quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Free tour em Lisboa - os cantos e os contos de quem vive na cidade

Lisboa não foi a nossa primeira parada em Portugal, mas foi la que vivemos uma das melhores experiências da nossa viagem de duas semanas pelo Pais. E é por isso que eu vou abrir os relatos falando do Zé - o cara capaz de fazer qualquer viajante cair de amores pela capital lusitana.


Trem chegando no meio da tarde + malas para deixar no hotel + check-in = um dia perdido da viagem. A formula imutavel pode ser driblada se o destino for Lisboa e se o viajante aparecer na Praca Luis de Camões para o free tour que começa às cinco da tarde. Com um cadinho de sorte, vai ter como guia o José Guerreiro, que nos acompanhou por miradouros, nos contou segredos e nos mostrou cantos de Lisboa que so um verdadeiro lisboeta é capaz de conhecer.


Procurar por free tours é uma das primeiras coisas que a gente faz quando fecha uma viagem. Os guias são legais, os passeios são interessantes e, ca entre nos, esse lance de dar a gorjeta que cabe no nosso orçamento é uma mão na roda. Ja fizemos em Jerusalém, Praga, Berlim, Amsterdã e gostamos de todos. So que dessa vez não foi bom, foi espetacular! Não acredita em mim? Então da uma olhada nas avaliações do Tripadvisor e veja que não estou exagerando. O free tour oferecido pelo José e seus amigos so recebe criticas positivas. Por quê? Talvez pelo fato de não ser uma empresa propondo os passeios, e sim um grupo de amigos que se reuniu para apresentar aos viajantes a cidade onde eles moram. O resultado é um passeio despretensioso e atipico, que foge dos pontos turisticos tradicionais (esses você pode visitar sozinho no dia seguinte).


Seguimos o José morro abaixo, morro acima durante quatro horas e nem vimos o tempo passar. Logo de cara ele ja foi marcando muitos pontos comigo porque nos levou para caminhar pelo Bairro Alto. Mineira que sou, me senti em casa naquele lugar tão tradicional. A dinâmica dos moradores (esperar sentado na porta de casa por um conhecido que vai parar e bater um papo ou passar horas debruçado nas janelas olhando a vida passar) me lembrou as minhas férias nas casas de tios e avos la no interior de Minas, ainda nos anos 80.


Também entramos de fininho no quintal de uma vila onde pudemos ver de perto outra caracteristica muito forte dos portugueses: as roupas estendidas nas janelas e varais. Intimidade é uma coisa que não existe em Portugal. Nem pudor, viu? Todo mundo conhece cada buraquinho da lingerie do vizinho.


De la seguimos para o primeiro miradouro do percurso, o de Adamastor. Eh ali que o pessoal mais animado se reune a partir das 17h para tomar uma cerveja antes de seguir para as ruas boêmias, do outro lado do bairro, que ficam abarrotadas depois das 23h. Miradouro, alias, não faltou. Passamos por outros quatro para admirar (e fotografar, claro) as panorâmicas mais lindas da cidade.


Caminhamos pelas principais regiões de Lisboa ouvindo os contos do José, que além de uma boa conversa, adora Historia. De tudo o que ele nos contou, foram os acontecimentos do Largo de São Domingos que mais me marcaram. Eh que enquanto descobriam e colonizavam o Brasil, os portugueses também massacravam judeus.


Não estou pegando pesado. Em 1506, poucos anos apos os judeus de Portugal serem obrigados a se converterem ao catolicismo para evitar perseguições e humilhações em praças publicas, um incidente pôs fim à aparente tolerância dos catolicos. Enquanto eles rezavam em um extinto convento localizado no Largo, alguém viu no altar o rosto de Jesus iluminado. Um milagre para a maioria dos que estavam ali pedindo pelo fim da seca e da peste que devastava Portugal, mas nada além da sombra de uma vela para um cristão-novo que pensou alto e foi espancado até a morte. Começou então um linxamento de judeus, que durou três dias e fez centenas de vitimas. Um capitulo tão triste da historia de Portugal, que no local onde mulheres, homens e crianças foram queimados em fogueiras existe hoje uma porção de simbolos de tolerância e arrependimento por parte da Igreja e também de Portugal.


O muro com a frase "Lisboa, cidade da Tolerância", escrita em 34 linguas, é hoje o ponto de encontro de imigrantes, principalmente dos africanos. Africanos muçulmanos que se reunem no mesmo lugar onde judeus foram mortos ha 500 anos. Junte à isso a placa com o pedido publico de desculpas da Igreja Catolica para entender porque eu gostei tanto deste lugar.


O Léo também gostou, mas por outra razão. O Largo de São Domingos também é destaque porque ali esta a vendinha mais antiga de Ginjinha, a bebida tipica de Lisboa. Desde 1840 este licor à base de ginja (uma fruta parecida com a cereja) é comercializado naquele lugar. Trouxemos varias garrafas para presentear os amigos mas acho que o meu marido vai acabar com todas elas antes de nos encontrarmos.

Não fosse o José, o Largo de São Domingos passaria batido, assim como a Ginjinha e muitos outros lugares que visitamos com ele. E é por isso que eu coloco o Lisbon Chill-out free tour no topo da minha lista das melhores coisas que Lisboa tem para oferecer - bem ao lado dos Pastéis de Belém, claro.

49 comentários:

Camila Navarro disse...

Mi, eu morro de vontade de fazer um desses tours, mas até hoje só enrolei e não fiz nenhum! Que triste essa história do Largo de São Domingos! Tomara que hoje esse tipo de acontecimento pelo menos sirva para que as pessoas reflitam e sejam mais tolerantes. Mas parece ainda estamos longe de ver um mundo em que todos se respeitam. :(

Se você vier aqui em Campo Belo ainda vai ver esse povo sentado na porta esperando alguém chegar para fofocar, viu? rsrs

Beijos!

Ana Paula Barbosa disse...

Estava aguardando os posts sobre Portugal, adorei as suas fotos no instagram! :)

Acho Lisboa uma cidade incrível e super acolhedora... e olhe que ela entrou por acaso no meu roteiro de viagem kkkk #destino!

COm o seus posts vou matando um poquinho da saudade dessa terra boa!

Abraços,

Djones disse...

Nossa, que boa dica!! Vou ficar 2 dias sozinha em Lisboa, já achei programa pra fazer! Amei!! Obrigada!


Beijos

Mirelle Siqueira disse...

Ah, Camila, tem que fazer! Eu acho os tours aqui pela Europa tão caros, mas esses free-tours cabem no orçamento de todo mundo e valem muito a pena! Agora, sobre a vida no interior, sabe que em muitos lugares de Portugal eu me senti criança? Eh como se eles tivessem parado no tempo. Enquanto o Brasil cresceu e se modernizou demais, eles ainda conservam tradições e ritmo de vida de antigamente. uma delicia!

Eu também adorei Lisboa e não tenho amenor duvida que vou voltar la inumeras vezes. Ainda bem que o destino foi gentil com você, hein?

Que bom, Djones! Procure o tour do José e dos amigos dele e aproveite para fazer amizades com o pessoal do grupo pq sei que eles saem juntos à noite e sempre convidam os participantes do tour. Não fomos porque estavamos super cansados, mas tenho certeza que vc vai se divertir. (e fica de olho no blog, que ainda vão pintar outros posts sobre Lisboa por aqui).

beijos!

Leonardo disse...

Esse free tour, além de salvar o dia, ainda fez a gente aproveitar muito melhor o resto do tempo em Lisboa. Vale a pena mesmo!

Foi muito fixe ter cruzado com o José no dia seguinte passeando com outro grupo so pra ver as caras de impressionados, que a gente devia ter no dia anterior. Esse José é porreiro mesmo!

Ô férias boas!

Bjim

Milena F. disse...

Adorei as fotos e as dicas!
Minha passada por Lisboa foi ultra-rápida, mas conheci o Bairro Alto e adorei! Adorei essa vista da curva com o bombinho e a cidade ao fundo, devo ter uma foto parecida! Quero voltar, pois achei o povo superanimado e adorei a comida!!!

Mirelle Siqueira disse...

Hahahah! Eh verdade, amor, ainda cruzamos ele no dia seguinte, né? Sem falar nas dicas otimas de passeio que ele deu pra fazermos sozinhos depois. Ele é bom mesmo e tão atencioso que merece toda a divulgação possivel.

Nos tb adoramos Lisboa, Milena! Ou melhor, adoramos Portugal inteira! Sabiamos que seria uma viagem especial por isso demoramos tanto pra visitar. Queriamos ter tempo para curtir tudo. E a comida? como é boa e barata, né? Nos sentimos no Brasil la! TB pretendemos voltar outras vezes.

beijos!

ilma disse...

Estarei em Lisboa agora dia 16 de setembro e embora seja minha 2a vez na cidade anotei esta sua dica. Quero faze-lo. Adoro Portugual! E que bom que vcs aproveitaram.
Valeu!

Renata Inforzato disse...

Adorei, adorei!!! Adoro esses free tours e agora com a sua dica, com certeza vou fazer em Lisboa....Viajei contigo, fui para lá há muito tempo, em 2006, e já sentia que era de voltar. Agora, então... O grande problema é que todos os lugares que vc vai colocando, eu quero ir, rsrsrs
Vi esses dias no Secrets d'Histoire sobre Isabel, a católica. Outra que perseguiu judeus na mesma época.
E o Leo já falando como português, né? Fixe :) bjss

Mirelle Siqueira disse...

Ilma e Renata, façam o passeio! Sério mesmo, tenho certeza que vocês vão ouvir historias e conhecer lugares que não viram quando estiveram por la. Se eu indico o passeio para quem esta indo pela primeira vez, eu recomendo ainda mais para quem esta voltando. Até porque é dificil voltar numa cidade que a gente ja conhece e conhecer aquilo que ainda não vimos, né? Procurem o José e comam muitos pastéis de Belém por mim!

:)

CarlaZ disse...

Ah que legal esse free tour, vou fazer da próxima vez que for pra Lisboa, afinal gostei tanto de lá que tenho certeza que voltarei.
Também já fiz alguns, sempre nas viagens sozinha, ainda não consegui convencer o Leo (o meu!) a ir num tour hehe

Mirlene disse...


Filha,

Que lindas fotos e excelente post! Quero voltar a Lisboa e fazer o free tour indicado por você.
Beijo.

Luísa Ferreira disse...

Que massa, Mirelle! Curti muito a indicação e com certeza vou procurá-los na minha próxima visita a Lisboa. Por coincidência, fiz essa semana um post sobre free walking tours no meu recém-criado blog (www.janelasabertas.com). Acabei de atualizá-lo com sua indicação! :)

Fala mais da viagem por Portugal? :D Também queria notícias de Lyon... Ô saudade dessa cidade linda.

Um beijo!

Mirelle Siqueira disse...

O seu Léo não curte tours, Carla? Eu tb tinha um pouquinho de preconceito, mas acabei gostando dos free tours. nao so porque sao mais em conta, mas tb porque a galera é jovem e tem muita historia boa pra compartilhar. neste caso do tour de lisboa ficou ainda melhor porque o José é nascido la e morou a vida inteira em Lisboa, então é como passear com um amigo mesmo e não com um guia turistico que esta ali trabalhando. (espero ter ajudado a convencer o seu Léo ;)

Isso mamis! faça e diga que foi indicação minha (aproveita e deixa uma gorjeta bem gorda pq o menino merece e eu, dura como sempre, não pude deixar muito).

Oi, Luisa! Fui la fuçar no seu blog e esta bem interessante. Adorei o esquema dos textos se abrirem em uma nova janela. Quando for a Lisboa e fizer o tour volte aqui pra contar se tb gostou tanto quanto eu ta? E pode deixar que ainda vão rolar outros posts de Lisboa, Portugal e tb de Lyon. :)

Beijos!

Shaine disse...

Oi Mirelle! Sigo sempre seu blog, desde o Brasil! Agora moro na Irlanda, e começo a viajar pela Europa esse mês! (Sonho!!!!) Como não tenho a "expertise" de viajar adoro ler dicas suuper relevantes como essa, pois quando for a Portugal com certeza vou seguir esse tour! Mas e nas outras cidades que vc fez, fez em Inglês/Frances/ ou Portugues? Tem mais algum em Londres/Italia/Leste Europeu/Paris/Belgica/ para recomendar? (Ps. Misturei cidades especificas com países porque nesses países vou visitar mais de uma cidade!)
Parabéns pelo blog que vale muito a pena a visita! Eu tb comecei um, mas está mais para diário pessoal do que de viagens agora! rsrsrs Mas se vc vier à Dublin, te dou todas as dicas que precisar! Bjs de outa mineira!

Mirelle Siqueira disse...

Oi Shaine! Os outros tours que citei no texto eu sempre fiz com a mesma empresa (http://www.neweuropetours.eu). da uma olhadinha no site deles pra ver certinho as cidades onde eles atuam. mas para as outras você pode procurar "free tour + nome da cidade" no google, que você encontra. foi assim que encontramos o do José. Geralmente a galera não fala português, mas sempre tem em inglês e espanhol. ja fizemos com as duas linguas e mesmo nao falando nada de espanhol, entendemos muito bem o que o guia falava em Praga. Boas viagens!

Shaine disse...

Muuuuito obrigada! Amei a dica, e como disse, se vier pra cá te dou todas as dicas! =)

Anônimo disse...

Delícia de relato!!! Realmente a parte mais incrível de descobrir uma nova cidade é explorar esse lado do cotidiano daqueles que vivem ali, das tradições e todos esses detalhes que não se encontram em guias turísticos. Parabéns ao José pelo tour e avocê pelo relato delicioso! Deus água na boca! Bjs
Ana Brêtas

Nathalia disse...

Mirelle, seu post chegou na hora certa! Estou em
Lisboa e vou seguir sua dica e fazer o tour! Qto de gorjeta mais ou menos o pessoal costuma dar, vc sabe?
Mil beijos e obrigada!!!

Mirelle Siqueira disse...

Ja estive em Dublin, Shaine, para visitar um dos meus melhores amigos que morava ai. Mas se eu voltar, te escreverei para pegar as suas dicas com certeza. Obrigada.

Obrigada você por comentar, Ana. Eu também adoro sentir a vida local quando viajo. O problema nesses free tours é que geralmente são estrangeiros e estudantes que estão morando a pouco tempo na cidade, ou apenas passando uma temporada. Dai eles acabam seguindo o roteiro que a empresa determina e contando as historias que estão nos guias turisticos. Não deixa de ser interessante, mas não chega a ser tão bom quanto passear pela cidade com alguém que nasceu e morou a vida toda ali. E que vai te mostrar o lugar onde ele vai pra beber com os amigos e te contar os causos que ele escuta dos avos e parentes desde pequeno.

Ai que inveja de você por estar ai, Nathalia! Se os Pastéis de Belém chegassem inteiros eu te pediria para me enviar alguns pelo correio. Como não é possivel, te peço para mandar um abraço para o José se você se encontrar com ele, ta? Sobre as gorjetas, depende. Ja vi gente dar 50 euros e tb ja vi gente dar 5 (até gente saindo de fininho sem pagar eu ja vi). Eu e o Léo costumamos deixar 10 cada um, mas, por ser freetour, vai de você e do seu bolso. ;) Aproveite a viagem!

beijos

Patty disse...

Que legal esse post! Desde que falou a alguns meses atrás de que ia para Portugal, fiquei curiosa com o que veria aqui, e adorei!
Adorei a primeira foto - gosto muito de pinturas artísticas nos muros das ruas. Gostei de todas :)
Tem guias que são excelentes mesmo! No Vaticano conheci um José, também Português, o qual fechei o tour para o museu um dia antes, mas chegou na hora, quem nos levou foi uma Peruana, a qual eu não curti muito. Nem deixei gorjeta. Talvez se fosse o José de lá, rs.
Falando em tour, fico pensando alguém fazendo tour com vcs. Já pensaram que podem ser bons tour guides?
Será que um dia vc me levaria para conhecer Lyon, por exemplo? Se for tão boa como nos posts, te dou uma gorda gorjeta! hehehehe
Bjs.

Adriana Pessoa disse...

Eu amo Lisboa!
Me sinto como se estivesse indo para a casa de alguém da família.
Acho que nós brasileiros nos sentimos assim.
9 em cada 10 turistas ( eu li isso)que visitam Lisboa não sabem que em 1 de novembro 1755, época em que Lisboa era a quarta maior cidade da Europa, a cidade foi praticamente destruída pelo maior terremoto que se tem notícia até hoje. Depois dos tremores, um maremoto e depois ainda um incêndio fez com que grandes tesouros se perdessem.A cidade baixa foi reconstruída e até hoje podemos ver as marcas dessa destruição nas ruínas da Igreja do Carmo, no Bairro Alto.
É bom estar em Lisboa. Eu sempre quero voltar.
Beijos.

Mirelle Siqueira disse...

Linda essa primeira foto, né Patty? O léo quem tirou. E claro que eu vou ser sua guia particular quando vc vier a lyon! sobre as gorjetas, nao acredito que vc nao deixou nem um trocadinho pra sua guia! hahaha, ela era taaao ruim assim? vem me visitar na proxima viagem, hein?

eu tb amei Lisboa, Adriana. e realmente, uma das partes mais importantes da historia da cidade é esse terremoto. o lugar preferido do Jose, o nosso guia, é justamente onde ainda existem ruinas desse terremoto e ele disse que ngm sabe que aquilo esta ali, que é um canto secreto dele, que turista nenhum visita sozinho. adorei estar la e ouvir ele falar sobre como a cidade se recuperou depois da tragédia. acho que vou falar disso no proximo post, ja que é tao importante.

beijos!

Lara B. disse...

Olá Mirelle, adorei esse seu post, sério mesmo! Estou indo para Lisboa dia 23 e nem imagina a existência desses free tour, mas com certeza agora irei fazer! Já até falei com a minha mãe e colocamos no nosso roteiro de Lisboa. Mas vamos viajar para muitas outras cidades da Europa e gostaria da sua ajudar para que os meus 15 anos seja perfeito :) Lhe mandei um email (só confirmando, o seu email é 13anosdepois@hotmail.com, nao é? kkk) pedindo ajuda e várias dicas. Por favor me responda e veja se pode me ajudar.
Obrigada desde já, flor :*

Mirelle Siqueira disse...

Faça sim, Lara, vocês vão gostar bastante. Manda pro meu email pessoal, pq ando tendo problemas com este do blog. mirellesiqueira arroba hotmail ponto com.

bjoca!

Patty disse...

Eba! Agora já tenho uma guia especializada para Lyon! Melhor juntar bastante din din para dar uma boa gorjeta, hahaha.
Então Mi, achei que ela não tão ruim assim, mas pra falar a verdade, nem sabia que tinha que dar gorjeta para guia. O casal que estava com a gente no grupo tb não deu...É bom saber que isso é uma forma de valorizar o trabalho deles, afinal, não é fácil decorar tudo aquilo que eles apresentam pra gente, penso eu.
Se bem que essa foi minha primeira viagem para o estrangeiro, mas puxando na caxola aqui, lembro que meu pai deu uma gorjeta para um guia lá nas Serras Gaúchas.
Esse seu blog, sempre surpreendendo :)
Bjs

Lara B. disse...

E outra duvida básica, quantas horas dura esse free tour? Preciso muita saber disso.. Que horas começa e que horas termina?

Mirelle Siqueira disse...

As duas informações estão no texto. Começa às 17h e tem quase 4h de duração (lembrando que estamos no verão europeu e por isso ainda tem sol até 21h)

Lara B. disse...

Ah sim, muuito obrigada! Então você acha que dá para conhecer os principais pontos turísticos das 8h até às 16h?

Mirelle Siqueira disse...

Da pra ver muita coisa, menos Belém. Este é um bairro que precisa de um dia inteiro so pra ele, Laura. Vou responder o seu email e nos falamos por la, ta?

Patty, vc sabe se ela era de free tour? Pq no Porto, por exemplo, fizemos um tour bem basico, que era o proprio hostel que oferecia. No final ate oferecemos uma gorjeta pro estudante que nos mostrou a cidade mas ele não aceitou. esse free tours ja não são realmente free, quer dizer, são (se vc quiser sair sem pagar, pode), mas eu so vi um casal fazendo isso. o resto sempre da algum dinheiro ( o que é muito justo, afinal os caras estão ali trabalhando). como eu disse numa resposta ali em cima, ja vi gente dando 5 e tb 50 euros. a maioria da entre 10 e 20 euros por pessoa, depende da situação de cada um sabe? Se for estudante, geramente é menos. casais ou um pessoal como um pouco mais de grana é mais generoso, mas todo mundo contribui no final.

bjim!

Mr. Lemos disse...

Que maravilha! Fiquei com saudades de Lisboa. Até mesmo de alguns desses lugares que eu nem conheci. Valeu pelo passeio, irmãzinha. Um dia eu volto lá e conheço o Zé.
Bjao

Ana Beatriz Pinto Guimarães Simonetti disse...

Olá Mirelle!
Adorei Lisboa e pretendo voltar muitas vezes, inclusive para fazer o tour sugerido por você. Gostei tanto do seu post que o reproduzi em meu blogdaab.blogspot.com.br, com os devidos créditos. Espero que você não se importe.
Obrigada!
AB

Nathalia disse...

Ola Mirelle!

Fiz hoje o tour que voce recomendou e, por sorte, tambem tivemos o Jose como guia! Foi tudo muito bacana, adoramos! E ele é ótimo mesmo! Contei para ele que o que me motivou a participar do tour foi o seu blog e ele lembrou de voce e do Leo! :)

Obrigada pela dica e espero que voce poste as noticias sobre o Algarve em breve, pois estou indo para lá amanha! rs

Beijao!

Mirelle Siqueira disse...

Valeu vc por sair da toca. sabe que eu tava ficando preocupada? irmao, vc e Zé sao do mesmo saco: bons contadores de historia, boas pessoas e gostam de tomar uma. vcs vao se gostar. te amo!

Oi Ana Beatriz, faça sim o passeio e volte pra me contar ta? copiar os textos nao é algo que deixa os blogueiros muitos felizes, mas quando tem os devidos creditos é menos pior. bjo!

ih, vou correr aqui pra escrever sobre o algarve, mas nao garanto hein? vou tentar, prometo!!!
beijos e boa viagem, nathalia!

elizabeth guttler disse...

oi mirelle fico muito feliz de ver que voces gostaram de portugal houve uma epoca em que muitos brasileiros vinham a europa mas nao passavam por aqui mas isso ja passou e portugal e esse pais e esse povo maravilhoso que voce conheceu ano passado levei uma garrafa de um litro de ginja para o brasilmas o bom mesmo e bebe la em lisboa na travessa de santo antao nao e mesmo beijos a voces
beth

Fernanda Ornelas disse...

Adorei as dicas! Lindas as fotos! Beijos

Mirelle Siqueira disse...

Gostamos é pouco, Beth, amamos! Principalmente aquele jantar com vcs (acredita que foi a melhor refeição da nossa viagem? me passa depois o nome e o endereço? vou colocar em um post como dica). bjoca procê!

Obrigada, Fernanda! Beijos!

Patty disse...

Ah Mi, acho que não pq oh: eu achei o tal do José numa praça ali na rua que sobe para o museu do Vaticano, e ele veio oferecer o tour a um preço de 35 euros. Deve ser por isso que não dei a gorjeta, por pensar que já havia pago pelo tour. Pensei que o preço pago pelo mesmo já estivesse incluso a gorjeta da moça que nos levou. Mas é bom saber da prática de dar gorjeta, assim da próxima, vou preparada ;)

Mirelle Matias disse...

ah, patty! nao tinha que dar gorjeta mesmo nao! agora que entendi que vc ja tinha pago pelo tour. entao ta tudo certo. é que esses freetours como o que eu fiz em lisboa nao sao cobrados antecipadamente, nao têm um preço fixo, entendeu? dai no final vc da a gorjeta que cabe no seu bolso e que acha que o guia merece. no seu caso, como ja estava pago, so tinha que dar gorjeta se amasse muito o passeio e como nao foi o caso ,vc fez muito bem de nao dar. mas evite esses tours oferecidos na rua assim pq geralmente nao sao bons mesmo. o melhor é procurar antes, na internet, e ler os comentarios de quem ja fez, ver que nota tem e tals. é mais garantido. bjoca!

Patty disse...

Poxa, bom saber...Nem sabia que se achava na net algum tour e tals.
Mas valeu mesmo pelas dicas :)
Bjão.

Debora Midori Odagiri disse...

Mirelle, adorei seu artigo sobre Lisboa e sobre o free tour. Gostei tanto que repliquei lá no meu blog sobre Portugal chamado Na Terra dos Bules que Babam. Parabéns. Gosto muito do seu blog. Beijos.

Priscila Roque (Prijam) disse...

Mirelle,
Que lindo o seu trabalho! Descobri por meio do blog da Débora, do Na Terra dos Bules que Babam. Coisa linda, linda mesmo! Que bom respirar um pouco desses seus suspiros pelo Porto e por Lisboa.
Um grande beijo!
Pri

Mirelle Matias disse...

Obrigada por divulgar, Debora. Beijos.

Boia Paulista disse...

Oi, Mi. Tudo bem?

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Beijos e até mais,
Natalie - Boia Paulista

elizabeth guttler disse...

mirelle desculpa pela demora mas ai vai o endereco do restaurante ARTS cafe onde jantamos
rua do breyner 248 porto pertinho da rua miguel bombardA DO QUARTEIROA DAR ARTES SABE DE TANTO QUE VOCE JA VIAJOU PODIA FAZER UM RESUMO DOS MELHORES LUGARES ONDE COMEU NAS VIAGENS VOCE TGINHA FALADO DE UM CAFE ONDE TOMOU O MELHOR CHOCOLATE QUENTE EMBARCELONA LEMBRA BEIJOS SAUDADES

Mirelle Matias disse...

Obrihada, Natalie!

Ei, Beth! Valeu por compartilhar! Post das melhores comidas do mundo eu não garanto, mas vou falar desse restaurante no proximo post sobre Porto, pode deixar!

beijos!

Mulher disse...

Olá, vi seu blog em Julho deste ano procurando no google por algumas dicas de viagem para a França...adorei o post que falava sobre Argentat e Collonges-la-Rouge. Inseri-as no meu roteiro de viagem que foi da Provence até Paris. Ficamos nos Les Meyrandiers e adorei, a dica foi óitima! Se não fosse seu blog só teríamos conhecido os lugares mais clássicos de turismo e um lugar daqueles teria passado batido. Valeu, parabéns pelo blog!

Ana Jorge disse...

Estou a ver q ja deram uma boa volta por Portugal! :)

Marta FG disse...

Olá,

Estava aqui a pesquisar sobre blogs de viagens quando o seu apareceu e agradou-me imenso saber que vcs gostaram de Portugal e do Algarve, onde resido.
Tornei-me sua seguidora.
Veja também o meu:
www.viajarso.blogspot.com

Leia também:

Related Posts with Thumbnails