domingo, 2 de outubro de 2011

Parrainage

Em que momento da vida os estudantes de Sciences Po. se tornam  pessoas sérias eu não sei, mas na universidade não é. Tô pra ver gente mais festeira! O fato de Lyon ser uma cidade cheia de faculdades e instituições de ensino e, consequentemente, cheia de jovens, também não contribui muito para que os estudos venham em primeiro lugar. Tem festa todos os dias. E quando eu digo todos os dias eu não estou exagerando, tem festa todos os dias mesmo!

Eu tinha medo de ser completamente ignorada pelos franceses. A estranha que aparece no 4° ano querendo entrar em grupos de trabalho ja fechados, a estrangeira, 10 anos mais velha que o resto da turma, que almoça sozinha entre uma aula e outra. Então imagine como foi agradavel descobrir, logo no primeiro dia, que havia mais de 200 estrangeiros estudando ali. Duzentos passarinhos fora do ninho, assim como eu. Sem falar que os alunos franceses têm muito interesse em se relacionar com a gente, ja que todos eles são obrigados a fazer o 3° ano no exterior (em uma das dezenas de universidades conveniadas que mandam seus estudantes pra ca).

Uma das primeiras festas foi justamente para integrar melhor os alunos veteranos com os que acabavam de chegar, incluindo os estrangeiros. O convite me deixou apreensiva: "Venha com o seu melhor sapato". Eu esqueci completamente da mensagem misteriosa, apareci com uma sandalia velha e logo nos primeiros 5 minutos ja me arrependi de estar ali. Cada aluno deveria tirar um pé do sapato e coloca-lo junto à pilha que se formava no patio da universidade. Não tinha dia pior para eu ter calçado o unico sapato que me da chulé.
 Calouro paga cada mico, não?

Os veteranos se aproximavam da pilha de sapatos e pegavam um pé cada um. Tipo Cinderela, sabe? Logico que os meninos iam direto nos saltos mais altos, nos sapatos de boneca. As meninas so pegavam os tênis. E a minha sandalia (simplesinha, sem gracinha) foi ficando por la... 

 Franceses, não jugueis pelas aparências!

Até que um garoto teve a coragem de pegar aquela coisa fedorenta e, assim, me apadrinhar. Etienne, 20 anos, foi o meu primeiro padrinho francês na Sciences Po. Na teoria, cada "padrinho/madrinha" se coloca à disposição para ajudar os que acabam de chegar com duvidas sobre a cidade ou a escola. Na pratica é ainda mais divertido, eles se encarregam também de te enturmar. "Tô aqui pro que você precisar! Vou te dar meu telefone e se você quiser saber qual o melhor buteco da cidade, é so me ligar", me disse o fofo do Etienne. Saimos de la e fomos beber (agua, no meu caso, ja que eu sou velha).

Meu segundo padrinho eu conheci em uma outra festa, organizada por uma associação de estudantes da universidade. Colocaram em uma lista os nomes e nacionalidades de todos os estrangeiros para que os franceses escolhessem quem "apadrinhar". O aluno que esta querendo ir para a China no 3° ano acaba escolhendo um aluno chinês, assim eles  podem trocar figurinhas. Quem me escolheu foi o Diego, um francês que acabou de fazer o seu intercâmbio em Aracaju. Depois da reunião onde cada estrangeiro conheceu o seu padrinho, seguimos para festinhas particulares em apartamentos espalhados por toda a cidade. Otima oportunidade para conhecer gente nova e praticar o francês. Mais tarde, nos reencontramos todos em uma boate, onde esse blablabla de nacionalidade acaba virando um mero detalhe. Não sei nem que horas eram quando saimos de la, mas era tarde, muito tarde. 

Eu também tenho carinha de 20 anos, não?

Padrinhos cachaceiros e festas todas as noites, eu não sei como eles conseguem se formar.

49 comentários:

Camila Navarro disse...

Mirelle, achei bem legal a forma de escolher os apadrinhados. Que bom que seu curso já começou de forma divertida. É bem melhor estudar assim! :)

Beijos!

Carina-Senzatia disse...

Entendi por que vc anda sumida do twitter... heheh Boas festas e ESTUDOS! Beijocas!

Glenda Di Muro disse...

hahaha...isso me lembra os tempos em que eu dividia apartamento com erasmus. Festinha todo o dia... Mas hoje em dia sou velha, não aguento o pique não! Boa sorte! :P

Mirelle Siqueira disse...

hahaha, você disse a palavra chave, Glenda! ERASMUS! São eles os responsaveis pela bagunça toda! (eu tb não tenho pique não, apareço em uma festinha ou outra e por isso ja ganhei o apelido de "mamãe").

Beijos, meninas! :)

Miller Manteiga. disse...

Sem puxassaquismo, mas nessa última foto estou te achando com mais cara de menina que o normal.
Hahahaha, muito bacana a sua história Mi, sério.
Boa sorte sempre com essa nova fase e ah, pare de se rotular velha, por favor!!!
Beijo :)

elizabeh guttler disse...

mirelle adorei tudo que voce contou acho que lyon, e seus estudantes, e a melhor cidade da frança para morar se o que voce quer e estudar eu acho minha filha esta passando o dia do aniversario em hong kong deve voltar amanha estou com muitas saudades sabe mirelle vai ter um concurso para o bndes aqui na area de comunicaçao ja esta marcada a prova em novembro bom tomara que todos os dias da universidade sejam assim cheios de risadas de alegrias de festas e assim que me lembro da minha ufrj de letras em 1975 1976 1977 depois eu sai e acabei nao me formando mas os amigos eu tenho ate hoje beijos mirelle aproveita essa epoc maravilhosa

Mirelle Siqueira disse...

Mas não sou eu, Miller! São eles que me chama de velha! Nas festinhas eles separam cadeiras e colocam avisos que o assento é pros velhos de mais de 30 anos, são todos muito malvados comigo! heheheh

Oi Beth! Nada mal comemorar aniversario em Hong Kong hein? Pode deixar que vou aproveitar muito essa época boa de estudos sim! E venha logo pra Lyon visitar a sua filhota e assim a gente se conhece! :)

Bjim!

Karol Nascimento disse...

Parece uma jovem de 18!!! Beijos

Lane Victor disse...

Mirelle, boa noite!
Estou indo morar em Lyon e achei o seu blog, adorei!
Vou passar 3 anos aí e pretendo estudar moda na Esmod, vc conhece algum brasileiro estudando por lá? Gostaria de algumas informações pra dar os primeiros passos..
bjs!

Mirelle Siqueira disse...

Ah, Karol, vc é uma fofa! ;)

Oi Lane, eu conheço uma brasileira que estudou la mas ja voltou pro Brasil e gostava bastante das aulas. Vou ver com ela se posso passar o email dela pra vc. Depois volto a escrever (se puder, me mande o seu email por favor: mirellesiqueira@hotmail.com)

bjo!

Mirelle Siqueira disse...

Opa, ela ja topou passar o email, Lane. Mas nao quero publica-lo aqui, entao me escreve que eu te passo, ok?

;)

Natasha Ulmer disse...

Nossa, que show de bola essa sessao de "boas-vindas" para os estudantes novos!

Eu nao tive isso no meu mestrado nao, era a unica estrangeira, mais velha, a querer me integrar em grupinhos de trabalho ja fechados (exatamente como vc falou!). Foi complicado, queria chorar na primeira semana e fugir, mas acabei ficando e arrangei minhas amiguinhas, mas nunca tive padrinho nao, snifffff!

O povo dai parece bem animado, me lembra as universidades americanas que tb fazem essas "introduçoes" aos novos membros!

Curta bastante! Qdo Gustavo chegou na França ficou hospedado numa residencia universitaria enquanto procuravamos apt e tinha um monte de gente do Erasmus, o povo tava em festa o tempo todo, até no corredor, principalmente os espanhois! Foi muito legal reviver essa época de juventude que a gente ja tinha passado alguns anos atras.

Como estao sendo as aulas?

Natasha Ulmer disse...

* arranjei (ops!)

Patrícia disse...

Pra mim você parece uma das mais(se não a mais) novinhas na foto. Boa sorte com o curso!

PS: este pessoal está tirando "o pé da lama", estudou tanto para entrar no curso e agora querem tirar o atraso das festas? como podem tirar nota assim?

Juliana Yonezawa disse...

Adorei o jeito que os padrinhos usaram pra escolher os bixos heheh

Estude e divirta-se muito no curso. Um ano vai passar rapidinho... e sim, vc tem cara de 20 anos :)

Beijao, Ju

Fabiane disse...

Que bacana!
Bem, querendo ou não, essa nova rotina vai te rejuvenescer com a galera aí.

=*

Mirelle Siqueira disse...

No meu grupo os mais animados sao os italianos, Nat. São a maioria e os que falam mais alto,hehehe. Eu tenho dado muita sorte mesmo com as pessoas que conheço. Tirando aquelas brasileiras toscas que eu conheci no primeiro curso que fiz em Lyon, o resto é demais! ;) E as aulas estão otimas, puxadas, longas, mas otimas!

Ah, Patricia, obrigada! Eh verdade que todo mundo fica surpreso quando eu digo que tenho 31, mas é so reparar bem de perto nos meus pés de galinha que logo eu convenço sem precisar mostrar a identidade, rs.

Viu que criativos esses franceses, Ju? Pode deixar que eu to aproveitando sim. Muito! :)

Pô, Fabiane! Me senti velha agora, daquelas que precisam de formulas para rejuvenescer... rs.

Beijocas, meninas!

Patty disse...

Hahhahaha, achei interessante e um tanto quanto engraçado.
E vc nem é velha, para! Mas ei de confessar que sua carinha na foto, tá parecendo uma jovem de apenas 17 anos, sem brincadeira. Tá muito fofinha! rs

Seja bastante feliz nessa escolha, boa sorte e, muitas festas e cachaças! Se o Léo deixar, é claro! hehehe

Bjos :)

Patty disse...

Ah, esqueci de falar que estou anciosa pelo encontro dos leitores do blog em Dezembro aqui em SP! Qdo puder, avise-nos!

Bjim.

Patricia disse...

Ah, Mirelle, vi seu comentario no "escreva Lola escreva", esses seus colegas festeiros que se cuidem porque voce jah estah mostrando a que veio. Orgulho de voce por estar sempre procurando se desenvolver, parabens!

Mirlene disse...

Filha,
Curtir status de caloura duas vezes somente você!!! Muita sorte com seus novos amigos e nova vida de estudante! Adorei o post!
Beijo, te amo. Ah, consegui hoje o seu livro...

Poliana disse...

Sucesso na sua nova etapa, Mirelle! E, com certeza, vc parece ter a mesma idade - ou mesmo ser mais jovem - que os seus colegas biriteiros, rsrs...

Mirelle Siqueira disse...

Obrigada, Patty, mas vc é suspeita, vive sendo carinhosa comigo! Pode deixar que eu vou fazer um post convocando todo mundo pro encontro em SP assim que chegar mais perto da data! Vc vai estar la, né?

Pois é, Patricia, eu sou meio desbocada mesmo. Preguiça de ver esse povo mentindo assim em plena sala de aula. Gastei todo o meu francês pra desmentir o professor, rs.

Viu so, mãe? Essa historia toda de querer voltar a estudar era so pra voltar pra fica de caloura. Ainda mais eu, né? Que adoro bebida, balada, bagunça.... ha!

Obrigada, Poliana!Preciso dizer que escrever no blog é uma delicia, ficam todos os meus novos colegas me zoando por causa da idade e vcs aparecem aqui pra levar o meu moral!

Merci merci merci! ehehehheh

Anônimo disse...

KKKK, estou rindo até agora.

Vc falando do seu sapatinho que dá chulé... putz, já passei por coisa parecida e é por causa disso que hoje não uso de jeito nenhum sandálias de "prástico".

Mas fiquei curiosa pra saber o que o seu marido tá achando desta onda festeira que vc está entrando. Ele nem se pronunciou aqui.

PS: "Sempre te li e sempre te amei". Adoro seus posts e só hoje tive vontade de me apresentar.

Bj

Cida

elizabeth guttler disse...

E A CIDADE MARAVILHOSA FICA COMO NESSE ENCONTRO TEM MUITO CARIOCA AQUI TB BEIJOS BETH

Mr. Lemos disse...

Caraaaaalhoooo, que coisa sensacional!! Quanta gente eu já apadrinhei sem saber. Quer dizer, se levar pro boteco é apadrinhar.... hehehe. Bom te ver feliz, irmã!
bjoca

Mirelle Siqueira disse...

Ihhhhh, Cida, mas aqui em casa não tem essas frescuras não! Cada um vai onde quer, quantas vezes quiser. Apesar de fazermos quase tudo juntos porque adoramos a companhia um do outro, tb viajamos sozinhos, saimos sozinhos... O Leo tb esta estudando, faz um MBA, entao sai com os colegas de classe dele e eu nao vou. Mas, na verdade, o Léo ja ficou amigo dos meus amigos, entao ja faz parte da turma e vira e mexe ta junto da gente! :)

PS: Adorei que vc se apresentou! :) Escreva mais!!!

Irmão, se até eu vc fez beber, imagina o que não faz com o resto ne? vc é mestre na arte, precisa dar aula pra molecada francesa que esta descobrindo o alcool agora.

Bjim!

Fernanda Senna disse...

Que engraçado, um francês que fez intercâmbio aqui na minha cidade, Aracaju/SE, tão desconhecida, inclusive, pros brasileiros. ;)

Isabela disse...

Mirelle vou dizer que demorei para reconhecer vc na foto hein. Ficou muito novinha mesmo.

Mirelle Siqueira disse...

Eh que a minha faculdade tem convenio com a universidade dai e do Rio, entao sao as opçoes dos alunos no Brasil. Conheci 2 franceses que foram no ano passado pra Aracaju e AMARAM! E no meu grupo daqui tem 2 brasileiros que vêm dai, eles sao gente bonissima, Fernanda!

Oi Isabela! Eu sou a de verde ali no canto e cara de pamonha! :)

Bjos!

Miller Manteiga. disse...

Ah, vou fazer um comentário ''inconveniente'', mas eu jamais pensei que você uma mulher com carinha de menina, toda fofa e meiga tivesse chulé :/
Hehehehehe, brincadeira Mi.
Bjo!

Leonardo disse...

Amor,

Desde que fiz o meu intercâmbio em 2002 que eu penso da mesma forma: o ERASMUS é muito mais um intercambio cutural que universitario. Eh claro que muitos vão estudar e levar a sério e tal, mas TODOS vão festar o ano inteiro.

E, mais uma vez, vc deu muita sorte com essa sua nova turma. Na minha época nos eramos 60 brasileiros no Insa, o que era bom pra se sentir menos perdido, mas a gente acabava perdendo toda essa troca cultural por ficarmos na nossa zona de conforto andando so com brasileiros.

Sera que vc vai ter pique de aguentar as festas até o final do ano escolar?

Bjim

PS: Vc ta mesmo parecendo uma menininha na foto. Ta linda!

Rosely disse...

Estudo, festas, encontros... E então reforço a torcida com a galera do RJ que tb segue o BLOG. E então? E parabéns por todo esse sucesso na sua inserção no curso. Vai fundo....

Rosely disse...

A proposta é um encontro com os seguidores do BLOG que são do RJ.

Mirelle Siqueira disse...

Pô, Miller! Tenho chulé (mas co quando uso essa sandalia de couro fedida), faço cocô, tenho mau habito quando acordo, enfim, como todos os mortais! heheheh

Vc ja sabe que eu tp pedindo arrego ne, amor? Hj mesmo ja teve festinha e eu to aqui no nosso sofa.... VELHA!

Oi Rosely! Tô querendo uma reuniãozinha no Rio tb, mas nao sei se tenho leitores suficientes pra organizar isso por ai. Sera que tenho? O problema tb é que vou estar ai no Reveillon, entao a galera deve estar viajando, nao? Vc vai estar por ai? Vou escrever um post disso mais perto da viagem e ver a reação do pessoal, dai decido. Mas eu adoraria conhecer os leitores cariocas do bloguinho!

Beijos

elizabeth guttler disse...

oba

Nita disse...

Conhecer alguém aqui e ali…

Um beijo da Nita.
De boa noite!

Ju disse...

Adorei o site!!!
Adorei tbm sua bota do post de Budapeste!!! :-P
Pode contar aonde comprou??? :-) Pensando bem, vc poderia fazer a ficha do seu look sempre!!! #ficaadica

Alice disse...

Comecei frances !nos states,e estou adorando!Quero muito conhecer ;D
Quem sabe !! ;D
Aqui tbm nao e muito diferente nao,e festas e festas pelo que me falaram.

Dorota disse...

Sou nova no seu blog, Mirelle. Não lembro bem como o descobri, só sei que gostei muito. Demorei só três dias pra ler tudo (tudo mesmo).
Você é incrivelmente criativa e linda haha, até me emocionei quando li os posts sobre seu casamento (aquele com o texto do seu irmão então, quase me engasguei). Enfim, que você seja muito feliz aí em Lyon e em qualquer outro lugar que você estiver. (:

Patty disse...

Oi Mi!
Sou carinhosa só com pessoas que eu gosto, senão não mostro os dentes não, hehehehe.
Claro que estarei lá! Não vejo a hora!!!

Mudando de assunto, tô sentindo saudades de posts novos. Manda um aí, vai?!

Bjos!

Ingrid disse...

Ande vai ser o encontro do RJ? OKOKPSKOSKo

Amei esse post!

elizabeth guttler disse...

oi mirelle voce deve estar estudando muito e isso e muito bom. minha filha foi para tailandia ontem e volta em dez dias. eu hoje marquei uma passagem de milhas para o riode janeiro em novembro acho que ela vem aqui para onatal mas tudo pode mudar um beijo mirelle elizabeth guttler

Ana Veloso disse...

Oi, Mirelle! Parabéns pelo blog, é uma delícia de ler. Acabei de descobri-lo e este post me lembrou muito da minha época da faculdade em Dijon. Agora casei e estou morando aqui de vez! É verdade que a gente acaba sempre se enturmando mais com os estudantes estrangeiros, é normal pq eles também estã mais abertos pra se enturmar. Aqui até no trabalho todos os amigos que fiz vêm de fora (não necessariamente de fora da França, mas de fora da cidade).
Beijos e bons estudos pra vc!

Anônimo disse...

Oi, Mirelle!

Desculpe te fazer uma pergunta técnica!

É que eu sigo seu blog há meses e não só acho o conteúdo muito interessante e excelente, como também gosto muito do design e da organização do mesmo.

Agora estou criando um blog educacional para uma escola, mas estou tendo problemas com os comentários.

Também estou utilizando o Blogger, mas no meu caso para a pessoa deixar um comentário é preciso que tenha uma conta no Google.

Vi no seu que isso não é preciso, a pessoa pode deixar um comentário como anônima ou deixando uma URL.

Como posso alterar as configurações para que todos possam enviar comentários, afinal há muitas pessoas, como eu, que não possuem contas do Google.

Será que você pode me ajudar?

Meu e-mail é secretaria@hortoescola.com.br
Muito obrigada,
Priscila

Mirelle Siqueira disse...

Oi Priscila,

Vai la em cima no canto direito da tela, tem a opção de clicar em design, depois clica em configurações, depois em comentarios, depois escolha a opção "qualquer um pode comentar" na segunda pergunta e depois salve as configurações. bom, pelo menos pra mim é assim, espero que dê certo.

boa sorte!

Anônimo disse...

Muuuuuuuuuuuuito obrigada!!! :) :) :)
Deu certo sim!
Priscila

Inaie disse...

Eu fico me lembrando das festas de "bixo"da minha epoca.

Tudo o que a gente queria e que viesse o proximo ano, pra poder judiar da turma nova!

Nasce um novo amor... Enzo! disse...

Mirelle, saudades dos seus textos!
Adorei esse!
Sobre "justo aquele sapato que dá chulé", já aconteceu comigo tb, em outro contexto, lógico... Maldita Lei de Murphy! rs
Qdo puder, nos presenteie com outros textos!
Beijo
Samira


Ah... Enzo está cada dia mais lindo... querendo, dê uma olhada www.abelesamira.blogspot.com

Leia também:

Related Posts with Thumbnails