terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Flanando no inverno de Paris

"Errar é humano, flanar é parisiense", escreveu Victor Hugo no seu famoso romance "Os miseraveis". Ele tinha razão, Paris não é uma cidade para conhecer com mapa na mão e roteiro no bolso. Quem vai pela primeira vez deve sim listar os principais pontos turisticos, mas também deve se recusar a ir de um lugar a outro seguindo caminhos pré-estabelecidos. Eu sei, a gente se sente mais seguro, mas alguns lugares precisam ser desvendados no ritmo de quem os visita, e Paris é assim.


Flanar: caminhar sem rumo, sem objetivo e sem pressa. Não saber aonde vai dar. Eu ja contei que é com esse espirito que eu faço as minhas viagens, mas so em Paris eu consigo flanar sem peso algum na consciência - talvez pela certeza de que todas as ruas vão me levar a um lugar bonito. Nunca fico com aquela sensação de estar deixando de ver algo importante, ao contrario, me sinto feliz de, pelo simples fato de não ter me programado, descobrir cantinhos novos toda vez que visito a cidade. Sem falar nas pessoas bacanas em quem a gente esbarra pelo caminho.


A maior expectativa é dar de cara com a torre, como a gente não se programa para vê-la, fica sempre no ar a questão: Em que momento ela vai aparecer? Dai o Léo, com ar despretensioso, diz: "Amor, olha pra sua direita" e BUM!, ela surge, linda e enorme, arrancando o meu fôlego. Todo-ano-a-mesma-historia. Cada vez de um lugar diferente.


A escapada desse começo do mês foi para encontrar a minha mãe, que veio nos visitar. Foi o fim de semana mais frio do ano (onze graus negativos) e foi a primeira vez que vi Paris branquinha, coberta de neve. 


A unica pesquisa feita para essa viagem foi sobre chocolates quentes, porque eu sabia que eles seriam necessarios depois de flanar sob temperaturas tão baixas. No sabado estivemos na tradicional Ladurée para experimentar o chocolate quente com gostinho de amêndoas da casa. Eu sou muito chata com chocolate quente porque não bebo leite, então chocolate quente bom pra mim é aquele que parece Danette, bem espesso - coisa rara de se ver. Mas o da Ladurée é exatamente assim.


No domingo decidimos enfrentar a enorme fila da Angelina para provar o que todos os sites franceses dizem ser o melhor chocolate quente de Paris. A fila é grande, mas anda rapido (20 minutos de espera, mais ou menos - não desanime!). O estilo é o mesmo do Ladurée, so que sem o gostinho de amêndoas. Aprovadissimo! 


Mas chocolate quente sozinho não faz milagre, para esquentar o corpo fizemos também longas pausas em restaurantes e realizamos um sonho antigo de mãe e filha, que era entrar juntas no Louvre. 

Explicando os detalhes do meu quadro preferido (esse ai embaixo)

Le Sacre de Napoléon, de Jacques-Louis David

Avisos: A entrada dos museus de Paris é gratuita nos primeiros domingos do mês. Aproveitar do aquecimento alheio é justo e irrepreensivel para os bravos que batem perna no inverno. Flanar em Paris é imperativo, não importa a época do ano. Bon voyage!

31 comentários:

Miller Manteiga. disse...

Paris é sempre Paris!
Como eu sou apaixonado por essa cidade, seja em qual estação, é sempre linda!!!
Beijo Mi :)

maria renata disse...

Milena, fico encantada lendo o teu blog. Tu consegues transmitir uma imensa paixão pela arte, cultura e culinária!. Adoro esse teu jeito de nos transmitir tuas vivencias. Continue assim! beijos RENATA

Leonardo disse...

Amor,

So flanando pra gente descobrir lugares, muitas vezes até obvios como aquele pequeno parque ao lado do trocadeiro, que a gente deixa de conhecer por se limitar a roteiros rigidos.

Paris sob a neve é mais linda do que eu imaginava. Não tem frio estrague a beleza dessa cidade. Eh so se cobrir bem, prever as pausas chocolate e flâner à volonté!

Ja to doido pra flanar de novo com você!

Bjim

Mr. Lemos disse...

Belo post, irmã! Tava sentindo falta de te ler. Não fazia ideia de que vc não toma leite! Nós somos mamíferos!!! Ninguém te explicou isso, não??? ;P bjoca

Anônimo disse...

Mirelle, parabéns pelo blog, estou adorando, voce é ótima! Adorei as fotos de Paris com neve, e a estoria do chocolate quente esta perfeita, eu tambem nao sou chegada em tomar chocolate quente e leite assim como voce. Isso quer dizer que tenho que ir sem falta nesses lugares, super obrigada pelas dicas! Ah e parabens pelo lindo casamento, que Deus abençoe sempre o amor de voces! E Mirelle quando voces vierem a Viena me avise por favor, quem sabe tomamos um café juntas!
Bjs Monica!

Nathalia disse...

Suas fotos e textos me enchem de vontade de morar na Europa!

Parabéns mais uma vez! Acompanho sempre! O seu é de longe o melhor blog!

Beijos

Carla Conatti disse...

Mirelle,
Adorei os seus comentários sobre Paris, quem sabe um dia possa flanar em Paris.
Vê se me escreve no meu email, tenho tantas coisa para te contar. Mas de vc já sei tudo, nada melhor que um blog.
Bjs
Carla

Carla Conatti disse...

Acredito que não seja apenas sonho seu jantar no Louvre....
Deve ser o de várias pessoas.
Bjs.
Aqui estamos no feriado de carnaval, nada melho do que 4 dias em casa, para flanar na internet, já que não temos Paris ao nosso redor.
Bjs

Mirelle Siqueira disse...

Oi Mônica! Viena esta nos nossos planos, pisaremos por ai em breve! Quem sabe tomamos um café? Ou melhor, um chocolate quente bem espesso que não seja aquele leite ralo com nescau que o povo insiste em dizer que é chocolate quente so porque esquentou a bebida no microondas? rs

Como assim você não sabia que eu não tomo leite, irmão? Acha que eu fiquei bebendo cha na sua casa pq eu sou como a Rainha, é? Tomo iogurte, sorvete, e até Todinho, mas leite eu nunca tomei desde que parei de mamar no peito. Engraçado, né? So o cheiro me faz passar mal, vai entender... (ps: eu tinha certeza que vc ia zoar a foto com os chineses!)

Oi Carla! Claro que te escrevo, tô adorando vc ter me reencontrado depois de tanto tempo! Me da o seu email, ou então escreve pro meu: mirellesiqueira@hotmail.com :)

Ah, eu tb sou doida por Paris, Miller! Como não ser, né? (mas, olha, passear no inverno não é pra qualquer um não e eu continuo aconselhando a vir em outras épocas, mas se não der mesmo, as pessoas precisam saber que da sim pra curtir a cidade mesmo embaixo de neve)

Nathalia e Renata, obrigada! :)

Amor, flanar em Milão a partir de amanha, ça te va? ;)

Beijos beijos em todos!

Alania Caroline disse...

E foi assim dessa forma, Mirelle, que vc descreveu, que eu conheci Paris. Foi apenas um dia! Eu juro q quando meu amigo estacionou o carro em frente ao arco do Triufo, um lagrimazinha meio congelada escorreu... Pois desde de criança eu repetia pra Deus e o mundo: Ainda vou lá! E fui.

Fui sem planejamento, estava na Bélgica e a mãe de meu amigo me disse: "Convence meu filho e vão à Paris." Bendito conselho!

E flanamos pelos lugares conhecidos e pelos lugares que eu não sabia que existia. Nesses pensei comigo mesma surpresa: Deja vu.

Paris... Ainda volto lá.

Concordo com tudo o que escreveu. Grande Abraço.

Sue Ellen disse...

Que saudades de flanar por Paris!

ira disse...

<3

Miller Manteiga. disse...

Oi Mi, mas olha, eu fui duas vezes à Paris e as duas no verão. Não aconselho. A cidade fica completamente lotada, minha avó passou mal depois de quase 2h na fila pra subir na Torre tadinha. Mas volto a dizer, essa cidade é incrível e encantadora à qualquer época!
Beijão querida.

Miller Manteiga. disse...

Mas ah, eu não aconselho a ir à Paris no verão e visitar os principais pontos turísticos, pois muitos dele você enfrenta fila e o verão em Paris é beeem quente.
Da última vez que fui, era verão, mas eu não fui pra visitar os principais pontos, fui mesmo pra descobrir outros lugares e conhecer a noite da cidade mais incrível do mundo. E pra quem gosta de baladas como eu, volta sempre!!

Milena F. disse...

Paris tem suas vantagens e inconvenientes em qualquer estação!
Mirelle, vc "flana" desta forma por aqui sem culpa pois sabe que pode voltar!!!
Agora já me conscientizei que posso fazer o mesmo em Londres, mas na minha primeira vez foi uma agonia só, o tempo passando e eu percebendo que não tinha ainda visto nada das minhas prioridades! Abçs

Anônimo disse...

Mirelle, parabéns pelo blog, acompanho ha pouco tempo, mas virei leitora aiisua!
Conheci o blog pq acabei de me mudar pra França, e adorei ler costumes e curiosidades sobre eles aqui!
Abraço

obs: Vc acompanha Top Chefe? Uma das chefs é brasileira, foi aluna na escola do Bocuse e no momento tem um restaurante aih em Lyon... o nome dela é Tabata Bonardi

Silmara

Nina disse...

Ver a torre de repente,sem esperar é mesmo mt legal, da uma sensacao mt boa. Paris é semrpe bonita de se ver, flanando entao, mt melhor. E fica linda tbm na neve. Adorei a foto de vcs com ela do lado, inesperada.

Passei somente tres dias ai, tenho que voltar pra poder flanar, sabe?

Nathalia disse...

Seus posts são mesmo demais! Não canso de ler e reler!

As dicas de viagens então, dadas em meio aos seus relatos, são extremamente gostosas de ler. Você escreve de um jeito que não cansa, e sempre deixa um gostinho de quero mais na gente!

Melhor que qualquer chocolate quente, é a maneira como você descreve estes pequenos grandes prazeres da vida! Adoro seu estilo de vida!

Anônimo disse...

Quando fui à Paris planejei visitar a torre no 3 ou 4 dia, mas logo no primeiro me deparei com ela na pura sorte! Que maravilha encontra-la no susto!

Beijos,

Aliki

Patty disse...

Mi, vc não poderia dar dicas melhores que essa!
Se é que devo ou posso conjugar o tal do "flanar", flanarei por ai em muito breve com certeza! E com os lábios lambusados desse tal de chocolate quente que já me deixou babando aqui!
Parece que já está ou esteve em Milão, não?
Nos conte mais ;)
Beijos, saudades!

Raquel M.B.G. disse...

Uau Mirelle! Também comi aquele mil folhas no Angelina (com o chocolate!), que delícia!!! Ah, e Paris é linda de branco, bem diferente de quando conheci. Abraços,

Dani Neri disse...

Paris toujours Paris..

Eu amo seu blog...leio sempre!

Bisou

Mirelle Siqueira disse...

Ainda bem que vcs foram, né Alania? Essas viagens desprogramadas acabam se tornando muitas vezes agradaveis surpresas. E se o destino é Paris, então...

Em que mês do verão vc foi, Miller? Pq cheia Paris é sempre, mas eu tb não recomendo visita-la no verão, assim como o inverno não é o periodo mais indicado. Primavera e outono são as melhores épocas pq as temperaturas não são altas nem baixas demais e as cores da cidade são as mais bonitas. No verão, além do calor insuportavél, tem tb o fato de boa parte do comérico fechar em agosto, pelo menos em Lyon é assim.

Eu te entendo, Milena, e uma das coisas que eu faço para evitar ficar com essa agonia de não estar vendo tudo é não pesquisar demais antes de viajar. Eu sei, parece idiota, mas pra mim funciona muito bem. Quando tô de viagem marcada eu leio uns blogs e descubro o que tem de mais importante na cidade, aquilo que é realmente imperdivel e paro de ler a respeito. Pq se eu fuço demais, acbo descobrindo mil roteiros e lugares imperdiveis (considerando que o imperdivel pra mim pode não ser pra vc) e depos fico me sentindo culpada por flanar. Bom, se eu não sei o que a cidade tem, não tem como sentir que tô perdendo algo, certo? Tenta!

Oi Silmara! Eu vi sim que tem uma brasileira no programa, assisti a um episodio, inclusive. Sobre o restô dela, eu conheço sim, fui la achando que, por ser de uma brasileira, encontraria Temakis como a gente come no Brasil mas fiquei um pouco decepcionada ao ver que eles são feitos da maneira e para franceses mesmo. :( Mas ela parece ser boa né? Pelo menos no episodio que eu vi ela tava mandando muito bem.

Ah, Nina, volte sim! Paris é uma daquelas cidades que precisa da nossa atençao! Uma vez nunca é suficiente.

Que fofa você, Nathalia! Obrigada! :)

Boa,Aliki! Esse é o jeito mais gostoso de encontra-la!

Ei, Patty! To toda contente de saber que em breve vc vai estar sassaricando pelas ruas de Paris!!! E, sim, estamos em Milão! Vou fazer post logo logo!

Oi Raquel! O mil folhas eu não comi, minha mãe que pediu. Ela disse que é bom, mas que é impossivel come-lo de garfo e faca, hahahah!

Obrigada, Dani!!!

Beijocas em todos!

Milena F. disse...

Eu não comi o mil folhas do Angelina, cheguei tarde e não tinha mais! Fiquei tão tristinha!!! Tenho que voltar quando terminar a minha dieta!!!

Lis Alves disse...

Lindo você e sua mãe juntinhas, muito bonita Paris coberta de neve...
Beijos.

Vanessa à Paris disse...

Adoro flanar por Paris, faço isso volta e meia e descubro lugares fantásticos.
Alias mesmo morando há praticamente 10 anos ainda descubro esses lugares.
No inicio eu tinha esse medo de não seguir a risca (falando de Paris), já hj em dia nem olho mais, vou seguindo...

Qto ao chocolate eu prefiro o do Angelina, no Ladurée eu prefiro tomar chá.

Eu adorei sua foto no meio dos asiáticos.
Se der da uma passada no meu blog.
Beijos

Anônimo disse...

Oi Mirelle

Que ótimo o post sobre Paris c neve. Li "Os Miseráveis" no curso clássico qdo estudamos mta língua e literatura francesa (como o ensino era bom!!!). Fiquei encantada c V.H. É isso mmo - flanar em Paris!... Qto ao quadro tb é meu preferido. Lindo!

Gosto mto dos seus textos e desejo q continue escrevendo.

Abçs

Patty disse...

Eba! Post! Uhu!

Elis disse...

Ah, Paris! Já é linda naturalmente, imagina na neve. Em junho ela já está no meu roteiro de viagem... Pena que não pegarei mais neve nesse período, mas tomara que consiga um céu bem limpinho e azul! hehe. Como será minha primeira viagem por aí, não sei se terei tempo de flanar (e nem sei se seria seguro) mas tenho certeza que valerá a pena. Quem sabe da próxima vez...
Bjs
Elis

Monica Lima disse...

Eu fiquei impressionada quando estava em Paris e, quando menos esperava, lá estava a Torre! É bem como você descreveu, a gente olha pro lado e lá está ela!
Paris é um charme, flanar em Paris não é nada mau. :)

Beijos

Jackie e Rômulo disse...

Ah, tb adoro esse quadro. Mas eu o chamo de Napoleão fanfarrão sambando na cara do Papa rsrs
Qd fui ao louvre tirei uma foto dessas bobocas, que eu nem curto muito, mas que nesse dia me permiti: coloquei a cabeça no lugar de Josephina rsrs
bjs,

Leia também:

Related Posts with Thumbnails