sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Piquenique à francesa

Dizem que estamos no outono. Dizem, não acredito. Ja é quase novembro e as folhas insistem em continuar presas aos galhos das arvores, verdinhas que so vendo! Nessa mesma época do ano passado, o vento brincava mais intensamente com as folhas ressecadas que se juntavam aos montes pelo chão. Dessa vez o inverno passou a perna no outono e chegou antes, deixando os dias mais gelados e amenizando as cores amareladas e envelhecidas da minha estação preferida. Não tem jeito, é preciso se conformar. E a melhor maneira de se despedir do sol é permitir que ele te toque enquanto ainda tem forças. Por isso eu reuni os amigos no parque para um piquenique - o ultimo do ano com toda certeza.

O piquenique é uma atividade super importante dentro da cultura francesa. Alias, os franceses passam muito tempo fora de casa. Em cidades grandes como Lyon e Paris é mais facil perceber isso. Como os apartamentos são muito pequenos, qualquer motivo é desculpa para descer as escadas e mudar de ambiente. Francês adora ler na biblioteca, tomar café no café da esquina, praticar esportes nas areas construidas pela prefeitura. Os espaços publicos são uma extensão de suas residências, principalmente para os parisienses. Quando você estiver passeando por Paris, entre em um café e repare na quantidade de pessoas lendo tranquilamente ou navegando na internet, sem pressa alguma de se levantar.

Uma amiga francesa vai à biblioteca todas as tardes para estudar ou simplesmente para ler um livro, principalmente no inverno. Não so pelo ambiente propicio à leitura, mas também para evitar gastos com os aquecedores na casa dela - ja que essa é uma despesa bastante alta por aqui. Não sei se por ser brasileira ou por ser preguiçosa mesmo, eu acabo ficando em casa quando não tenho nada para fazer na rua. Ainda não tenho coragem de me vestir e enfrentar a neve so para roubar aquecimento alheio. Mas o habito de aproveitar os parques durante o verão, eu ja adquiri!

No começo da primavera, quando o frio começa a ir embora, os parques ficam lotados. Digo, sem exagero, que é dificil encontrar espaço para estender uma tolha, deitar e ler um livro. Em todos os bairros de Lyon existem pequenos parques, onde os pais levam as crianças para brincar. Não é nada comum por aqui que os prédios tenham areas de lazer como temos no Brasil (com piscinas, quadras, salões de festas, academias, brinquedoteca...), por isso os parques são como os jardins dos franceses. A melhor maneira de curti-los, é fazendo piquenique.

Dizem que a pratica começou depois da Revolução Francesa, quando os parques e florestas que cercavam os castelos reais foram abertos ao publico. Hoje ela é tão comum, que inventaram até o verbo piquiniquer. Franceses ricos piquinicam, franceses de classe média piquinicam, e claro, os pobres também. Bastam pequenas porções de comida para dividir com os amigos, queijos, vinhos, pães, uma grande toalha e disposição para ficar horas sentado no chão.


Quadro "Le Déjeuner sur l'herbe" (Almoço sobre a relva), de Claud Monet, que mostra um piquenique tipico burguês do século XIX.

22 comentários:

Leonardo disse...

Q inveja amor!

E pensar que eu estava preso numa sala de aula nessa que deve ter sido a ultima tarde de sol deste ano... :(

Esse café-restaurant aqui da esquina de casa é um otimo exemplo de "quintal" de casa. Na hora do almoço é movimentadissmo, mas de manhã, so tem gente tomando café com jornal. Aquele velhinho do cachimbo fedido aqui do prédio vive la.

Bjim

disse...

Aqui em casa somos "picniqueiros" (essa eu inventei!) profissionais. No verão faziamos picnic o tempo inteiro, praticamente todos os finais de semana. Aqui em Paris (mais que Lyon, eu acho) temos que aproveitar cada dia quente e ensolarado porque sabemos que eles são raros. Na ultima quarta passei a tarde no parque com o Rafael, provavelmente foi o nosso ultimo passeio do ano por la'. Agora so' no ano que vem... ja' estou com saudades!

carlos henrique disse...

é engraçado ver o pessoal saindo do trabalho, com um vinho e um salaminho na mao hehehe indo direto fazer piquenique no parque... sempre fiz piquenique no Brasil, mas era um acontecimento, tipo almoço de domingo hehehe aqui é sempre que ta quente, o povo vai "comer fora" hehehe

mas piquenique no outono, vcs estavam bem animados mesmo hehehehehe

O parque tb é um "escritorio", varios amigos saem de casa para ir trabalhar la...

Ah, no verao tb tem os jardins tematicos. Em Villeurbanne a prefeitura pega esses "lotes vagos" (os raros que a gente ve) e transforma em jardim. Quase sempre com temas (essa ano tinha um com os 5 sentidos, era bem ludico e bonito)

bjos

CH

K∂riиє* Smith. disse...

Mas Mi, na primeira foto tem taaaanta folhinha no chão!!!
Eu adoro piqueniques, muito e aqui em Dublin o povo tem o comportamento bem parecido com o dos françolas, não choveu? todo mundo na rua!

Alessandra Mosquera disse...

Não sei se espanhol é de fazer piquenique, nunca fui a um... Acho que o povo aqui prefere ir a um restaurante, mesmo que seja desses baratos. Já ouvi falar de piquenique aqui, mas nunca fui. Curioso isso dos prédios franceses! Aqui, muitos prédios tem piscina, quadras de tênis, padel, basquete... Mesmo os prédios de vivenda protegida (mais baratos) também têm. Mas numa coisa o espanhol e o francês tem em comum: tem que aproveitar cada segundo de sol! Acho que todo europeu, né?

Mirelle Siqueira disse...

Não Karine, tem umas folhas so! Se você olhar as arvores la no fundo, elas ainda estao verdes, quando ja deveriam estar marrons ou completamente peladas! O outono ta fraco esse ano!!!

Pois é Alessandra, acho que o brasileiro é mais parecido com o espanhol em muitos aspectos. Os franceses realmente prezam pelas areas publicas. Olha, so vi uma vez um prédio com uma piscina, e so! Nada além!!!

Caique, ontem fez um dia lindo, vai? Merecia uma tarde de despedida no parque! Foi taaaao bom! E sobre os piqueniques no Brasil, eu fazia com a familia quando era pequena, la no Parque do Sabia ou na beira do Rio das Velhas, hahaha! Mas nunca um amigo falou: vaos fazer piquenique sabado a tarde? Dommage!

Amor, é vero né? Faltou você!

Dé, acho mesmo que em Paris essa onda é ainda maior, pq os apartamentos são menores que em Lyon. Tudo para fugir de casa ne? Agora so la pra maio né? Que Deus nos proteja! hehehe


beijocas!

Rose Araujo disse...

Fantástico!
Adorei o post!

bjos
:)

Mr. Lemos disse...

Adoro essa farofa que as pessoas fazem nos parques por aqui. Infelizmente eu mesmo nunca fiz. No máximo, já sentei no parque algumas vezes com meu parceiro Thiaguinho - sem toalha e sem comida -, porém com algumas latas de cerveja bem gelada.
ps: esse chinês pilantra roubou seu sol e deixou metade do seu rostinho lindo na sombra
ps2: o que vcs comeram??
ps3: bjo

Tati Pastorello disse...

Mirelle, seu texto me fez pensar no quanto não valorizamos o que temos quando ele não nos falta, não é? Sabe que fazemos piquenique aqui? Aqui onde? Aqui, na sala do meu apartamento! Estendemos um lençol no chão, preparamos os quitutes, suco... sentamos, comemos, conversamos... E aqui não neva (Rio de Janeiro... não dá nem para dizer que tem inverno... hehehe). A gente também gosta de frequentar 2 bosques que temos aqui perto, mas não com a frequência que merecia. Seu texto está lindo!
Beijos.

Sue Ellen disse...

Mirelle! Que post lindo!! Me deu um apertinho no coração, porque a coisa que eu mais gostava de fazer em Paris era o piquenique! Quase todos os dias.. e eu simplesmente amei esse hábito! (até fiz um no meu aniversário, aqui no Brasil mesmo haha)
O sol está aqui e talvez por estar sempre, esquecemos dele e nos enfiamos em shoppings.. ah se o brasileiro soubesse que falta faz o sol quando não o temos!

beijos!

Mirelle Siqueira disse...

irmão, eu to CHO-CA-DA! Como assim, você nunca fez um piquenique na Irlanda???? Ahhh não irmão! Justo vc que adora comer? Até o Léo se assustou aqui e me perguntou: "Ué, não foi com o Ernani que vc aprendeu a gostar de ir pro parque ficar na grama sem fazer nada?". Se joga no piquenique irmão!!!! Bom, nos comemos basicamente chips, porque piquenique de pobre é uma tristeza ne? Mas levamos queijo, pães, croissants e patês tb. Era mais um café da tarde que um almoço. E sim, o china é um fdp, tampou o meu sol!rs

Adorei a historia de fazer piquenique in door Tati! Vou experimentar durante o inverno, mas sem o sol me parece tãaaa sem graça, não?

Rose, beijocas pra você!

Oi Sue Ellen, você tem toda razão. Quando lembro que passava todos os meus fins de semana dentro de shopping, eu me revolto! Mas não sei se no Brasil eu teria coragem de ir abrindo toalha e tirando comida da mochila não. Brasileiro acha brega, diz que é farofada né? Uma bobagemmm....

beijos em todos!

Leandro Wirz disse...

Uma das coisas que mais gosto em seu blog é a descrição minuciosa e perspicaz que vc faz dos hábitos cotidianos dos franceses.
Outono também a minha estação favorita.
Hoje parece que o maldito verão chegou aqui no balneário.
Beijo pra vc, abs pro Leo.
ps.: a sua frase final, entre parênteses, foi poética.

Mr. Lemos disse...

hahahah
pois é. até eu fiquei chocado agora. eu vou bastante ao parque, pra ler ou pra correr... e até pra beber. mas nunca comi lá. isso é um absurdo!!

Dentro da Bota disse...

Otimo.... quando temos um tempinho, tambem fazemos.....
Adoro!!!!

Saluti di Roma!

Priscilla Aranha Pinheiro. disse...

Aaai, como cê tá linda! Parecendo uma boneca de tão fooofa!
Bjo grande!

Brenda Tavares disse...

Bom, eu incorporo literalmente a Baiana que ha em mim no outono - inverno, se eu puder nao saiu nunca de casa, ou melhor, de dentro dos meus edredons quentinhos!!
Mas na primavera nao ha nada mais delicioso que sentir o cheirinho das flores brotando nos parques e o quentinho do sol que esta voltando para nos!

Glenda Dimuro disse...

Oi Mirelle!
Aqui em Sevilla o pessoal tb adora se reunir nos parques! Alguns piqueniques se transformam em grandes refeições, com direito a mesa, isopor e tudo mais! Como o inverno aqui é frio, mas bastante ensolarado, os dias propicios a esse tipo de atividade não acabam! Pelo contrário, aumentam já que agora não faz tanto calor na rua! Só qdo chove que não dá, né?

Mirlene disse...

Filha,
Mais um belo post! Lembrei dos nossos piqueniques à beira dos rios de Minas Gerais e senti saudades ...
Um beijo, te amo.

Hismênia disse...

Nossa te confesso que lembrei de quando minhas irmãs faziam piquenique, mas eu era bem pititinha...
Tem pelo menos umas 3 semanas que estou tentando ir ao Parque do Sábia no domingo, que é o unico dia que estou de folga, mas até hoje não consegui...Depois que li o post me empolguei, mas aqui em Udia a chuva é quem está passando a perna na nossa primavera ensolarada...mas por outro lado, dá pra ficar debaixo de coberta..rss..Talvez no próximo domingo, se tiver de sol, eu anime estender um paninho xadrez com uma cestinha lá no parque...

Ps.: Que?? Mirelle Matias fazendo piquenique no Parque do Sábia...gracinha genteee!! Rsss..brincadeira xuxu...
Beijos!!

Tiane Quadros disse...

Olá! Estou adorando ler suas postagens! Encontrei o blog por acaso e virei fã! Abraço!

Tiane Quadros disse...

Olá!
Estou adorando ler suas postagens! Descobri o blog por acaso e virei fã! Continuarei acompanhando as novidades! Abraço!

Cris disse...

Sensacional seu post!

Adoro piquenique e confesso que milhares de vezes já fui chamada de estranha , cafona e brega aqui no meu País! Amo a França (não só a França, mas a Alemanhã, Italía, Austría eetc) e sua cultura!

Iclusive não vejo a hora de viajar por um desses países, ir a uma praça e senta-me com uns amigos e tomar um vinho,um champagne com uma pequena porção de queijo e pão.....

Ah, e adoro sair para jantar "fora"também.....cada um com seu charme.....não podemos comparar..❤❤❤

abraço

Cris

Leia também:

Related Posts with Thumbnails