quinta-feira, 26 de abril de 2012

Viajando pela França - o Limousin

Faz mais de um ano que eu tô para terminar uma historia que eu so contei pela metade. Lembra do chambre d'hôtes charmosinho que Léo e eu escolhemos para passar o dia dos namorados no ano passado? Pois eu ja mostrei aqui no blog os castelos que encontramos antes de chegar até ele. Ficou faltando falar das três cidadezinhas por onde passamos quando voltamos para casa.


Planejamento da aposentadoria

Quando eu penso em França, é a imagem de Argentat que me vem à cabeça. Um lugar tranquilo, parado no tempo, do tipo que ainda organiza festinhas na escola aos sabados à noite. O rio que corta a cidade é o Dordogne, e eu juro que vi um homem pescando em pé bem no meio dele! As ruas são tortas e as casas possuem telhados em ardosia, uma caracteristica da região.


Como não tem muito o que fazer ali, bom mesmo é sentar à beira do rio e ficar vendo a vida passar. Depois, fazer uma caminhada pela cidade, sorrir para os velhinhos que cruzam o nosso caminho, comer um bom magret de canard e, antes de seguir viagem, visitar agências imobiliarias para saber quanto custa passar os ultimos dias das nossas vidas por la.



Mais cor ao roteiro

Collonges la Rouge é classificada nos guias como uma das cidades mais bonitas da França. O que a diferencia das outras é a sua cor vermelha. As casas, os castelos e as igrejas, tudo feito de pedras de arenito, transformam a cidade em atração turistica.


O pessoal começou a desembarcar por ali em 844. A região não fazia parte da Coroa Francesa, por isso os seus habitantes não precisavam pagar impostos nem taxas, que eram altissimas na época. A região acabou se tornando refugio para condes, oficiais e familias importantes, que foram construindo castelos para morar. Mas a cidade burguesa acabou se dando muito mal durante a Revolução Francesa, quando lugares religiosos foram destruidos e os privilégios tiveram fim.



Uma visita ao passado

Outra que tem o seu lugar garantido entre as cidades mais bonitas da França é Turenne. Ela também era um paraiso fiscal na época da monarquia. Até 1738, quando o rei Louis XV ganha Turenne como pagamento de uma divida de jogo, quem morava ali não pagava um unico tostão de imposto. Atualmente a cidade, com ruas medievais que levam até um castelo, tem apenas 796 habitantes. A vista la de cima é surpreendente, mas eu ainda prefiro o que vemos la de baixo:



Por qual caminho seguir?

Cidadezinhas encantadoras como essas do Limousin a gente encontra em toda a França, por isso vale muito a pena alugar um carro com GPS e adicionar um dia de deslocamento ao cronograma da viagem. Existem dois tipos de estradas na França: as auto-estradas, que te fazem chegar mais rapido ao seu destino final (e de quebra você vê de perto como deveriam ser as estradas no Brasil se os impostos fossem bem aplicados), e as rodovias nacionais, que nem sempre possuem pistas duplas, mas que não têm pedagio. Para ir parando nos villages ou para fotografar belas paisagens, é melhor optar pelas rodovias nacionais.

29 comentários:

Luís Coelho disse...

Cidades muito bonitas.
Parece-me muito jovens para se aposentarem agora.
Ainda podem trabalhar mais uns anos e amealhar para depois poder descansar.

Mirelle Siqueira disse...

A ideia é justamente essa, Luis! ;)

Anônimo disse...

Adoro os posts de viagem, cada lugar lindo!! Brigada por nos mostrar.
syl

Luciana Barros disse...

Mirelle, estou absolutamente encantada com essas cidadezinhas, que fotos lindas!!. Seu blog é um perigo...praticamente nos "obriga" a programar o roteiro da próxima viagem internacional. Só fiquei com uma dúvida: eu consigo percorrer o interior da França falando só inglês ou espanhol, porque o francês, minha amiga, não passa do merci! Bjs

Camila Navarro disse...

Topa ser minha guia e intérprete em uma viagem pelo interior da França? Se bem que o problema é só a língua mesmo, o roteiro a gente pode ir decidindo pelo caminho. ;)

Glenda disse...

Viajar de carro é o melhor que tem! A gente descobre cada canto mais lindo! :)

Mirelle Siqueira disse...

Obrigada por comentar, Syl.

hahaah, consegue sim, Luciana. Costuma usar a minha mãe como exemplo. O inglês dela não é perfeito e ela viaja pra cima e pra baixo sozinha. Ja foi até pra Turquia! A lingua é a menor das barreiras numa viagem, sério. Nunca deixe de ir pra canto algum por causa disso. quando é necessario, as pessoas se entendem. mas, respondendo mais diretamente a sua pergunta, é verdade que não se fala inglês no resto da França como se fala em Paris. O dono do chambre d'hôtes onde ficamos fala inglês muito bem, mas não acho que na rua o pessoal fala (mas a gente também não parou para falar com ninguém para ter certeza).

Você pegou o espirito da coisa, Camila! Claro que topo, vem pra ca!

Pois é, Glenda! Tirando Argentat, que era o nosso destino final, não programamos nada que vimos pelo caminho. Foi uma surpresa atras da outra!

bora viajar pelo interior da França, minha gente! (e quando eu digo interior, eu falo de interiorzão mesmo! esses lugares que so os franceses conhecem.)

Anônimo disse...

Cidadezinhas lindas, e ótima idéia p uma aposentadoria ( embora mto distante p vcs ). Dá p imaginar a vidinha serena e a convivência c pessoas amáveis. Acho q escolheria a primeira.
Os posts sobre Bruxelas estão ótimos c lindas fotos.
Abcs
marcia

Natasha Ulmer disse...

Gostei das cidades, uma gracinha, amei a do meio!

Queria ver vcs viajando mais de carro pelo interior da França, tem tantas cidades legais!

Nos ja fizemos algumas rotas, escolhemos uma cidade legal distante e vemos quais as que tem no caminho e sempre paramos. Mesmo que dê para ir de trem ou aviao, muitas vezes preferimos ir de carro pra poder parar e admirar cidadezinhas tipicas, ver a arquitetura que muda de acordo com a regiao francesa (as paredes e telhados sao meus favoritos), fazendinhas, florestas...

Ja fizemos de carro o sudoeste francês saindo de Lyon até Carcassone (lindo, lindo, lindo), Lyon - Paris passando pelo vale de la Loire, Bourges, Orléans e Blois (magnifico), toda a regiao Rhône Alpes. Como te falei, a nossa proxima vai ser pra Bretagne e Normadie, so estamos esperando esse tempo pourri melhorar pra acelerar!

Leonardo disse...

Amor,

Todas estas fotos e os comentarios do pessoal aqui tão me dando uma vontade louca de viajar de carro com você.

Temos que aproveitar todos estes feriados do mês de maio pra conhecer outras cidadezinhas. Q vc acha?

Te amo

PS: Tenho certeza que aquele relogio solar estava atrasado!

Mirelle Siqueira disse...

Não esta tão distante assim, não, Marcia. Essas nossas carinhas de bebês escondem a nossa idade. ;)

Você tem toda razão, Nat! Precisamos gastar um pouco mais das nossas férias para conhecer a França pq viajamos muito pra fora e acabamos deixando de lado o que tem por aqui. Esses roteiros que vc e o Gu fizeram são demais! Fiquei morrendo de vontade aqui!

Vamos, vamos, Amor! ps: Ainda bem que vc falou do relogio solar, pq eu não expliquei no texto e acho que muita gente não entendeu o que era aquilo ali, rs. bjim!

Babisenberg disse...

Lugares fantásticos esses!! Fico sonhando acordada com essas suas fotos...

Anônimo disse...

Imagino como deve ser morar nessas casinhas de boneca! Fala sério, que coisas mais fofas! E aquele banquinho de madeira suspenso, ao lado dos vazinhos de plantas? Amo! amo! amo!

Poliana

Anônimo disse...

Como assim, relógio solar atrasado? :)

Poliana

Patty disse...

De todas que visitei ate agora, me aposentaria em Galway, mas depois de ler o post, nada mal partir para um desses lugares.
Esse clima interior me fascina! Tudo parece mais perfeitinho e a sensacao 'e essa mesmo.

Amei!

Sheila disse...

Mirelle que lugares maravilhosos!! Não consigo imaginar cidades tão bonitas, nem em filmes!! Parece realmente um sonho! E essa cidade Collonges la Rouge, incrível! Parabéns pelas fotos!

Milena F. disse...

Adorei essa cidade "vermelha", que ainda não conhecia!
Viajamos muito pouco de carro, mas prefiro essas rodovias sem pedágios, que passam pelas cidadezinhas. Gosto muito do site mappy que mostra direitinho os roteiros, pedágios, tudo. Uma vez fiz um roteiro saindo de Paris até o château de Chambord, com parada em le Mans e Blois (noite ali), depois segui a até Saint-Malo na Bretagne (cidade linda!), e no dia seguinte a parada era o Mont St-Michel (maravilhoso, se vc ainda não conhece é uma visita imperdível), com uma noite ali, inesquecível. No dia seguinte o roteiro incluia as praias do desembarque dos aliados, e a noite foi em Caen, antes de voltar a Paris. Quero muito visitar o Sul da França desse jeito, incluindo sites excepcionais como as Gorges du Verdon... Ainda não vai ser nessas férias!
Abçs

Bloguinho do Enzo disse...

Que postagem linda essa... Cada lugar fofo, amei...

Mr. Lemos disse...

Ah, meu passaporte que não chega logo. Acho que vou ter muitos dias de férias esse ano, irmã. Será que vc vai poder me levar pra conhecer alguns desses lugares????
bjoca

Leonardo disse...

Acho que o relogio solar ainda não estava no horario de verão! Rs

ALVES DE MORAES, Gustavo disse...

Sei que nao tem nada a ver com o post, mas so consegui pensar em um velho comercial de televisao vendo essas fotos:

"Vc se lembra da minha voz? Nao? Mas os meus cabelos... Qta diferença!!!!!"

Mirelle Siqueira disse...

Tudo muito lindo, né, Poliana? Eu tb tive essa sensação de casinha de boneca na ultima cidade.

Patty, ja convidei a célia mas vc tb sera convidada pra vir passar uns dias na casinha que leo e eu vamos comprar la em argentat quando ja tivermos criado os filhos e ficarmos velhinhos. fechado?

Obrigada, Sheila! Eh tudo muito lindo mesmo (pessoalmente ainda mais do que nas fotos!).

Valeu pela dica do site, Milena! (vc sempre deixa boas dicas nos seus comentarios). Tb gostei muito desses roteiros que vcs fizeram e vou me inspirar neles pra montar uns pra mim. :)

Beijinho, Samira!

Sim sim sim, irmão! Vem passar parte dessas férias com a gente pra dar tempo de dar uns rôles legais pelo interior da França. Mas vem logo, pô!

Ai, como vc é mal, Gustavo! Acha que eu ja nao sofro o bastante olhando essas fotos antigas? snif snif, quero meu cabelo de voltaaaa!

Nathalia disse...

Olá, Mirelle!

Que post mais fofo e que cidadezinhas encantadoras! Olha, eu adoro essas coisas, mas confesso que não tenho faro muito bom e acho que acabaria pegando a estrada e deixando passarem despercebidas essas preciosidades no meio "do nada". Legal que vocês têm esse espírito para investigar tesouros perdidos por aí. E sim, deveriam definitivamente fazer isso mais vezes, pois esses lugares além de lindos, muitas vezes são mais interessantes e pitorescos que muitos pontos turísticos.
Legal ver como a vidinha de poucos difere tanto das nossas, é curioso vivenciar outras formas de viver neste mundo contemporâneo maluco!

Amei o post, as fotos, as cidades. Seria bacana descobrir mais lugares assim com vocês!

Beijos!

Fernanda Ornelas disse...

Gente a Mirelle tem razao! Venham conhecer o interiozao da França pq é muito lindo!
Mas so dou uma dica NAO VAO EM UMA SEGUNDA FEIRA pq 90 das cidadezinhas fecham o comercio nesse dia, nao me perguntem pq. Ta ai Mirelle mais uma dica de poste PQ QUASE TUDO FECHA NA SEGUNDA FEIRA AQUI NA FRANCA? rsrsrs

Beijos

Patty disse...

Oba! ;)
Cadê esses filhos que não crescem logo, viu?! hahahaha

Bjón!

Juliana Melo disse...

Adorei esse post. Encantador e estimulante. Já mandei o link para o meu marido dando a dica! =)

Deu uma vontade de conhecer as casinhas por dentro também. Fiquei curiosa.

Beijos.

Café Viagem disse...

Mirelle
Lindo! Minha mãe me enviou o link e amei.
Lugar delicado e poético. Ficará registrado na minha lista de "quero conhecer".
Abs
Alexandra
www.cafeviagem.com

alves disse...

São realmente cidades encantadoras e para quem quer mesmo descansar nas férias parecem-me os locais indicados. Em férias, prefiro usar o aluguer de carros e andar nas rodovias nacionais e aproveitar para conhecer cada recanto de cada cidade e parar quando quiser.

Jean Pierre e Taisa disse...

parabéns pelo blog.....certamente vamos conhecer esta regiao e iremos utilizar tuas dicas....lindas fotos....
entre no meu site www.malapronta.net lá terá algumas dicas bem legais de nossas viagens.....abraço

Leia também:

Related Posts with Thumbnails