quinta-feira, 18 de julho de 2013

Rota da Lavanda, Gorges du Verdon e outras atrações imperdíveis na Provence

Visitar os campos de lavanda da Provença foi o item da minha lista de resoluções para 2013 mais prazeroso de riscar. Embora eu tenha dito no post anterior que viajar pela Provence é gostoso mas definir o roteiro é tarefa ardua, o itinerario da nossa viagem de 3 dias pela região se desenhou naturalmente. A Natalia, do blog Destino Provence, ja tinha me dado a dica: o Plateau de Valensole é um dos melhores lugares para ver os maiores campos de lavanda. Joguei "Plateau de Valensole" no Google e precisei buscar o meu queixo no chão quando vi as imagens. 


O nosso destino final foi Gorges du Verdon, presença garantida em qualquer lista dos lugares mais bonitos da França. Para tornar o longo trajeto mais agradavel, juntei pedaços de 3 entre estes 6 circuitos de lavandas, escolhi alguns Beaux Villages como paradas estratégicas e convoquei dois amigos portugueses. Não tinha como dar errado.


A primeira preocupação de quem programa uma viagem para ver campos de lavanda na Provence é escolher a data certa. Em geral, da para vê-los cheios no inicio de julho, mas a época de floração varia de uma região para outra - sem falar no tempo, que pode atrasar ou adiantar em algumas semanas a plantação e a colheita. Este ano, por exemplo, o verão demorou para dar as caras e, consequentemente, eu fiquei mais mal humorada que de costume os campos também demoraram a ficar completamente roxos.


Foi quando paramos para almoçar em La Garde-Adhémar, um dos 156 vilarejos mais bonitos da França, que avistamos os primeiros campos. Era so o começo de um longo dia parando à beira da estrada para fotografar.


São tantos campos de lavanda, que a certa altura nos perguntamos se estavamos mesmo afim de parar mais uma vez para enfrentar as abelhas em busca de fotos. Sei que desprezar campos de lavanda soa esnobe, mas o Léo ser alérgico à picada de abelha me deixava seriamente dividida entre o bem estar do meu marido e as imagens que ilustram este post.


O segundo dia da viagem foi o mais intenso em se tratando de cenarios inesqueciveis. Não bastasse o flerte escandaloso entre lavandas e girassois em Valensole, encontrei aqui na França um lugar pra chamar de meu. Aquele que não da mais vontade de ir embora, sabe? Em uma comparação rasa, posso dizer que tenho com as cidades a mesma relação que tenho com as pessoas: às vezes o santo não bate, em outras me entrego de cara. Fui presa facil para Moustiers-Sainte-Marie.


O vilarejo de 700 habitantes conseguiu conservar o seu ar provinciano e acolhedor mesmo recebendo tantos turistas. As construções são tipicas da região, a cerâmica fina é o principal artesanato e a culinaria do terroir pode ser descoberta em um dos terrasses que ficam à beira do riacho que passa entre as duas ruelas principais.


Tudo ali é meio magico, principalmente a capela Notre Dame de Beauvoir, que ganhou o meu coração por ter sido construida, sabe-se la como, entre rochedos a 830m de altura. O esforço de subir os 262 degraus é recompensado pela vista mais bonita da cidade.


Moustiers-Sainte-Marie é a porta de entrada para Gorges du Verdon, um paraiso que os estrangeiros não visitam porque ficam tempo demais em Paris. Estamos falando do canyon mais bonito da Europa, com aguas claras e esverdeadas que podemos desbravar alugando pedalinhos ou caiaques à beira do lago Sainte-Croix.


Eu jurava que não me surpreenderia novamente depois do que tinha visto nos dois primeiros dias da viagem, mas foi so chegar em Sisteron para perceber que eu estava enganada. Esta cidade entrou no roteiro depois que assisti a um programa na tv francesa contando que aquela era uma das principais atrações da Rota de Napoleão, trajeto que ele percorreu em 1815, quando deixou a Ilha de Elba, na Italia, para reconquistar Paris.


Sisteron tem inumeros becos e passagens secretas, alguns da idade média. Era domingo e, enquanto percorriamos os labirintos da parte mais antiga do centrinho, os moradores curtiam a piscina publica construida aos pés da cidade medieval. Um piscinão de Ramos francês - gratuito e impressionante.
 

Vencidos pelo calor, também esticamos nossas toalhas por ali e aproveitamos o que deu, até a chuva atrapalhar. Fomos então até o ponto mais alto da cidade para visitar a Citadelle, um forte-castelo que protege Sisteron desde o século XIV e de onde temos esta vista incrivel.


Napoleão sabia que Sisteron, de prefeito e população monarquistas, seria o obstaculo mais dificil antes de chegar a Paris. De fato, a Citadelle estava preparada para impedir a volta de Napoleão, mas ele enviou 100 soldados para render a cidade e conseguiu passar. Sinta-se livre para especular nos comentarios o que seria da França se Napoleão não tivesse voltado. Ao que me diz respeito, eu fico bem feliz de viver em um pais que não tem mais reis e rainhas.


Eramos os unicos visitantes, ja que nenhum outro maluco teve a idéia de subir a 500 metros de altitude enquanto raios caiam a cada 2 minutos e a chuva não dava trégua. Vimos nisso a oportunidade para percorrer calabouços e salões à vontade, fazendo fotos idiotas e dando sustos uns nos outros.

Não da nem para falar que foram 3 dias de descanso porque não paramos um minuto, a Provence é uma região que nunca decepciona, ainda mais nessa época do ano. Lembre-se: a França não é so Paris. Para viajar como um autêntico francês, coloque no seu roteiro alguns Beaux Villages, durma em chambres d'hôtes, almoce plats du jour e rode pelas estradas departamentais.

53 comentários:

Rapha Aretakis disse...

As fotos estão um escândalo de lindas, Mi. Meu deus, 3 dias maravilhosos! Quero isso pra ontem! Beijo :*

Mirella Matthiesen disse...

Nossa... o que é isso!!! Morri de amor e preciso ir ontem :)
Lindo post não somente pelas fotos, mas também pelo texto.
bjos

Liana disse...

Lindo demais!

Anônimo disse...

Que lugar!!!! Maravilhoso!
As fotos para variar estão um arraso.

Ps: coloquei anônimo pq nao consegui postar de outra forma.

Ana Luiza
pelomundoblog.com

ilma disse...

Fotos lindas e fazem jus a beleza do lugar (nao conheço ao vivo tá) Parabéns! E que magia viajar assim pelos vilarejos. Também gosto de sair do comum.

Sílvia Oliveira disse...

Não conheço nada desta região, não saberia nem por onde começar! Então, minha pergunta é: como não há uma data exata para ver as florações (somente datas aproximadas), onde eu posso me informar na época para saber se os campos já estão floridos ou começando a florir? Assim, alguma secretaria de turismo? Algum órgão responsável? (A ideia é comprar uma passagem de supetão e ir). Melhor do que comprara com alguma antecedência e não ver a coisa certa! Ah, texto gostoso, fotos excepcionais! Lindo, lindo! :)

Juliana Yonezawa disse...

Mi, eu sempre vi esses campos nas capas de guia de viagens da França. Ao vivo deve ser algo inacreditável!!

Imagino o cheiro bom desse lugar ;)))

Beijos

Andrei Udiloff disse...

Olá Mirelle,
Eu e a minha esposa Cris conhecemos o seu blog hoje. Você está de parabéns!
Estamos fazendo o nosso Tour de France com a família e amanhã chegamos a Lyon para uma estada de 3 dias. Procurando alguma dica diferente pelo google eu achei o seu blog e me encantei. Assim como vocês,nós somos apaixonados por viagens. O roteiro desta viagem foi preparado há quase um ano.
Vou examinar seu blog inteiro para achar mais dicas e saborear os seus posts. Abs. Andrei.

Mirelle Matias disse...

Vem que eu te ajudo a montar um roteiro daqueles, Rapha! :*

Obrigada, Mirella. Escrevi com carinho. :)

Sabia que o post ia ser um sucesso, Ana. Quem não sonha com essas paisagens, né?

vejo tanta gente vindo pra França e se limitando às cidades grandes, Ilma. Esses beaux villages são tão magicos, merecem ser visitados.

Que bom que gostou, Silvia! No link que eu coloquei falando das 6 Rotas da lavanda tem a informação da floração de cada uma. Vir pra essa região ali pelo dia 10 de julho e não ver lavandas é ter muuuuito azar, tem que ter sido um ano muito fora do normal pra não acontecer. Mas tb da para ligar nos offices du tourisme de cidades como Valensole, Gordes, Moustiers e até de Aix-en-Provence. o que eu fiz foi curtir no facebook uma pagina que se chama "routes de la lavande" e tb fiquei acompanhando pelo instagram, através de hashtags (#lavande #valensole, por ex) e ia acompanhando a floração através das imagens. Quando vi que estavam roxinhas, fui! E se vc precisar de ajuda para montar um roteiro pela região, é so falar! :)

Ju, vem vem! Pra vocês tem guia exclusivo! :)

Guta | Blog Vambora! disse...

Lindo, lindo e mais lindo demais!
Devidamente favoritado para fazer um dia! :-)

Anna disse...

Ai, ai, Mi... Não preciso nem falar que seus posts me dão uma mistura de vazio, lembranças e felicidade tudo ao mesmo tempo... Saudades...

Eduardo Ameruso disse...

Mirelle, por favor!!
Grave vídeos!
Esse post ficou muito bom, parabéns!
Um beijo.

Leonardo disse...

Amor,

Vc falou tanto das lavandas que eu tinha até medo delas não estarem à altura do teu sonho. Mas os campos são mesmo impressionantes. A quantidade de abelhas tb! ;)

Mas o sensasional mesmo desta viagem foi ver tanta coisa diferente em tão pouco tempo! Seus roteiros valem ouro!!!

Bjim

Luciana Betenson disse...

Os seus posts nunca decepcionam :-D Que lugares absurdamente lindos! Foram todos pra lista de desejos. Beijos!

Mirelle Matias disse...

Oi Andrei! Que legal que estão em Lyon! Espero que consigam aproveiatr bem a cidade. Posso deixar dicas de alguns dos meus lugares preferidos? Um passeio pela parque Tête d'Or, uma ida até o Jardin des Curiosités, de onde se tem a melhor vista da cidade, um lanche no L'épicerie, na rue Mercière, uma pausa pra um café com os deliciosos cupcakes da Little, almoço no Café Marmot, jantar na brasserie l'est e dois museus imperdiveis: o da Resistência (se vcs curtem 2°guerra mundial) e o Lumière, sobre o cinema. São dicas de morador mesmo, os meus lugares peferidos na cidade.

Legal, Guta! Você não vai se arrepender!

Lyon tb sente sua falta Anna! Tem que voltar logo pra nos visitar!

Obrigada, Eduardo! Juro procê que fico cheia de ideias quando vejo seu pedido, rs. :)

Que gentil você, Lu! :*

beijos em todos!

Andrei Udiloff disse...

Oi Mirelle, vou falar para as minhas filhas sobre o parque e o jardim, acho que elas vão gostar, ainda mais porque o tempo está muito bom!
Muito obrigado pelas outras dicas.
Fiquei feliz e nostálgico de ver as fotos das calanques, dos campos de lavanda e de Gorges du Verdon. foram todos lugares que visitamos antes de chegarmos a Lyon.
Beijos.

Mirelle Matias disse...

Se vc está com suas filhas tem mesmo que ir ao Tetê D'or! Tem um zoológico lá dentro (entrada gratuita) e muitas outras atividades, como pedalinho no lago. Programa pra uma tarde inteira! (além dele ser um dos parques mais bonitos da França)

Aproveitem!

Andrei Udiloff disse...

Hoje fizemos a parte alta e vieux Lyon e descobrimos algumas traboules. Passamos pelo jardin des curiositès. A vista é realmente sensacional!
Visitamos o museu de miniaturas e cinema, as crianças adoraram.
Amanhã vamos ao Tête D'or com certeza.
Você sabe onde ficam os muros pintados?
Muito obrigado pelas dicas.
Bjs
Andrei

Kelli Machado disse...

Oi, Mirelle! Acabei de conhecer o seu blog e passar algumas boas horas navegando pelos arquivos. Simplesmente uma delicia! E o qto me identifico? Principalmente sobre a curiosidade que faz com que cada dia vivendo fora do Brasil seja uma verdadeira montanha-russa. Espero muito, muito em breve fazer a viagem deste post. Se tudo correr bem, em maio do ano que vem. Espero que os campos de lavanda já estejam lindos assim!
Um beijão

Mirelle Matias disse...

Tem muuuuitos muros em Lyon, Andrei, mas os dois mais famosos e mais interessantes são "Le mur des canuts" (boulevard des Canuts - Lyon 4e) e "La fresque des Lyonnais" (à beira do rio Saone, quai St-Antoine / rue de la Martinière - Lyon 1er). Esse segundo é mais facil de chegar se vc estiver ali pelo centro. Aqui tem o site com os endereços: http://www.lyon.fr/page/culture-et-loisirs/balades-en-ville/les-murs-peints.html

Seja bem-vinda, Kelli! Olha, se você puder adiar a sua viagem um pouco, é melhor em julho, porque em maio não tem a menor chance dos campos terem florescidos. Além disso, a agua vai estar gelada em Gorges du Verdon, não vai dar para nadar. :/

Andrei Udiloff disse...

Mirelle você foi a nossa guia virtual na cidade de Lyon. Muito obrigado por sua ajuda e principalmente por sua simpatia.
Bjs
Andrei

Vera disse...

Ter a possibilidade de embarcar nos teus roteiros tem sido fantástico. Quem bom que temos conhecido convosco "a outra" França.
Espero continuar a fazer muitos bolinhos para compensar!
PS - Lisboa está quase, quase!

Boia Paulista disse...

Oi, Mi. Tudo bem? :)

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Natalie - Boia

Boia Paulista disse...

Oi, Mi. Tudo bem? :)

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Natalie - Boia

Mari Bento disse...

lindas fotos! Tb a paisagem ajuda, a Provence é linda!

tiupar disse...

Lindas fotos! maravilha de post! o bom da França, é que ela nunca decepciona, seja pra que lado você for, sempre estará será surpreendido!

Ana Luiza

Ana Paula disse...

Fotos lindas!!! Estou aqui viajando virtualmente e sonhando quando voltarei a França e conhecerei essas belezas!
Obrigada por compartilhar conosco essa experiência e nos inspirar a se aventurar mundo à fora.
bjs

Camila Navarro disse...

Achou que eu não iria vir, né Mi? Mas, como sempre, aqui estou! Quando o post é bom, faço questão de comentar! :)

Como deixar um comentário no seu blog sem ser repetitiva? É sempre tudo tão lindo! Mas o que me deixa mais feliz é ver que você parece estar cada dia mais feliz aí na França. Já está até encontrando lugares para chamar de seus! ;) Que no inverno você consiga descobrir outras belezas e não deixe o frio entristecer os seus dias!

Beijos!

Silvia Oliveira disse...

Brigadão pelas informações, Mi!

Waneska Ferreira disse...

Roteiro perfeito, meu sonho também, desde que cheguei aqui na França, mas esse ano não deu certo. Tomara que ano que vem heheheheh, adorei as dicas. A plantação dura só julho, ou ainda chega a ficar florida em agosto? bjus

Glenda Dimuro disse...

Lindo! Quando fui na Provence a epoca de floraçao ja rinha acabado, setembro... boa desculpa pra voltar! Bjo

Glenda Dimuro disse...

Lindo! Quando fui na Provence a epoca de floraçao ja rinha acabado, setembro... boa desculpa pra voltar! Bjo

DELMA disse...

Mirella

Vc é demais. Amei o seu relato e as suas fotos são de tirar o folego. Parabens, e aguardo mais posts maravihosos.

Delma

Fernanda Ornelas disse...

Lindissimas fotos! Adorei as dicas!

Inaie disse...

As fotos estão lindas...mas esses campos de lavanda são um escandalo! Quero ir!!!!!!

Unknown disse...

Olá Mirelle...Lugares maravilhosos esses! A cada foto que vejo me apaixono mais pela França!

Aproveitando um amigo francês que fiz num intercâmbio, estou indo para Lyon em dezembro, ficar as duas primeiras semanas e aproveitar o festival da luzes.
Poderíamos marcar alguma coisa né?

Beijos e parabéns pelo blog. =]

Joe disse...

Olá Mirelle, em primeiro lugar parabéns pelo blog. S' il vous Plaît, como faço para ir de Paris para Sisteron de trem? Autre chose, passaremos um dia em Lyon saindo de Paris, o que vc indicaria para ver nessa journée em Lyon?. Desde já agradeço a atenção.
Merci,
Joe.

Mirelle Matias disse...

Oi Joe, tem um post aqui com um roteiro para um dia em Lyon, da uma fuçadinha. Sobre Sisteron, o unico jeito é ir de trem até Marseille e de la seguir para sisteron. Fica mais barato alugar um carro e fazer o trajeto, principalmente se tiver mais gente com vc. ;)

Joe disse...

Merci beaucoup Mirelle.
Joe.

Gabrielle Asensi disse...

Mirelle, adoro o seu blog e, na verdade, ele foi uma das minhas influências quando eu tava decidindo em que cidade francesa eu iria morar. E estou morando aqui em Lyon desde janeiro e sou super apaixonada pela cidade.

Quem sabe um dia podíamos tocar um café ou comer um cupcake por aqui?

Beijo grande e continue escrevendo!

Anônimo disse...

Eu acabei de ler seu blog inteiro e não vejo a hora de você postar mais coisas, então te desejo mais e mais viagens.
Você escreve lindamente.

- Ivin

Muita VIagem - Gustavo disse...

Esse lugar realmente é muito lindo. E essa cor do mar!

Anônimo disse...

Oi! Estive em julho do ano passado na Provence durante 15 dias e aproveitei cada minuto nessa terra maravilhosa, juntamente com meu marido e com um casal de amigos. Para esse casal que vive junto há anos, mas não casou na igreja e tals, teve uma surpresa: um casamento no meio de um campo de lavandas! Foi sensacional! Um gde beijo

Passeios Provence disse...

Oi Sumida! Linda mesmo a Provence! O post ficou otimo! Mas também com um lugar desses, como nao ficar, nao é mesmo? Beijo e até a proxima! (http://www.naprovence.com)

Claudia disse...

Olá! não sei como cheguei até aqui mas amei...vou quase todo ano para a Provence, sou aromaterapeuta e trabalho com as lavandas...mas vou para me deliciar no meio de tanta beleza e aroma! adorei teu blog e já estou seguindo...vou adicioná-lo nos meus favoritos...abraços e até mais! parabéns...

Unknown disse...

Mirelle, vc poderia matar a minha curiosidade e dizer onde corta o seu cabelo? Estou indo morar em Grenoble em 2 semanas e pensando se vou achar um cabelereiro que preste... Vi que vc tinha o cabelo grande e está lindo curtinho. =D

Eliane disse...

Que fotos maravilhosa, espetaculares, sensacionais ...Amei !
Me diz por favor qual marca e modelo de máquina fotográfica vocês usaram para tirá-las ....
Parabéns, tudo muito lindoooo !

LenSOP disse...

Olá! Conheci seu blog hoje e adorei. Encontrei fazendo uma pesquisa sobre a região de Provence pois irei realizar um sonho (se Deus quiser!!!) em maio de 2014 e estou começando a montar o roteiro. Fiquei um pouco decepcionada em saber que os campos só estarão a pleno vapor em Julho. Achei que estariam já se iniciando a Primavera.. O que eu encontrarei no início ou meado de Maio? Ainda estou engatinhando no roteiro e se vc puder me passar dicas, eu agradeceria muito!!! Vou eu e meu marido e nenhum de nós fala francês, mas como ainda tem um tempinho pretendemos estudar um pouquinho, o que será praticamente o básico. Vc acha que será complicado? Obrigada!!!

Cris Dantas disse...

Olá Mirelle!!! Estou adorando seus posts e gostaria muito de ter uma ajuda sua. Pretendemos ficar em Paris uns dias e descer, de carro, até a Provence. Se puder me ajudar na escolha das cidades, ficarei muito agradecida. Sera uma viagem no início do outono do ano que vem. Começo a viajar um ano antes, assim que volto de outra. Obrigada.

Anônimo disse...

Olá Mirreille,
Encontrei seu blog no meio de pesquisas sobre campos de lavanda, sou uma apaixonada por plantas Aromaticas e a lavanda é uma das favoritas. Sou Naturopata e aromaterapeuta. Faço sabão e fitocosmetica. Viajo constantemente entre Porto e Lyon. Ja conheço alguma coisa da Provence Francesa, parte dos meus conhecimentos de Aromaterapia foram em estadias na zona de grasse e aix en Provence, mas essa parte que acaba de mostrar é muito mais "intimida" e neste momento é isso que procuro. Pretendo seguir o seu roteiro e ir na ultima semana de Junho ou 1a de Julho. Lindas as fotos. Em Março regresso a Lyon. Quem sabe nao nos encontramos por lá na Rue Mercière, vivi em criança no n. 56, agora é um restaurante. Em Lyon vivo junto ao Rhône mas escapo-me sempre para o velho Lyon. Adoro!
Espreite o meu face: https://www.facebook.com/Naturcell

Anônimo disse...

Olá Mirreille,
Encontrei seu blog no meio de pesquisas sobre campos de lavanda, sou uma apaixonada por plantas Aromaticas e a lavanda é uma das favoritas. Sou Naturopata e aromaterapeuta. Faço sabão e fitocosmetica. Viajo constantemente entre Porto e Lyon. Ja conheço alguma coisa da Provence Francesa, parte dos meus conhecimentos de Aromaterapia foram em estadias na zona de grasse e aix en Provence, mas essa parte que acaba de mostrar é muito mais "intimida" e neste momento é isso que procuro. Pretendo seguir o seu roteiro e ir na ultima semana de Junho ou 1a de Julho. Lindas as fotos. Em Março regresso a Lyon. Quem sabe nao nos encontramos por lá na Rue Mercière, vivi em criança no n. 56, agora é um restaurante. Em Lyon vivo junto ao Rhône mas escapo-me sempre para o velho Lyon. Adoro!
Espreite o meu face: https://www.facebook.com/Naturcell

Ciane disse...

Não resisti e vou deixar um comentário!
Amei as dicas, as imagens, seu. Log.
Estou indo dia 12 de abril, daqui alguns dias para Provence daqui da Alemanha onde moro a mais de 15 anos.
Confesso que é meu sonho conhecer essa região. Já tive na França ( minha mãe morou em Paris 5 anos), mas daqui alguns dias vou conhecer uma região que penso ser uma das mais bonitas daqui da Europa. Sei que as lavandas não vão estar me esperando nessa época, mas o visual, os vilarejos... Não vejo a hora.
Estamos indo com nossas filhas de 6 e 13 anos e a viagem vai ser aventureira.
Não reservamos nada de hotel, pois decidimos ficar mais dias nas cidades que gostarmos mais.
Já anotei todas suas dicas e agora estou contando as horas!
Parabens Mirelle e obrigada por compartilhar seu blog!

Tenho um Atelier/ateliê aqui na Alemanha e um blog de decoração e crafts!
Será um prazer sua visita!
www.bysavannahk.blogspot.com

Beijos

Anônimo disse...

Parabéns pelo post, ficou fantástico!!
Conhecer os campos de lavanda é a viagem dos meus sonhos.. Gostaria de algumas dicas, se possível!

Como vcs se locomoveram entre os destinos?

Eles ficam muito longe uns dos outros?

Vcs se hospedaram em hotel ou albergue?

Os preços são muito altos?

Obrigada pela atenção!!
Beijos :)

Leia também:

Related Posts with Thumbnails