domingo, 8 de agosto de 2010

Hotéis e transporte em Lyon

A Gisela, leitora de Campinas, esta vindo passar 3 dias em Lyon e me escreveu pedindo dicas de hotéis na cidade. Achei que a duvida poderia ajudar também outras pessoas e, por isso, virou post. Na verdade não tenho como indicar um hotel especifico, pois nunca dormi fora de casa, então vou sugerir as que são, na minha opinião, as melhores regiões para se hospedar em Lyon, ok?

Presqu'île. Eh la que você quer ficar, acredite. A região é central e fica perto dos pontos turisticos mais visitados, além de ser mais antiga que os bairros afastados, então da aquela impressão de estar em uma cidade francesa logo que você coloca os pés para fora do hotel. Se hospedando la, você não vai precisar de transporte para quase nada. A cidade é dividida em 9 distritos (arrondissements), procure por hotéis nas regiões do 1°, 2° e Vieux Lyon.

Não recomendo o 7°, o 8° nem o 9° arrondissement por não serem regiões turisticas e algumas, inclusive, um pouco perigosas. São também muito afastadas. A Croix Rousse, que fica no 4ème, é super interessante mas fica no alto da colina. Tem metrô, mas para quem prefere caminhar ou andar de bicicleta, é meio cansativo. O 6ème tem o Parc de la Tête D'or (o mais lindo da cidade, merece uma visita), mas ficar la é meio fora de mão.

Para quem vem de avião com apenas um dia para conhecer a cidade, talvez seja mais pratico ficar proximo ao aeroporto Saint-Exupéry mesmo, dai não tem a trabalheira de carregar malas. Depois, é so pegar o tramway e passar o dia na cidade. Mas quem chegar em Lyon de trem, pode se hospedar na região da Part-Dieu, onde se encontra a maior estação de trem da cidade.

Como escolher o hotel então? Eu uso e confio muito em dois sites, o venere.com e o booking.com. Neles, você tem a opção de fazer a reserva sem pagamento antecipado na maioria dos hotéis, podendo, se for necessario, cancelar até 24 horas antes das datas escolhidas sem custo algum. Para pesquisar, é so digitar o nome da cidade e a data da viagem, depois você pode filtrar a busca colocando mais detalhes como o numero de estrelas do hotel, preço das diarias ou bairros. Os dois sites oferecem, além da descrição do hotel, de fotos e de distâncias especificas dos pontos turisticos, os comentarios de quem ja se hospedou nos hotéis. Isso é super importante! Se as criticas não forem muito boas, decida-se por outro.

Outra boa dica é pegar o endereço do hotel e jogar no Google maps para ver se ele fica proximo à alguma estação de metrô. Lyon é uma cidade onde os transportes publicos funcionam muito bem e não é dificil utiliza-los. As estações possuem mapas com desenhos faceis* de ler e todos os pontos de ônibus têm os horarios de chegada, além do percurso que eles fazem. O bilhete unitario custa 1,60€, mas você so pode utiliza-lo por uma hora e em sentido unico. Por isso sugiro o bilhete liberté 1 jour, que vale para o dia todo e custa 4,70€. Com ele você pode andar de metrô, ônibus e nos tramways que circulam dentro da cidade quantas vezes quiser até a meia-noite. Uma outra opção para os turistas é alugar uma vélo'v e conhecer a cidade pedalando (ja falei sobre as bicicletas de aluguel nesse artigo aqui). Mas, sinceramente? Lyon é uma cidade para ser descoberta caminhando.

Do aeroporto Saint-Exupéry, existem duas maneiras de chegar em Lyon: de taxi ou de tramway. Uma corrida de taxi até o centro custa aproximadamente 50 euros durante o dia, ja o bilhete do tramway sai por 13 euros a ida ou 23 euros, ida e volta. O bilhete é vendido na plataforma do tramway, que fica na estação de trem, anexa ao aeroporto (mas não existe trem nem metrô para Lyon). O trajeto dura 30 minutos e vai até a estação Part-Dieu (para conhecer os horarios clique aqui), de la é so pegar um metrô até seu hotel ou mesmo um taxi, pagando bem menos pela corrida.



*Quer imprimir o mapa do metrô de Lyon? Clique aqui.

20 comentários:

K∂riиє* Smith. disse...

Mal posso esperar para minha viagem a Lyon....pena que o rosinha ainda não sabe disso! hahaah

Mirlene disse...

Filha,

Fiquei com uma vontade de voltar a Lyon...
Beijos e parabéns por suas "dicas"!

Glenda Dimuro disse...

Mirelle!
Estamos indo à Lyon no próximo dia 1 de setembro... vamos ficar só uma noite... :(
É que encontraremos meus pais que estarão na Universidade e dai partiremos para uma viagem de carro pelo litoral até Barcelona. Legal, né? Fiz uma reserva neste hotel: 8 Rue Paul Chenavard, 1. Hôtel de Ville. Acho que é central, né? Chegaremos de trem desde Paris em PERRACHE, acho que é pertinho...vi que tem metrô próximo!
Seria legal se a gente conseguisse tomar um café! ;)

Mr. Lemos disse...

Gostei das dicas. Estou pensando em passar o próximo natal em Lyon, mas ainda não encontrei nenhum lugar para ficar....... huahuauhuahhuahua
amo

Mirelle Siqueira disse...

Po Karine, avisa logo o Rosinha então! Você vai amar Lyon!

Mãe, a senhora é a unica com passe livre nessa cidade (e aqui em casa). Volte logo!

Glenda, seu hotel fica a uma quadra da Place des Terreaux, mais central impossivel! Bem na Presqu'île, como eu indiquei pros leitores. E a estação também é pertinho. O convite pro café esta mais do que aceito, sera um prazer. Volta depois aqui no post pra contar se o hotel é bom e deixar a dica pro pessoal!!!

Irmao, sua reserva no hotel dez estrelas CHEZ MI E LEO esta feita ha um ano ja! Todos os serviços inclusos, refeiçoes, cama de casal e o melhor: de graça! Arruma as malas e vem!

Beijocas

Bruna disse...

Amei o seu blog!
E amei as dicas!

voltarei mais vezes!
beijoooos

Gisela Coghi disse...

Oi Mirelle, muitíssimo obrigada pelas dicas, elas serão muito bem aproveitadas !!!!!!!!! E com certeza passaremos momentos inesquecíveis em Lyon !!! Na volta te conto. Bjos

carlos henrique disse...

Esse tramway pro Aeroporto é novo né ? o tal do rhonexpress ? a navette é mais barata : onibus azul e cinza, que faz Lyon/Aeroporto/Lyon. Custa uns 9 Euros. Mas demora mais, tipo uns 40 minutos.

Ficar em Charpennes é legal também. Tem um Hotel Mercury na praça do metro (A, B, e tram T1).

De Perrache para o Hotel de Ville vale a pena fazer a pé. é so subir reto hehehe sem muita bagagem é um passeio gostoso de fazer...e ja conhece o centrao da cidade hehehe

CH

Juliana Yonezawa disse...

Depois deste post, tenho certeza que não teremos problema nenhum p se deslocar aí em Lyon. Vc é uma ótima guia hehe

O saco é achar o voo!! Que raiva, ainda não tem :(

Leonardo disse...

Amor, otimo post! Vai ser muito util pra muita gente!!!

Caique, na verdade a navette Satobus parou de funcionar definitivamente ontem. Ela foi substituida pelo Tramway Rhone Express que começou a funcionar hoje. E o Tramway é mais caro do que era a Navette (13€ ao invés de 8,60€).

Ju, eu liguei na Ryanair pra saber cadê os vôos pra Grenoble em dezembro, e eles disseram que até o meio de setembro eles ja estarão disponiveis pra venda pelo site.

ALVES DE MORAES, Gustavo disse...

eu nem esquento a cabeça com hotel, nao importa aonde na França, entro n accor hoteis (Rede IBIS, ETAP e formula 1), sao bons e baratos, sendo q o formula 1 é o mais barato mas é pra aventureiro (geralmente longe do centro da cidade e com banheiro no corredor). Se nao, a rede Louvre tb parece boa (ainda nao usamos, mas é concorrente direto da Accor) com os hoteis campanile, première classe, etc. O Mercury que o Caique citou é da rede Accor, mas ja é mais caro, por ser mais estiloso. A vantagem dessas redes é nao ter surpresas, os quartos e as estruturas comuns sao sempre iguais, seja aonde vc for!!!

Mirelle Siqueira disse...

Pois é Caique, como o Léo disse, a navette não existe mais. Sobre os hotéis, acho que depende muito do que a pessoa procura e acho que cada um procura uma coisa né gente? Tem gente que não abre mão do conforto e pode gastar um pouco mais. Outros viajam com orçamento menor e precisam economizar cada centavo possivel. Alguns preferem ficar bem localizados, e nesse caso eu nao acho tao interessante ficar la no final de Charpennes nao Caique.

Ju! Viu so que noticia boa do Leo? EM setembro a gente continua procurando entao!!!

Gisela, você também, se puder voltar depois para contar onde ficou e se gostou, vai ser bacana!

Beijos em todos!

Mr. Lemos disse...

Opa! Vou falar hj mesmo com minha agente de viagens... amo!!

Rapha Aretakis disse...

Putz, nunca mais passei por aqui, mas assim com você, estou na casa dos meus pais comendo muito bem e ganhando colo. Tem coisa melhor?
Adoro esse blog!

:*
http://raphanomundo.blogspot.com

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Que delícia passar aqui pelo seu blog. Cheguei aqui pelo Ká entre nós.

Beijos

aLiNe disse...

Ótimo post. Muito últil!
Pena que não tão logo assim vou a Lyon... rs

Anônimo disse...

Olá, parabens pelo seu blogs, me ajudou muitoooooo... passarei por ai em 27/09/2010 se precisar de algo do brasil me fale que eu levo. Abraços. Gerson... consystecnologia@yahoo.com.br

Dadi disse...

Oi, Mirelle! Adorei seu blog! Eu vou passar uma noite em Lyon com meu marido e filhos em janeiro, pois estaremos voltando pro Brasil num voo às 7h30 da manhã, depois de uns dias em Paris e em Aussois (Alpes). Como o voo é muito cedo, pensamos em dormir perto do aeroporto. Ou, se dormirmos numa área mais interessante, poderíamos marcar um "táxi" para nos buscar no meio da madrugada no hotel. Você saberia indicar um "car service" desse tipo, de confiança? Agradeço qualquer dica que puder me passar!
E parabéns pelo blog!
Dadi

carla paulino disse...

Olá!
Parabéns pelo Blog, é muito bem escrito!
Escrevo porque eu e minha família temos a possibilidade de sermos transferidos para a França através do emprego de meu marido. Tenho 3 filhos- 15, 13 e 11 anos. E a filial da empresa fica em Saint-priest. Gostaria muito de sua opinião sobre esse local para morar, e também sobre quais são os melhores Distritos para se viver em Lyon. Gostamos de lugares tranquilos, mas não queremos viver longe da escola das crianças e de supermercados e bancos.
Também gostaria de ter uma ideia de custo de vida, para se viver bem com uma família de 5 e mais 3 gatos(sim, me recuso a mudar de país sem levar meus bichanos comigo!). Estamos empolgados, mas ao mesmo tempo muito apreensivos com o custo de vida, o medo da solidão e a adaptação nossa e de nossos filhos(na verdade são 2 meninas e 1 menino). Somos de SP, mas atualmente moramos em Curitiba-PR, cidade linda, mas muito difícil de se fazer amigos. Sou Historiadora e meu marido, advogado. Ele assumirá o cargo de gerente nacional aí na França, caso tudo dê certo e as negociações avancem.
Você poderia me ajudar? Desde já agradeço muito!
Abraços,
Carla.

Mônica disse...

Oi Mirelle, moro em Madrid e agora em janeiro passaremos 3 dias em Lyon e estou adorando as dicas do teu blog! Tu comentaste que existem algumas regiões perigosas em Lyon(como em qqer cidade neh...), poderias nos dar umas dicas desses locais? Pq como teremos tempo pra passear bastante, não quero ter imprevistos... ahhh uma curiosidade minha, como é que um turista se vira em Lyon só arranhando um pouco de francês? Falamos espanhol e ingles fluentes, mas só eu tenho uma noção do idioma.... o resto da trupe não fala nadinha, kkkkkkk. Ah, se tiveres uma dicas de locais pra fazer compras ( pra eu largar minha mãe e minha tia lá, pq se não compram enlouquecem kkkk), te agradeço. Obrigada por esse blog, está show de bola!
Bju

Leia também:

Related Posts with Thumbnails