segunda-feira, 20 de maio de 2013

Viajando pela Provence - dicas para montar o seu roteiro

O encanto pelas Calanques de Cassis ja durava três dias, até que chegou a hora de voltar para casa. Ja contei que na França existem dois tipos de estrada: as autoestradas (autoroutes) e as rodovias publicas (nacionais e departamentais). A primeira é pedagiada e possui pelo menos duas faixas em cada sentido. A maneira mais rapida de chegar ao seu destino final, porém, advinha?, não é a mais divertida. Apenas nas nacionais/departamentais você pode encostar o carro para fotografar, passar por dentro de vilarejos e se encantar com as paisagens. Facil descobrir por qual delas eu prefiro seguir, né? 

Fomos até Cassis pela autoestrada mas voltamos por uma departamental para pegar um pedaço de uma das Rotas da Lavanda, que cortam a Provence. Ainda esta muito cedo para ver as lavandas, mas meus olhos atentos flagraram um campo de papoulas escondido na estrada. Em julho voltaremos para, finalmente, ver os campos de lavanda cheios.



Viajar pela Provence é uma delicia, decidir o roteiro é que é tarefa ingrata. São muitos vilarejos para visitar, um mais fofo que o outro. Simplesmente não da para ver tudo. Sem falar no meio do caminho, que acaba tomando boa parte do tempo de quem curte paisagens naturais (e tem também os castelos pois, estando na França, eles podem aparecer em qualquer lugar). Por isso, eu sempre recorro ao site dos Plus beaux villages de France, os vilarejos mais bonitos da França, antes de definir o itinerario. Se vou visitar a cidade x, olho no mapa quais são os beaux villages mais proximos ou que estão no caminho e sigo pelas estradas departamentais.

São 157 cidadezinhas classificadas porque preenchem dois requisitos: possuem menos de 2000 habitantes e contam com pelo menos dois monumentos ou lugares protegidos. Alguns vilarejos vão além, garantindo aos visitantes uma experiência unica. Como, por exemplo, Roussillon, a nossa primeira parada do dia. 


Foi o ocre que fez a fama desse vilarejo e garante a sua singularidade até hoje. As construções são todas avermelhadas, embora o tom do ocre varie de um prédio a outro. Me lembrou Collonges la Rouge, outro beau village que visitamos no Limousin, ha dois anos.

O destaque de Roussillon, além da propria cidade, é o passeio pelas antigas minas de ocre (2,50€). Mas, vou logo avisando: um almoço na Brasserie des couleurs, instalado na unica pracinha do lugar, pode acabar se tornando a melhor lembrança da sua passagem por Roussillon - principalmente se você pedir o delicioso poulet fermier com molho de cebolas caramelizadas que me serviram. Para a sobremesa eu recomendo algo tipico da Provence: a tropézienne (torta de brioches com recheio de creme), o meu doce francês preferido.


De la, seguimos por 11km até Gordes, outro beau village famoso do Vaucluse. Ao encostarmos o carro para fazer a foto mais famosa da cidade, percebemos a sorte que temos de ter lugares como este a poucas horas de casa.


A mistura da arquitetura medieval e renascentista do castelo que existe desde 1031 e a igreja de origem romana do século XII são os atrativos, mas tenho pra mim que não são as maiores atrações. Subir e descer os tortuosos caminhos de pedra que nos apresentam os segredos de Gordes pode ser mais interessante. So assim para saber qual bar é o mais bem localizado para voltar no final do dia e tomar um vin rosé enquanto os ultimos raios de sol ainda aquecem o terrasse - um desfecho ideal para o feriado inesquecivel ao lado dos amigos (desde que nenhum deles tenha que voltar pra casa dirigindo, claro).




Leia também:







23 comentários:

Camila Navarro disse...

Você tem sorte mesmo, Mi! Morar perto desses vilarejos que dão vontade de colocar no bolso e levar pra casa deixa a vida de qualquer um mais bonita. :)

Amanda Ariela disse...

São essas viagens por lugares mais desconhecidos, não tão frequentados e charmosos que me encantam! Tomara que um dia eu tenha a oportunidade de visitar o lado B da França! Me apaixonei!

Beijos e ótimo post!

Patty Gasperini disse...

Ain que tudo!
Como é bom viajar por lugares tão encantadores e únicos como esses.
Pudera eu morar perto de lugares assim. Aproveite tudo e sempre!
Bjs

Laís Morais disse...

Quantas fotos lindas Mirelle! Ano que vem vou começar meu Mestrado na França e não vejo a hora de conhecer esses lugares! Adorei os dois últimos posts! Beijos!

CarlaZ disse...

Mirelle,
Qualquer coisa que eu escrever será redundante com o comentário do outro post, mas posso dizer também aue dá pra perceber como essa viagem foi boa. E que dias lindos vcs pegaram!
Conheci o site Le plus beaux villages ano passado quando estive na França, e fui até em uma das cidadezinhas.
Gostei que vc voltou a postar.
Beijos

Vera disse...

Viajar é tudo! São essas boas memórias que nos enriquecem e compõem as páginas de uma história feliz.

E viajar com amigos, descobri agora, afinal pode ser muito bom ;)

Na boca ainda trago o sabor do maravilhoso frango da Brasserie des couleurs. Nos olhos, as cores que nos levaste a descobrir. No coração todas as nossas gargalhadas.

Mal posso esperar pela próxima viagem!

Unknown disse...

Ei Mirelle,
Que bom que voltou a escrever.
Estou aqui no Pas-de-Calais e com o Maridão em muitas viagens dentro da França tinhamos chegado até a região da Borgonha - fato que ja fizemos 4 vezes). Ja nesse longo e abençoado feriado de maio, praticamente fizemos o mesmo percurso que vcs: destino Provence, porém ao magnifico Gorges du Verdon.
Descemos tranquilamente pelas routes nacionais e depart (autoroute é muito entediante), cruzando a região da Champagne-Ardenne, Bourgogne, passamos por Annecy parando por varias Beau-Vilages.
Nos hospedamos em ma delas, à mais proxima do Gorges; Moustiers-de-Sainte-Marie, pesquise se renda para mais uma viagem.
E logo pensei, vcs moram ai pertinho, corram là, desfrutem o plateau de Valensole com suas Lavandas e Lavandins (este ano tardias) e ñ deixem de provar o apéro Rinquinquin e o inigualavel Mel de Lavanda, UNICO!
Realmente a Provence é incantadora! Graças à Deus, temos uma grande chance de desbravar e conhecer a França!
Bjns e venham visitar o Nord-Pas-de-Calais, tem muita coisa boa por aqui tb :D!

Juliana e Fabio disse...

Estive em julho do ano passado e foi inesquecível! Fizemos o casamento de um casal de amigos no meio de um campo de lavanda. Era surpresa para ela... foi inesquecível para os quatro! Todo julho tenho uma vontade absurda de retornar...

Mirelle Matias disse...

Na França temos os lugares mas falta o clima, Ca! Esse ano ta impossivel! Ja estamos no final de maio e as temperaturas estão baixissimas, como se fosse março! Ninguém aguenta mais! Vindo de Uberlândia, onde faz calor 11 meses por ano, sabemos que não é facil viver num pais tão gelado! :(

Fico feliz quando consigo mostrar que a França vai muito além de Paris, Amanda! Que em breve você possa visitar!

Deixa comigo, Patty! ;)

Então você vai poder conferir tudo isso de perto, Lais! Tente aproveitar bem o seu tempo na França, é recompensador!

Oi, Carlinha! Você este em qual deles? Os beaux villages são lindos e é uma dica que a gente quase nunca vê por ai. acho que é um site mais conhecido pelos franceses mesmo, então tento divulgar. Sobre os dias lindos, eles ja foram embora. A França inteira esta sofrendo com o clima de inverno nesse momento.

Hahahaha! Ja te falei, Vera: viajar com amigos é bom se for com a turma certa! Ainda bem que diversão e cumplicidade é algo que não falta entre os nossos amigos, né? Com certeza não vão nos faltar oportunidades para viajarmos juntos novamente. :*

Oi, anônimo! Coincidência mesmo, porque era para termos ido pra Gorges também, mas quando vimos que o tempo ia esquentar, mudamos os planos e fomos pra praia. Mas Gorges continua nos nossos planos, estamos loucos pra visitar aquela região. Sobre o Nord-Pas-de-Calais, ainda deve demorar um pouquinho, mas um dia a gente pinta por ai!

Uau, Juliana! Deve ter sido LINDO! Um casamento nos campos de lavanda? Sério, não consigo pensar em nada mais romântico! Ainda mais na companhia de amigos queridos! ai, ai... (suspiros)

Leonardo disse...

Amor,

A parte ruim de fazer um passeio bom como esse da provence é o desespero que da pra voltar la ver ver todas as cidadezinhas que faltou visitar. Ainda bem que voltaremos logo pra ver os girassois e lanvandas! :D

E parabéns para o Rodrigo que conseguiu pela lição de equilibrio pra tirar a foto da vera nos campos de "papoilas". ;)

Bjim

Evelyn Sampaio disse...

A França é realmente encantadora!
O melhor demorar aqui é aprender um pouco da arte de ser un bon vivant!!
Rsrsrsrs

Milena F. disse...

Também prefiro as estradas que passam por dentro das cidades, a gente sempre descobre muita coisa!!!
Tiveram sorte com o tempo, aqui mais para cima continua frio, chuvoso e ventoso :(

Luciana Betenson disse...

Ai que post lindo e maravilhoso para ler, reler e guardar pra sonhar! Amei Mi :-)

Marigabriela Salas disse...

Oi Mi!
Que saudades de seus post.
Há muito tempo leio seu blog, demais esta falar que adoro.
Alguns de seus artigos me incentivou a visitar a França (Paris) e, finalmente, no mês de setembro eu vou realizar esse sonho. Há duas razões especiais: Lua de Mel e meu aniversário.
Nao temos definido nosso itinerário ainda. Não queremos fechar esses pacotes com vistas panorámicas KKKkk
Por isso nos mesmos estamos correndo atras de hotel e dicas. Por enquanto vimos monte de hoteles no Barrio Latino (sera bom??). Tem coisas que um turista de primera viagem a Paris não pode perder, mais qualquer dica é bem-vinda.
*Desculpa os erros estou aprendendo portugués

Anônimo disse...

Olá, Mirele! Sempre leio seu blog e gosto muito do que você (muito bem) escreve! Será que eu poderia lhe indicar o blog de uma amiga quebequense? Acho que talvez você goste: http://juliehubert.net/

Abraço.
Cláudio.

Denise disse...

Olá Mirelle .
Caprichou na volta ao blog.
Que passeio lindo, fotos de tirar o fôlego . Bjs.

Tiane Quadros disse...

Adoro seus posts! Merci!

pgiuliav disse...

Mirelle,

saudades dos seus posts.

elizabeth guttler disse...

querida mirelle querido leo escrevo porque a tour de france chega hoje a lyon e nao posso deixar de pensar em voces hoje e sabado e a irma do carlos vem almocar aqui em casa mas espero poder estar em frente a tv para ver a linda lyon quando eles aparecerem por ai aproveitem bem esse lindo verao um
elizabeth guttler

Stefano Angelo disse...

Estava sem fazer nada, acabei por reler algumas de suas postagens. Sempre dou muitas risadas. Reli "O que fazer em Lyon - dicas e roteiro, parte I" e pensei: será que perdi a Parte II? ;)

Stéfhanie disse...

Lindas fotos, lugares e paisagens. Me senti em Provence! ♥

ANA K . disse...

Olá
Encontrei seu blog hoje e preciso da sua ajuda!
Sei que a data nao é propicia(chegarei a Nice dia 15 de novembro e tentarei fazer um tour pela Riviera e Provence)
Me ajude, tenho tantas dúvidas ainda...
bjs Ana Karina

Pimentone disse...

Muito bom o blog, estamos viajando dois casais que em 2013 passaram belos dias na Itália, indo agora para França em maio/14, iremos passar 7 dias em Paris e o restante estamos pensando em Marseille, Lyon, Provence, Nice, Monaco... temos mais 7 dias, vale a pena ficar por estes lugares ou ir também ao Vale do Loire, Bordeaux, etc... o casal volta depois de 7 dias, nós ainda ficamos mais 4 dias e penso em ir para Bruxelas tomar umas beers... gostaria da sua opinião. Abraço, Pimenta.

Leia também:

Related Posts with Thumbnails