feito. Aceitar essa proposta inusitada ( que poderia jamais ter aceitado, pois não tem nada a ver comigo) me troxe meu verdadeiro e eterno amor... bj

anabretas disse...

Que imenso prazer é ler este blog!
Mesmo atrasadinha na leitura, me deliciei com este post maravilhoso que você escreveu de forma majestosa!
Agora, preciso reconhecer que para concorrer com suas palavras, só mesmo as do seu amado (aniversariante do post, ao qual envio meus parabéns, ainda que atrasados), contando a historia da distribuição dos picolés de vaquinha (que amor). Portanto, Leo, com a licença da Mirelle, meus parabéns a você pelo aniversário e pela mulher maravilhosa que você descolou (ou seria melhor dizer conquistou?)!
Bom, quanto à sua pergunta, muito difícil responder! Precisar uma data é tão difícil! Talvez o dia 24 de maio de 2006, quando do nada inventei que iria estudar espanhol e me enfiei na escola de idiomas mais perto de casa na época e lá já dei de cara com um peruano meio estranho que já veio logo se apresentando cheio de si....rsrsrss
Ou talvez o dia 03 de novembro de 2006, quando finalmente baixei a guarda e me rendi ao primeiro beijo do peruano charmosão :)
Ou talvez tenha sido antes disso, quando aceitei vir para São Paulo, ainda em 2004 (afinal sem isso, como é que eu iria esbarrar com o gatinho peruano 2 anos depois???)...
Realmente fica difícil precisar! Posso afirmar, porém, que onde estou hoje, me deixa muito feliz, nem tanto por onde estou efetivamente, mas por quem tenho ao meu lado! E com ele, vou onde Deus nos levar!
Parabéns a você e ao Leo pela linda história, pelas palavras maravilhosas e por dividirem um pouquinho disso tudo conosco!

Mirelle Siqueira disse...

Quantos recados gostosos de receber, esse post continua fazendo sucesso! Adorei!

Nati, eu fico feliz q vc tenha escolhido a metodista, assim pude te conhecer!

Ana, obrigada pelos elogios deliciosos! Leitores como vc me estimulam a continuar escrevendo por aqui, as vezes aparecem uns chatos pegando no meu pé e da uma preguiçaaaaaaaaaaaaa...

beijocas em todas vcs, meninas apaixonadas!!!

Onor disse...

Simplesmente EXCELENTE!

Que texto primoroso. Ótima leitura para o início do dia.

Fabio disse...

Sensacional..........Obrigado por deixar minha noite mais leve.
Que inveja boa (se é que isso existe!!!!) eu tenho de quem consegue , com mínimo esforço, transformar o estado de espírito de um desconhecido através apenas do seu texto.
Me sinto leve essa noite.
Obrigado.

Carol disse...

Lindo post!

Leia também:

Related Posts with Thumbnails