sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O que os franceses comem no natal?

Natal é natal. Aqui, ai, não importa. Existindo Papai Noel, é sempre a mesma coisa. Os franceses também decoram as suas casas, também montam a arvore e claro, também trocam presentes. Mas existem diferenças. Por essas bandas o povo não conhece, por exemplo, o tal do amigo secreto. Da um certo trabalho fazê-los entender a logica da coisa, mas, passado o susto, a maioria se interessa pela ideia. As tradições francesas também têm as suas peculiaridades, como o Père Fouettard, que graças a Deus nunca deu as caras no Brasil. Digo isso porque o dito cujo é uma versão meio satânica do Papai Noel, ele visita as crianças que não se comportam bem durante o ano. Se ja é dificil ser chantageado na base do "obedeça, senão o Papai Noel não traz presente", imagine o que passam as crianças francesas com o "se você continuar assim não é o Père Noël quem vem te visitar, mas sim o Père Fouettard", que traduzindo, seria algo como 'papai chicotadas'. Ui, medo! Pior que isso so o fato do tal homem do chicote ser negro, enquanto o bom velhinho é branco.


Mas falemos de comida. Se no Brasil a ceia é a parte mais importante da noite de natal, imagina aqui na França, onde comida = religião?! O principio é o mesmo: se reunir com as pessoas queridas para comer muito e, principalmente, comer bem. Com a diferença de que o jantar deles dura em média 4 ou 5 horas, enquanto no Brasil não ficamos sentados à mesa mais que 2 horas. Mas, o que comem afinal esses franceses? Eles abrem os trabalhos servindo huîtres (ostras), foie gras (figado gordo de ganso ou de pato) e escargot (caramujo) como entrada.


As personagens principais da ceia francesa geralmente são as aves, como a dinde (peru) ou o chapon (galo castrado para ficar mais gordo) recheados com marron (uma espécie chique de castanha) e acompanhados de batatas. O problema é a dificuldade de encontrar uma ave que não esteja praticamente viva. Meus amigos franceses dizem que nos brasileiros é que não sabemos comer bem porque preferimos produtos industrializados. Errados eles não estão, mas a Sadia me deixou tão mal acostumada, que eu prefiro  mesmo praticidade a comprar um peru que vem com cabeça e pena e ter que limpa-lo.


Além dos animais de criação, os franceses também comem os gibiers (animais selvagens que eles caçam para consumo proprio ou para vender), como o chevreuil (veado), o perdrix (perdiz) e o sanglier (javali). Essas são carnes exoticas, caras e, por isso, servidas apenas em eventos especiais, como o Natal.


Para encerrar a orgia gastronômica, os franceses comem muitos queijos e depois, as sobremesas. Cada familia tem uma torta preferida, mas a Büche de Noël é, sem duvidas, o doce mais tradicional. Além dos vinhos, eles também bebem muito champagne. Aquela variedade enorme de frutas que servimos na noite de Natal esta longe de existir por aqui.

Aqui em casa a ceia vai ser à brasileira, com uma pitadinha de tradição francesa. Não abro mão do nosso arroz especial, do salpicão nem da farofa, mas também não dispenso a büche e o Léo adora o foie gras. Adapta daqui, mistura de la e, pronto, acaba dando certo. Não é assim com tudo na vida? 

Joyeux Noël para todos vocês, leitores queridos, que trouxeram tantas alegrias para o meu ano de 2010! Muita paz e divirtam-se com os seus!

23 comentários:

Lívia Carolina Fabi disse...

Feliz Natal Prá vocês também aí nas terras de Napoleão! rs

Olha...
Achei tudo muito lindo e muito chique, mas gosto tanto dessa nossa ceia aqui!!! rs
Não como todos esses bichinhos... Acho que íe ficar nos queijos, vinhos e sobremesas... rsrsrs

Bjão e um Natal "iluminado"!!!

Ana Paula Bertarelli disse...

Mais uma vez, muito interessante conhecer as diferenças entre culturas.

Mas fala sério, eu não sabia se ria ou chorava, porque essa historia do Papai Noel queimadinho foi f*d@... imagine na cabeça das crianças na escola quando veem um coleguinha negro, o que elas vão pensar?! Como fica isso? É muito sério, não gostei nada disso! Mas a lenda dele ter sido um ajudandte do Papai Noel que caiu na chaminé e se queimou que é engraçado. E bizarro!

Agora matar o peru na hora pra ser "fresquinho" ainda vai, já que o coitado vai morrer mesmo, tanto faz a hora, mas as penas não precisam ir junto né?!

E uma saladinha? Não rola não? Aqui no Brasil é baratinho, verdurinhas e folhas em geral. E aí?

Acho que eu ia passar fome nessa ceia, ia ter que ficar a base de queijos, vinho e sobremesa.

Feliz Natal pra vocês aí!

Lis Alves disse...

Feliz Natal pra vocês também, que sua ceia seja perfeita.
Obrigada você por ter partilhado conosco seu dia a dia na França, que para pessoas que como eu, não podemos conhecer pessoalmente esse lindo país.
Beijos e felicidades.

regina disse...

Feliz Natal que sua festa seja linda.
bjs

Mirelle Siqueira disse...

hahahah! Livia, to contigo e não abro.Tb prefiro mil vezes a nossa ceia. Mas eh questão de costume né? Duvido que o francês que vem jantar conosco vai se interessar por farofa e salpicão, rs.

Paulinha, vc é HILARIA!Papai Noel queimadinho... hahahahahha, tadinha das crianças, que desde pequenas ja crescem fazendo diferenças entre raças. Vai ver que é por causa do papai noel queimadinho que alguns franceses crescem xenofobos.

Lis e Regina, muito obrigada!

E meninas, um FELIZ NATAL pra todas vocês! beijos

Glenda Dimuro disse...

FELIZ NATAL pra vcs ai!
Essa comida francesa boa pinta não tem... mas e o gosto? Aqui na Espanha eles comem bastante carne de cordeiro e tb peixes, moluscos e derivados de todas as espécies! Na nossa ceia brazuca (que contará com a presença de alguns espanhós abrasilerados) terá peru, salpicão, lombinho assado, bacalhau, farofa, couscous...hahaha...uma mistureba de coisas. Haja estômago! :)

Laura disse...

Oi Mirelle,

Adorei este post! Guria, aonde tu adquiriste toda essa informação? Estou ha 4 anos na França e não conhecia o Père Fouettard, nem o que era exatamente o chapon (apesar de ja ter comido).

Eu gosto da celebração daqui, adoro escargots, foie gras, mas as huîtres eu passo a vez. Mas nada como um bom champagne e um vinho para brindar nessas festas! Qto à ceia, acho que a brasileira e a francesa se equivalem, nem uma nem outra é melhor, cada uma ganha na sua categoria.

O que conta mais é a "ambiance" do Natal do Brasil que aqui não tenho. Acaba sendo uma data mais melancolica por causa da distância.

Então vamos valorizar os que estão proximos e celebrar mais um Natal que para mim significa união.

Beijos e Joyeux Noël!

Mirelle Siqueira disse...

Glenda, querida! Um FELIZ NATAL pra você e pro Paulo! Aproveitem bem a ceia, os amigos, os presentes! Sobre os sabores, não sei. A unica coisa que ja comi dessa lista foi mesmo a buche de noel, que é tipo um rocambole, delicioso!!!! O resto, ainda não tive coragem.... :S

Oi Laura! O Léo tb não conhecia o Père Fouettard e ficou morrendo de medo dele. Mas eu disse que não precisava, pq ele é um bom menino! hehhe Passar as festas de fim de ano longe da familia não é mesmo nada facil, mas divirta-se por ai e tenha uma noite linda de natal! Obrigada por vir aqui no blog e pelos comentarios que sempre faz questao de deixar. Beijos!!! Joyeux Noël!

Valéria disse...

Oi Mirelle!
Ou francesa ou brasileira, a ceia não é bem a protagonista da noite, não é mesmo? O que vale mesmo são os que estão ao nosso lado comemorando e no caso de vocês a emoção dos cumprimentos dos que estão à distancia! Todas as culturas têm suas peculiaridades até neste quesito( e principalmente?)mas esta do Père Foulletar é triste, coitadinha das crianças!
Um Feliz e Mágico Natal para vocês!

disse...

Um otimo Natal para vcs e ja' que vcs estao ai, que pelo menos seja um White Christmas! Aqui parece que a chuva vai dar uma trégua hoje. Tomara!

Beijocas e otimas festas,

Rafael Carrara disse...

Mirelle,
Feliz Natal querida1
tudo de bom!
Obrigado pelo seu blog ter sido uma das minhas inspirações esse ano!
um abraço

Leonardo disse...

Amor,

Mesa de natal pra mim tem que ter muita comida assim como foi a nossa ceia este ano, com bastante coisa gostosa. Adoro esta fartura.

Adorei o nosso natal: comida boa, gente boa, decoração impecavel, uma linda arvore, neve, presentes e é claro, você, que continua sendo sempre o meu melhor presente.

Te amo

Feliz natal pra todo mundo!!!!

Ps: Ainda não foi este ano que o Père Fouettard apareceu por estas bandas! Rs

Camila disse...

Ola Mirelle,
Adoro suas estórias francesas e tô sempre de olho aqui no blog e no twitter :)
Depois desse post fiquei pensando q se eu morasse por aí eu teria q vir pra cá curtir a ceia. Aqui e td tão gostoso. Difícil abrir mão...
Feliz natal!!!
Merci pour raconter un peu de ta vie :)
Bisous

Mirelle Siqueira disse...

Valéria, vc esta certissima! Comida é detalhe, importante mesmo é estar cercada de gente querida, e isso eu tive!

Oi Dé, teve neve sim e foi lindo ( mas como te falei, ano que vem vou trocar a neve pelas chuvas de sampa!). espero que tenham comido muito por ai!

Ahh Rafael, que fofo! Eu é que agradeço por vc vir sempre aqui, obrigada! Espero que vc e sua familia tenham tido um otimo natal.

Amor, eu é que tenho que agradecer! Você é o melhor presente que eu ja recebi e se o nosso natal foi perfeito, foi graças a vc, que não mede esforços pra me agradar! Te amo!

Ai Camila, minha ceia foi incrivel mas deu tanto trabalho que ja prometemos passar a do ano que vem no Brasil, so pra fugir da cozinha, rs! De rien chérie, contar minha vida pra vcs é uma terapia deliciosa!

Muitos beijos em todos e que o espirito de natal dure por muitos e muitos dias em vocês!

Patty disse...

Oi Mi!
Adorei saber sobre a ceia francesa. Bem interessante...Acho que comeria algumas carnes e aves, mas sem dúvida, sem a "decoração" extra que elas vem, rs.
A do Papai Noel foi demais. Meu sobrinho precisa saber disso...Ele anda aprontando muito...rs. Mentira, amo aquele pestinha e jamais faria isso com ele, mas que a estória é bizarra, é!
Um mega Natal e um Ano Novo repleto de muitas realizações, amor, paz, saúde e tudo de bom :)

Bjs

K∂riиє* Smith. disse...

Miiii, um dos meus presentes em 2010!
Que vc tenha um ano maravilhoso, que seu Natal tenha sido lindo e que o Leo descubra como foie gras é feito e que ele mude de idéia e passe a detestar isso! hahahaha

Beijo querida, sem comida esquisita, com gostinho de Peru e rabanada...

' disse...

Seguindo aqui ♥ ta lindo o blog

Juliana Yonezawa disse...

Eca, juro que eu queria passar o Natal ai, mas jamais iria ao mercado comprar a ceia!!!

E essa do papai Noel do mal::: Nunca ouvi falar. Que horror!!

Bom, please continue postando essas esquisitices interessantes por todo o ano que vem!!

Muito amor e alegria p vc e pro Leo!!

Beijao, Ju

Mirelle Siqueira disse...

Juuu, não se preocupe! A nossa ceia esse ano foi super brasileira! Tirando esse detalhe ai do peru, que dão um trabalhão pro Léo, o resto até que não foi tão dificil de encontrar. Venham no ano que vem, que a gente coloca nossos maridos pra trabalharem juntos no peru e a coisa ser amais facil, hehehe! Bom 2011 pra vcs ai!!!

Karine e Patty, muitos beijos e tudo de bom em 2011!!!

Vini Carvalho disse...

Eles tbm comem no Natal o 'boudin'. Tem o branco e o preto (sangue de porco).
Junto com o boudin comem tipo uma salada de maças.. Eh gostoso.
:)

Luciene disse...

Muito legal o texto.
Aki na França, nesse natal eu comi carne de avestruz. E no outro, comi javali... rs e claro, sempre tinha o frois gras.

Os 3 reis e o Saint Nicolas, parece q eram mais populares q o Papai Noel pela europa. Vc sabe a historia? Nao sei muito.

bjim

Mr. Lemos disse...

huahuahuhuahuaa. Não sei do que gostei mais... se foi da peruca no frango ou do papai noel preto... huahuahuhuauahahauha

Livia Luzete disse...

Como é bom acompanhar um blog de uma brasileira que está morando na França. Já tô sabendo, se um dia eu for convidada para passar o natal em casa tipicamente francesa...não vou!Imagina eu? uma ovo-lacto-vegetariana??? OK, tem os queijos,mas ver um tanto de bicho morto na mesa...argh!!!...rsrsrsr

Leia também:

Related Posts with Thumbnails